Aleteia
Quarta-feira 28 Outubro |
São Sálvio

Quando você sentir que seu trabalho não faz sentido, lembre-se disso

PROFESSIONAL,WOMAN,WORKING

Shutterstock

Edifa - publicado em 12/12/19

Toda a nossa vida é colocada sob o olhar de Deus e nenhuma das nossas acções é excepção. Ter consciência disso é encontrar uma oportunidade única de oferecer o próprio trabalho a Deus e de caminhar para uma vida de oração e de dom

Devemos lutar constantemente contra o risco de fragmentação das nossas vidas: um tempo para a vida familiar, um tempo para a vida profissional, um tempo para a vida social, um tempo para a vida espiritual, etc. O que pode nos unir só pode ser a vida espiritual, pois somos feitos à imagem de Deus. O tempo que passamos trabalhando só será bem vivido se colocarmos nosso coração nele, no sentido bíblico da palavra, aquela parte íntima de nós mesmos onde a vida trinitária de Amor pode florescer para nossa maior alegria.

Tomemos o exemplo da Sagrada Família

A admirável mãe que Deus escolheu para encarnar está trabalhando quando o Anjo lhe anuncia a grande notícia. O justo e gentil José, herdeiro da raça real e humilde trabalhador manual, então a levaria para sua casa, a pedido do Senhor, e asseguraria com o seu trabalho a subsistência do deus-criança e da sua Mãe.

O próprio Jesus trabalhou, a tempo parcial durante a sua infância, a tempo inteiro depois disso, aprendendo e depois trabalhando como carpinteiro. Sabemos que Jesus não fez nada sem orar ao seu Pai. E não há dúvida de que a Sagrada Família sempre integrou plenamente o trabalho na sua vida relacional com o Pai.

“Ora et labora”

Quando os monges tomam como lema “Ora et labora”, eles expressam a necessidade de fazer do trabalho uma oportunidade para a oração, senão mesmo uma oração. São João Paulo II dizia que o trabalho deve estar “ao serviço do homem” e não o contrário. Uma vez que Deus é o fim último da pessoa humana, isto significa que o trabalho ao serviço do homem ajudará a trazê lo mais perto de Deus.

Trabalho, castigo ou santificação?

Ao mesmo tempo, sabemos pelo Gênesis que o pecado original fez da missão confiada ao homem de dominar a Criação uma atividade que, se bem que lhe permita sobreviver, se encontra em dor e suor. Devemos deduzir disto que há duas partes no trabalho, uma que énobre, onde o homem pode legitimamente se sentir um continuador da obra divina, e outra que deve ser sofrida, como um castigo? Mas é no nosso mundo marcado por este pecado original que Deus veio para viver e trabalhar, manualmente até os 30 anos de idade e evangelizado por três anos. A primeira obra foi humilde, com suas alegrias e cruzes discretas. O segundo era mais nobre, sua cruz e glória eram brilhantes.

O nosso caminho está agora livre. Todo o nosso trabalho é para a glória de Deus, seja ele criativo, gratificante, excitante, ou repetitivo, acadêmico, doméstico, técnico, artístico ou intelectual, com fins lucrativos ou voluntário. É verdade que às vezes gritaremos “Eloi, Eloï, lama sabachtani” em vez de cantar “Magnificat”, mas qualquer tarefa pode ser ordenada ao amor de Deus e ao amor ao próximo.

Yannik Bonnet

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
Trabalho
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Pe. Zezinho
Francisco Vêneto
Duas emissoras brasileiras deturpam fatos em ...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Ver mais