Aleteia
Segunda-feira 26 Outubro |
São Fulco

E se você se deixasse surpreender? 

NATURE

Shutterstock

Edifa - publicado em 22/10/19

Nosso mundo é maravilhoso, mas nós não o contemplamos o suficiente. No entanto, qualquer que seja a nossa idade, cabe a nós louvar a Criação e nos deixarmos maravilhar, tendo e vendo mundo como um presente de Deus

Os jornais, o rádio e a televisão despejam todos os dias sobre nós um grande fluxo de lamentações e catástrofes. Isso nos adormece, nos faz esquecer de nos surpreender.“Pessoas felizes não têm história”, eles dizem, e é provavelmente por isso que valores como o amor verdadeiro, a fidelidade, a beleza, o dom de si e a alegria não estampam a primeira página dos jornais e nem mesmo estão presentes na maioria das conversas.No entanto, deixar-se maravilhar é uma das qualidades da infância, daquelas que fazem Jesus dizer: “Pai, eu te louvo por ter escondido estas coisas dos sábios e eruditos, e tê-las revelado aos pequeninos”.

Maravilhar-se não é cultivar o otimismo arrogante, sonhador e irrealista. Pelo contrário, maravilhar-se é a atitude de contemplar a realidade em toda a sua plenitude, para ver além das aparências desfiguradas pelo mal.Saber maravilhar-se é deixar-se levar, livre e conscientemente, pela presença amorosa de Deus através de tudo o que vivemos. É olhar para as coisas e as pessoas com um coração sempre novo, sem tédio ou cansaço. É deixar-se surpreender, recebendo a vida de cada dia como um presente. É permanecer puro de toda cobiça, de qualquer desejo de apropriação ou dominação.

É importante moldar o julgamento de nossos filhos ensinando-os a discernir o mal. É vital abrir os olhos e o coração deles para o sofrimento dos outros e ensinar-lhes a compaixão. Contudo, é igualmente importante ter cuidado para não afastar deles essa capacidade de maravilhar-se com as pequenas coisas.

A arte de cultivar um coração maravilhado no seu dia a dia

Family - Children - Soap Bubbles
© Lucky Business

Procuremos primeiro nos maravilhar com as crianças. Isso quer dizer que precisamos estar realmente atentos, porque estar maravilhado nem sempre se traduz em exclamações entusiasmadas. Muitas vezes é o oposto. Alegrar-se com nossos filhos não é fazer exclamações em alta voz, pois o maravilhamento se encaixa mal ao barulho. Ele é um estado de espírito, uma forma de contemplação que é vivida no mais íntimo do nosso ser, no nosso jardim secreto, ao qual só Deus tem acesso.

Deixemo-nos maravilhar com e em frente aos nossos filhos. Se o maravilhamento é profundamente secreto e silencioso, serão nossas palavras e atitudes que favorecerão ou, ao contrário, sufocarão a capacidade de admiração. Sem silenciar o que está errado, vamos também destacar o que é bonito, o que é bom. Tomemos o exemplo da família: nós falamos bastante, com base em muitas pesquisas estatísticas, sobre o aumento do número de divórcios, contudo, tendemos a ignorar os cônjuges profundamente amorosos e fiéis. As múltiplas preocupações causadas pelas crianças são frequentemente exibidas, mas com muito menos frequência as imensas alegrias que elas nos trazem. Por que ouvimos tanto o dizer“crianças pequenas = pequenas preocupações; crianças grandes = grandes preocupações”, enquanto raramente ouvimos “crianças, jovens e idosos = grandes alegrias”? Nós poderíamos dar centenas de exemplos do mesmo tipo.

A presença de Deus no centro de nossas vidas

Quando você pergunta a uma criança e mais ainda a um adolescente sobre as suas maiores qualidades, ele muitas vezes responde citando defeitos! Isso nada mais é do que um reflexo da sua falta de confiança, de um olhar negativo sobre si. Não é bom elogiar continuamente uma criança e enaltecer suas inúmeras qualidades em todo lugar. Mas não é bom também rebaixá-la incessantemente, infligir comentários depreciativos ou irônicos sobre seu mau comportamento, seu “nariz comprido” ou sua lentidão. Nós nunca ajudamos uma criança a crescer a humilhando ou menosprezando. Isso não significa que não devamos ensiná-la a reconhecer seus erros e seus limites, a acolher calmamente seus fracassos e humilhações. Mas cabe a nós ajudá-la a cultivar todos os talentos que o Senhor a deu. E, portanto, discernir esses talentos de maneira muito simples e humilde.

Muitas vezes, quando conhecem os milagres de Jesus, as crianças dizem: “Que pena que a gente não estava lá. Seria muito bom ver um milagre!” Portanto, ensine-os a ver o que é maior e mais forte do que todos os milagres: a presença de Deus no centro de nossas vidas! É maravilhoso que Jesus transforme água em vinho ou cure os enfermos, mas é muito mais extraordinário que ele tenha morrido e ressuscitado por cada um de nós. Deus é de inimaginável beleza e bondade, e nEle não há lugar para o mal. O amor de Deus por nós vai além de toda expressão. Ele nos ama hoje mesmo, aqui onde estamos, com nossos pecados e nossas infidelidades. Deus cuida de todo homem com infinita dedicação. Ele nos chama, de agora em diante, a vivermos ressuscitados! Diante de tantas maravilhas que nos são dadas todos os dias, a cada momento, não deixemos de nos surpreender, com o olhar de criança.


Christine Ponsard

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
FelicidadeFilhosVirtudes
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa Francisco e casais homossexuais: o que e...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Ver mais