Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 29 Outubro |
São Colmano

A doença é uma maldição de Deus?

WOMAN IN HOSPITAL BED

KieferPix | Shutterstock

Edifa - publicado em 31/12/19

Seja súbita ou gradual, uma doença grave é muitas vezes vista como um julgamento ou castigo divino. Por mais revoltante que possa parecer à primeira vista, pode, no entanto, ser um tempo de graça... 

A própria doença é um mal. “A doença é às vezes tão profunda dentro de nós que se instala como uma força exterior e vitoriosa”, disse São João Paulo II. Este mal nos parece particularmente absurdo e intolerável quando atinge uma criança. Daríamos tudo para que a sua doença nos tomasse, para sofrer em seu lugar, mas permanecemos como espectadores indefesos, frequentemente devorados pela angústia, revolta ou culpa. No entanto, a doença não é um mal absoluto. Assim como a saúde não é um bem absoluto. 

Doença: um castigo divino? 

“A saúde, escreveu São Basílio de Cesaréia, na medida em que não faz bem àqueles em quem se encontra, não é boa por natureza”. O que fez outro Padre da Igreja, S. Gregório de Nazianzus, dizer: “Não admiremos todo tipo de saúde, nem abominemos todo tipo de doença”. Em outras palavras, tudo depende de como se usa a saúde ou a doença. Mais profundamente, depende da forma como encaramos a doença, da perspectiva em que nos colocamos.

A doença não é uma maldição. Embora seja uma consequência da queda original, não é um castigo pessoal enviado por Deus. Recordamos a pergunta dos discípulos sobre o homem que nasceu cego: “Caminhando, viu Jesus um cego de nascença. Os seus discípulos indagaram dele: “Mestre, quem pecou, este homem ou seus pais, para que nascesse cego?” (Jo 9,1-2). Jesus nos diz sempre a mesma coisa quando, frente à doença, nos perguntamos: “O que eu fiz para merecer isto?”. Ele nos diz a mesma coisa quando, frente à desgraça dos outros, pensamos: “É bem feito para ele, ele está sendo castigado”.

“Quando me sinto fraco, então é que sou forte”

Jesus também sofreu e sofre conosco. A doença se torna uma oportunidade para se aproximar de Deus, para penetrar mais profundamente no mistério do seu amor. Claro, isto é fácil de dizer. É infinitamente mais difícil viver, tanto para o próprio doente como para os que lhe são próximos. Mas é possível porque Deus o torna possível, mesmo para crianças muito pequenas, e mesmo quando a dor é tão violenta ou a fadiga tão pesada que não se pode fazer mais nada a não ser sofrer.

Deus não nos pede outro esforço senão o de dizer “sim” ao que está acontecendo, minuto a minuto, sem lamentar o passado, sem apreender o futuro. Um “sim” que se baseia na força de Cristo: “Quando me sinto fraco, então é que sou forte” (2 Cor 12,10). Frente à doença, especialmente se for grave, pedimos a Deus que faça um milagre. E Deus, mais de uma vez, parece ser surdo. Mas será Ele que não nos ouve ou nós que não sabemos como ouvi-Lo? Apesar das aparências, Ele não nos quer dar o melhor?

Christine Ponsard

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
DoençaSaúde
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais