Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 20 Setembro |
home iconEstilo de vida
line break icon

Com essas dicas o seu filho não se negará mais a ajudar

Edifa - publicado em 03/02/20

Em família percebemos facilmente que servir os outros não depende apenas de nós mesmos. O serviço requer esforço e, a inclinação do ser humano a buscar sempre o que é confortável e o seu bem-estar não nos faz naturalmente generosos. Doar aos seus filhos o senso do serviço é uma tarefa árdua, mas indispensável. Aqui estão três chaves que o ajudarão se o seu filho se nega a ajuda-lo nas tarefas diárias.

Pensar que a criança aprenderá a prestar serviços por conta própria é uma ilusão. Uma criança de três anos de idade vai querer ser útil, mas os que já são um pouco mais velhos vão recusar ou servir relutantemente. “Eu não tenho tempo, eu já fiz isso semana passada e você sempre pede só pra mim, não é justo!”.

Será que devemos apenas deixar de lado, abdicar, desistir, nos dizendo que será muito mais rápido e fácil apenas fazer por nós mesmos do que reclamar todas as vezes? Certamente que não.

Tornar-se uma pessoa generosa e que gosta de ajudar requer um trabalho de longo prazo, que demanda paciência e perseverança. Educar para a generosidade começa por aprender a ajudar nas tarefas diárias da casa.

Saber agradecer e não desanimar a criança

Deixar o egoísmo é uma luta real que começa cedo e nunca para. Ensinar seu filho a deixar de lado a atividade que o fascina por alguns minutos o ajuda a sair de seu egocentrismo. Ao fazê-lo atento às necessidades das pessoas ao seu redor, despertamos nele a delicadeza de um olhar que saberá ver os outros.

Paciência, constância e resistência não excluem a criatividade e o humor. É possível, por exemplo, tornar os serviços aceitáveis, por exemplo, propondo à criança escolher de uma lista de dez possibilidades a tarefa que deseja realizar. Podemos estabelecer pequenas reuniões familiares que incentivem o diálogo sobre esse assunto: uma vez por semana, elaboramos um relatório um tanto oficial, com parabéns ou um conselho se ele deixou algo a desejar. Se prestar serviço faz parte da vida, é essencial saber agradecer.

Essas são duas coisas que caminham juntas: um obrigado, um agradecimento sobre a tarefa que foi alcançada serão palavras de encorajamento para continuar. Atenção para não desencorajar os seus filhos: se a mesa não estava perfeitamente posta, porque não levar a situação com naturalidade e ajudar a criança a fazer a sua tarefa de forma ainda melhor?

Antes de tudo, mostre o exemplo

E nós pais, como podemos ajudar nossos filhos? Estamos disponíveis quando eles chegam cheios de perguntas? Temos a sabedoria de interromper uma atividade para responder aos pedidos de ajuda ou escuta? Aceitamos “perder tempo” sentados ao lado deles para contar uma história ou montar um quebra cabeça? Que exemplo mostramos em nossos relacionamentos? Sabemos nos dispor para o serviço? Estamos atentos às necessidades dos outros? Como reagimos quando nosso cônjuge nos pede alguma coisa? Com um espírito contábil que anota todos os favores que foram feitos? Estamos abertos a outras pessoas, a nossos pais idosos por exemplo? Sabendo que toda educação passa, prioritariamente, pelo exemplo que damos, é essencial que nos perguntemos que tipo de generosidade nos rodeia.

Em 2001, na exortação apostólica sobre as tarefas da família cristã, São João Paulo II recordou: “A família é uma escola de humanidade. Isso se realiza através dos serviços recíprocos de todos os dias”. Vamos sempre manter essas preciosas palavras em nossos corações!

Elisabeth Content

Tags:
EducaçãoEducação dos FilhosFilhos

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
BEATRIZ
Reportagem local
Mistério do sumiço de uma mulher em Aparecida já dura 9 anos
2
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
3
Orfa Astorga
Os erros mais comuns das sogras
4
Berthe and Marcel
Lauriane Vofo Kana
O segredo do casal que tem a união mais longa da França
5
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa reafirma: casamento sacramental é só entre homem e mulher
6
Exorcista padre Gabriele Amorth
Gelsomino Del Guercio
Os assombrosos diálogos entre o diabo e um exorcista do Vaticano
7
Aleteia Brasil
O dia em que os cães farejadores detectaram Alguém vivo no Sacrár...
Ver mais