Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 30 Outubro |
Santo Angelo de Acri

Os seus filhos rejeitam a Fé? Pense em Santa Mônica

Stubborn - Girl - Stop - Mother

© lightwavemedia

Edifa - publicado em 29/11/19

Nem sempre é fácil ser pais e especialmente pais cristãos. Às vezes, ficamos tão desencorajados ao ver nossos filhos se distanciando da Fé que começamos a desistir. Como podemos evitar cair no desânimo, a arma formidável do diabo nestas circunstâncias?

A educação dos filhos sempre foi difícil, mas é sem dúvida particularmente difícil numa época em que os pais cristãos são muitas vezes obrigados a remar contra a corrente: muitos se sentem sozinhos e desamparados diante das numerosas influências sobre os filhos, longe da Fé que gostariam de lhes transmitir.

O que devo fazer em frente da Juliette, que grita sempre que se trata de ir à missa ou à capelania? Que palavras podemos encontrar para falar de Deus com o Batista que zomba de tudo o que lhe dizemos? Como podemos transmitir a nossa esperança a Pascal, que está preso nas suas dificuldades? Qual é o sentido da oração familiar quando se torna ocasião de disputas e tensões? Como não nos sentirmos culpados quando os nossos filhos parecem rejeitar tudo o que procuramos partilhar com eles?

Confiar em Deus

A primeira coisa a fazer – e a fazer uma e outra vez – antes de procurar soluções e respostas às nossas perguntas é dar tudo ao Senhor com confiança: as nossas dúvidas, as nossas perguntas dolorosas, as nossas revoltas, os nossos remorsos, as nossas insónias, as nossas lágrimas e as nossas frágeis esperanças. A Ele confiemos especialmente estas crianças que são suas antes de tudo. Ele os ama ainda mais do que nós. Ele sabe o que é melhor para eles. Ele está sempre pronto para o perdão e de qualquer mal, ele sabe como fazer o bem.

O Senhor não age como uma varinha mágica: Ele nos respeita muito para que isso aconteça. Mas para Aquele que grita a Ele, Ele responde sempre. Se temos a impressão de que Ele não está nos respondendo, é porque não estamos prontos para receber Sua resposta, porque somos muito apressados, impacientes, ou porque estamos procurando a resposta que acreditamos ser correta, a que corresponde a nossos pontos de vista, esquecendo que nossos projetos não são necessariamente os do Senhor.

Não sentir culpa

Não somos pais perfeitos e às vezes cometemos erros que podem ser sérios. Mas não vale a pena cultivar a culpa: é uma planta tóxica. A culpa é uma arma do diabo. O que vem de Deus é contrição, a dor de quem feriu o amor.

A contrição não consiste em ruminar o remorso, ela nos coloca no caminho do retorno ao Pai, como o filho pródigo. O sacramento da reconciliação é feito para isso, para que Deus nos dê o seu perdão, nos acolha na sua misericórdia, nos levante e nos cure. E quando Deus perdoou, acabou: voltar atrás no seu pecado para ruminar seria duvidar do amor de Deus.

Pedir ajuda à família e amigos

Deus nos deu irmãos, especialmente todos aqueles irmãos que são outros pais, que se confrontam como nós com as dificuldades da educação. Evidentemente, cada caso é único e não se trata de compararmos com os nossos vizinhos, o que poderia nos desencorajar ou incitar a fazer julgamentos precipitados. Certamente, cada um está sozinho diante do sofrimento e haverá sempre uma parte das nossas dificuldades que não poderemos exprimir. No entanto, na maioria das vezes, se ficamos sozinhos para enfrentar nossos problemas, é porque não temos a simplicidade de os contar. Estamos tão envergonhados por não corresponder à imagem da “boa família cristã” que não ousamos revelar nossas dificuldades.

Temos tanto medo de serem julgados, incompreendidos ou rejeitados que preferimos ficar sozinhos na nossa angústia. E no entanto, que preciosa ajuda podemos ser um para o outro! Como você sabe, muitas vezes é suficiente ser capaz de falar sobre um problema para obter uma imagem mais clara. E nos momentos de angústia, geralmente são pequenas coisas que ajudam você a se recuperar: um sorriso, uma chamada telefônica de uma amiga, um gesto de carinho, etc. Mais que nunca, permaneçamos juntos, permaneçamos próximos uns dos outros, abertos, disponíveis, capazes de escutar sem impaciência e acolhedores sem julgar. É difícil, mas com Deus, é possível.

Santa Mónica, a protectora de todos os pais desencorajados

“O filho de tantas lágrimas não pode perecer.” Estas foram as palavras que confortaram Santa Mônica quando ela rezava e chorava por seu filho Agostinho, que via cada dia mais e mais longe de Deus. Quando ele partiu para Itália, ela pensou que ele estava perdido. Mas era quando o Senhor o esperava. “O filho de tantas lágrimas” não se perdeu, passou a ser o grande Santo Agostinho. Será que Santa Mónica seria a protectora de todos os pais desencorajados? Pedimos a sua força para aguentar. Então os santos ressuscitarão.

Christine Ponsard

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
Oraçãovida crista
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais