Aleteia
Quinta-feira 22 Outubro |
São Moderano

Quatro armadilhas que o Diabo prepara para nós quando oramos

WOMAN PRAYING

Piti Tangchawalit I Shutterstock

Edifa - publicado em 14/11/19

Os truques do Diabo são universais. Todos os que rezam se encontram com eles, de uma forma ou de outra. Dicas para evitar estas armadilhas e rezar em paz

O Tentador faz tudo para desviar o homem da oração. Ele é tão inteligente que às vezes é difícil não sucumbir à tentação. Abramos bem os olhos e tentemos reconhecer suas mentiras para que não caiamos nas suas mãos. 

Armadilha #1: A oração é inútil

De facto, a oração é inútil se nos mantivermos fiéis aos nossos critérios habituais de eficácia. Do ponto de vista humano, rezar é uma perda de tempo. Esta é a grande pergunta que os monges e monjas lançam ao mundo que os rodeia: qual é a utilidade destes homens e mulheres cuja vida se consome na oração? Estas vidas dadas parecem a muitos ser vidas desperdiçadas.

Cometemos exactamente o mesmo erro quando desistimos de rezar porque temos demasiado trabalho. Estamos numa lógica de produtividade, em vez de estarmos numa lógica de amor. Se estivermos um pouco atentos, veremos que, em nossas vidas, o mais inútil é também o mais precioso: acariciar uma criança, por exemplo, beijar sua esposa ou marido, ou contemplar uma bela paisagem. Assim, a oração parece ser radicalmente inútil, mas fundamentalmente indispensável.

Armadilha #2: Você não sabe como rezar

O Tentador multiplica os argumentos para me provar que a oração é muito difícil para nós, que é um assunto para especialistas, que devemos ser treinados antes de começarmos a rezar, etc. Também aqui é verdade: não sabemos rezar. Nossa oração está cheia de distrações, infidelidades, tentativas sutis de busca de nós mesmos e mil outras imperfeições. E depois? Quando um pai segura seu bebê nos seus braços e ele começa a piar e sorrir, acaso o pai repousa seu bebê e diz: “Você vai falar comigo quando souber falar?” Claro que não! Pelo contrário, ele está todo amaciado e maravilhado com estes começos desajeitados. O que é verdade sobre os pais da terra é muito mais verdade sobre Deus!

Armadilha #3: Você vai rezar quando tiver tempo

Uma coisa é certa: se esperarmos até termos tempo para rezar, não rezaremos porque teremos sempre mil outras coisas mais urgentes para fazer. Se tivermos a intenção de rezar hoje, mas não estabelecermos um tempo específico para isso, arriscamo-nos a ir para a cama à noite sem ter encontrado tempo disponível.

Aquele que reza regularmente não é aquele que tem muito tempo livre, mas aquele que decide dedicar tempo à oração. É uma questão de escolha. Quais são as nossas prioridades? Queremos colocar a oração no coração da nossa vida, ou consideramos que é um luxo opcional? Se for essencial, ocupará o primeiro lugar na nossa agenda.

Armadilha #4: Seu trabalho é sua oração

O Diabo nos sussurra ao ouvido: “Se trabalhares com todo o teu coração, oferecendo a tua obra ao Senhor, ele te dispensa de orar”. É verdade que a oração não é a única maneira de estar na presença de Deus, de estar perto Dele e de O servir. E afortunadamente! Caso contrário, isso significaria que só poderíamos passar uma pequena parte dos nossos dias com Deus. Mas não podemos orar em todos os momentos se não orarmos em certos momentos e queremos orar. Podemos orar enquanto trabalhamos se, todos os dias, também orarmos sem trabalhar.

Christine Ponsard

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
DemônioOração
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
CARLO ACUTIS
John Burger
Como foram os últimos dias de vida de Carlo A...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
nuvens sinais
Reportagem local
Estão sendo fotografados "sinais do céu"?
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Char...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Ver mais