Aleteia
Terça-feira 27 Outubro |
São Fulco

A fecundidade do casal perante a infertilidade

Couple

© Monkey Business Images

Edifa - publicado em 21/10/19

Diante da incapacidade de ter filhos, os cônjuges podem se perguntar por que Deus os uniu. E se a fecundidade não for reduzida apenas à reprodução?

Os cônjuges que não conseguem engravidar costumam se perguntar: qual a finalidade, qual o fruto, qual é o significado do nosso amor? Isso nos convida a refletir sobre a fertilidade e “as fecundidades” do matrimônio. Jesus Cristo nos ensinou sobre uma fecundidade misteriosa e estonteante: a fecundidade da Cruz (Mc 8, 34). A infertilidade é uma realidade impossível de lutar contra. Contudo, ela não é um infortúnio absoluto, ela não impede que alguém viva ou ame. No entanto, para os cônjuges, nada pode substituir o filho gerado pelo seu amor, e que, por sua, os fez nascer como pais. É por isso que não existem meios para consolar e ainda menos para compensar o casal nos casos de infertilidade. É comum que eles sintam um enorme vazio, correndo o risco de afundar no sofrimento, ou ainda vivam o sutil risco de deixar que esse vazio na vida se torne um vazio no coração.

Os desafios podem revelar as riquezas do coração

Por outro lado, um coração ferido, pobre e que aguarda pacientemente, pode se tornar um coração ainda mais vivo, aberto, apaixonado. Não negue as provações, isso pode fazer você desanimar. Claro que a provação também é um desafio a superar, mas ela pode revelar riquezas do coração que antes não eram conhecidas. Ainda mais profundamente, a provação abre o nosso coração para viver junto à Cristo a fraqueza e a loucura da Cruz (1 Cor 1, 22-25). A esse respeito, o casal ferido em sua fertilidade pode ter uma missão especial. Especialmente em nosso tempo, onde o amor e a vida estão expostos a tantos ataques, o casal passa a participar secretamente e dolorosamente da gestação de uma civilização do amor e de uma cultura da vida.

Além disso, não devemos reduzir a fertilidade do casal à procriação. O simples fato de ter filhos exige todo o trabalho da educação e este é um aspecto essencial da paternidade e da maternidade. Assim como um casal com filhos biológicos, um homem e uma mulher sem filhos podem ser verdadeiros educadores e ajudar a “criar” uma criança, através da participação em sua vida pessoal, social e espiritual. Isso é óbvio no caso da adoção e também é verdade em situações menos formais e menos permanentes. Por exemplo, os jovens podem encontrar em seu caminho muitos adultos que não são seus pais, mas que os ajudam a se desenvolver – Sócrates chamava isso de arte da maiêutica.

As três formas de fecundidade do casal

De forma simples, não esqueçamos que um verdadeiro amor é sempre dom dado por Deus. Ainda mais quando é consagrado no sacramento do matrimônio. A fecundidade dessa união ultrapassa os filhos que podem ou não chegar. Antes de tudo, os cônjuges dão vida um ao outro. Dizer “eu te amo” é sempre ter fé no outro, esperar por ele. Numa visão cristã, um está ajudando o outro a se tornar o santo que Deus deseja. E então, juntos, os cônjuges formam um lar, uma família. Eles precisam desenvolver ao longo dos dias essa realidade nova e viva que é o seu relacionamento, e isso é muito mais do que morar sob o mesmo teto. Por fim, a nova família é chamada a sair de si, através de um serviço, uma missão. É mais do que fazer qualquer coisa ou ter compromissos. É se envolver no amor de Jesus pelo mundo. Isso faz parte do sacramento do matrimônio. E pela graça desse amor e dessa união, a Terra não será mais a mesma!

Padre Alain Bandelier

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
CasamentoFilhosGravidezMaternidade
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
São Padre Pio de Pietrelcina
Oração de cura e libertação indicada pelo exo...
Ver mais