Aleteia
Segunda-feira 19 Outubro |
Santos Mártires Canadenses

Como cumprir o seu papel como padrinho o como madrinha?

Shutterstock

Edifa - publicado em 14/01/20

Vai se tornar padrinho ou madrinha de uma criança pequena em breve? Um trabalho a longo prazo está pela frente. Aqui está o que você precisa saber para cumprir a sua missão

O padrinho e a madrinha ocupam um lugar privilegiado em relação à educação da fé do seu afilhado. Com efeito, no dia do seu baptismo, se cometem a lhe dar o apoio necessário para o ajudar a crescer no Amor de Deus. O padrinho e a madrinha, apesar de terem uma função diferente, compartilham a responsabilidade dos pais por esta educação. Quando pedem o batismo para seu filho, os pais se comprometem a permitir que ele ou ela receba uma educação religiosa (ao menos o enviando ao catecismo). Se os pais, por uma razão ou outra, não cumprirem este compromisso, é dever dos padrinhos fazer tudo o que estiver ao seu alcance para garantir que esse compromisso seja finalmente cumprido.

Se entender bem com os pais

Isto nem sempre éfácil, especialmente porque não pode haver a questão de minar a confiança da criança nos seus pais, de a virar contra eles. Épor isso que étão importante, ao aceitar ser padrinho de uma criança pequena, ter e depois manter fortes relações de amizade com os seus pais para poder, se um dia surgir a necessidade, simplesmente lhes dizer o que parece ser insuficiente ou inexistente na educação religiosa do seu filho. Não éno dia em que surge uma dificuldade ou questão que se pode começar a abordar os pais para iniciar um diálogo com eles. Por outro lado, quando os pais estão preocupados em educar o filho na fé, a ajuda dos padrinhos épreciosa para eles: olham para a criança de uma maneira diferente e percebem realidades que não vêem. Eles fornecem uma nova luz sobre a criança e sobre a melhor maneira de ajudar a criança a crescer.

Estabelecer relações de confiança e amizade com os pais é, portanto, a primeira maneira, apesar de indirecta, de cumprir o seu papel de padrinho. Dito isto, a missão do padrinho é, naturalmente, exercida diretamente em relação àcriança.

Estar presente para a criança

Não se trata de ser um distribuidor de presentes ou mesmo apenas um convidado em festivais religiosos. Jáque éem toda a sua vida, em tudo o que faz e no que é, que a criança échamada a seguir o Senhor. Épara a criança inteira e para toda a sua vida que o seu padrinho e a sua madrinha vão prestar atenção. Ele (ou ela) estápresente para a criança àmedida que ela evolui em todas as áreas.

Édo conhecimento geral que o padrinho e a madrinha se destinam a substituir os pais em caso de necessidade, felizmente, não se trata apenas do caso de morte dos pais. Hátambém momentos em que o contato entre pais e filho édifícil: o padrinho pode então desempenhar um papel insubstituível para assegurar a transição e permitir que a criança (ou adolescente) passe por um período difícil sem realmente perder o equilíbrio e sem romper com sua família. E quando tudo corre bem, éprecioso ter um padrinho e uma madrinha! Um adulto que estáinteressado de forma privilegiada no que vocêé, um adulto que vocêtem de vez em quando “sópara você”, a quem vocêpode fazer perguntas, contar histórias, confidenciar segredos que vocênão quer necessariamente contar em casa. Um adulto que não sejam os pais, cujas fée amor em Deus se descobrem progressivamente. Alguém que o Senhor colocou perto de nós para nos ajudar. Alguém que nos leva na sua oração. Esta oração éàs vezes a única maneira possível de acompanhar um afilhado que estálonge ou – também pode acontecer – pela vontade dos pais que cortaram as pontes.

Os padrinhos são muito importantes na vida de uma criança cristã, por isso éimportante que sejam escolhidos cuidadosamente (e não apenas para lhes agradar ou para alguma conveniência familiar) e não aceitar esta maravilhosa responsabilidade com ligeireza.

Christine Ponsard

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
BatismoSacramentos
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Char...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
FATIMA
Philip Kosloski
Fotos raras dos 3 pastorinhos de Fátima
POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE
Reportagem local
As 3 orações que o Papa pediu para rezarmos e...
Pe. Gilmar
Reportagem local
Brasil: padre desaparece e manda mensagem com...
Ver mais