Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 03 Março |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

O que acontece quando você não sabe quem você realmente é

Woman lying on grass looking at her mirror image

Ben Schonewille | Shutterstock

#image_title

Talita Rodrigues - publicado em 18/12/23

Se você não souber quem você é, você se torna uma ameaça para si e para os outros

Se você não souber quem você é, você se torna uma ameaça para si e para os outros. Na vida, a gente precisa saber quem nós somos, afim de sabermos para onde vamos, como impactamos a vida das pessoas e a nós mesmos, quais são os lugares que nos servem e para que finalmente compreendamos o nosso tamanho.

Precisamos entender quem nós somos para nos posicionarmos da maneira correta, diante da vida. Só conseguimos nos posicionar com convicção, quando entendemos quem somos. Conseguimos aceitar com merecimento o que vem do outro. 

 O teu valor é conhecido e adquirido através do apanhado da sua história. Você olha para a sua história? O seu valor vai além das aparências, o seu valor vai da força da tua história, do seu legado, das tuas experiências. Quanto mais humilde você for, quanto mais empenhado você for em olhar todas as arestas da sua vida, melhor você vai existir em sua história. 

Características de uma pessoa carente:

 – Sentimento de inferioridade;

– Dependência emocional;

– Movimento excessivo de busca de autoafirmação;

– Fragilidade;

– Insegurança;

– Vulnerabilidade a relações nocivas; 

– Pessoas que facilmente projetam os seus medos e receios na realidade em que acontecem;  

– Não escolhe, é escolhido; 

– Acredita que precisa aceitar tudo, porque não tem nada;

– Fala o tempo inteiro do outro, e não fala de si; 

– Necessidade de sentir-se pertencente;

– Sensação de que precisa do outro, de que o outro é necessário para ele; 

Você sabe que que deixou a carência, quando você está em um relacionamento porque quer, não porque precisa. Quando tapou os buracos que estavam abertos, sozinho. 

 Tudo vai mudar quando você alimentar o que você mais precisa, o seu eu. O que você vem fazendo para você? Na sua terapia você fala mais sobre alguém, ou sobre você? Você vibra sobre suas conquistas? É maravilhoso ter uma relação proporcional e uma troca justa. 

Quando estamos carentes, acreditamos que só seremos felizes quando o outro nos amar. Só somos valorizados, percebidos e amados de verdade, quando já fazemos isto por nós mesmos antes. 

Enquanto você não souber, enquanto você não realinhar o amor que sente dentro de si, as suas escolhas não serão boas. Se você não decidir fazer algo pela sua vida, arregaçar as mangas para dar conta da tua história, nada vai melhorar. 

Quando percebemos os buracos abertos em nós, buscamos mais de nós mesmos. Eu preciso buscar a minha paz comigo. 

 Sua felicidade não está lá; sua felicidade está aqui.

Quer ajuda para descobrir quem você é? Clique aqui e confira o conteúdo produzido pela psicóloga Talita Rodrigues

Tags:
FelicidadePsicologiaValoresVirtudes
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia