Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 20 Abril |
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

Esta palavra pode dar um sentido novo à sua oração e à sua vida

BOOK

Di MilanMarkovic78 - Shutterstock

Edifa - publicado em 05/02/20

O Amém que por vezes pronunciamos rotineiramente no fim de uma oração, como se se tratasse de um ponto final, na verdade doa ao texto uma abertura para se fazer um com a nossa vida

O horizonte nunca se fecha quando dizemos “amém”. Para provar a fruta onde se esconde essa palavra, é preciso ir além da casca, extrair a seiva, o significado. “Amém”, da raiz hebraica “‘mn”, significa “solidez, firmeza”. Ao dizer “amém”, fazemos nossa uma oração ou um texto, colocamos a nossa confiança em uma pessoa: “Sim, o que acabamos de ouvir é sólido e, por isso, colocamos nosso amém, nosso sim”. Este termo hebraico, portanto, tem um aspecto relacional. Portanto, dizer “amém” a Deus é dizer para ele que ele é confiável, que é “o Deus fiel” (Is 65:16), e podemos confiar nele por todo o sempre. “Bendito seja o Senhor eternamente! Amém! Amém!” (Sl 88, 53).

Dizer “amém” é confiar na palavra de Cristo

Jesus, que falava aramaico, usou muito a palavra “amém”. São João deu vários exemplos disso em seu Evangelho. Jesus frequentemente começa ensinando com estas palavras: “Amém, amém, eu vos digo” (Jo 10: 1), expressão traduzida por “em verdade, em verdade”. No Novo Testamento, o próprio Jesus é chamado de testemunha fiel, “O amém” (Ap 3:14). “Porque todas as promessas de Deus são “sim” em Jesus. Por isso, é por ele que nós dizemos Amém à glória de Deus” (2 Cor 1:20).

Dizer “amém” a Deus é mostrar a nossa confiança em Cristo, acreditar no que ele diz: “Se alguém me ama, guardará a minha palavra e meu Pai o amará, e nós viremos a ele e nele faremos nossa morada.” (Jo 14, 23). Essa fé na palavra de Jesus se concretiza no momento que aderimos à doutrina da Igreja. Por exemplo, no caso do Credo e do Apocalipse, que terminam com “amém”.

Dizer “amém” é afirmar nossa união com Cristo

No final de uma oração, proclamamos “amém” para expressar que estamos de acordo com o seu conteúdo. Quando recebemos o Corpo de Cristo, também respondemos “amém”. Aderimos ao seu Corpo que se faz Igreja, no sentido de uma adesão a Cristo. Expressamos não apenas um desejo, como “assim seja”, mas também afirmamos nossa união com aquele que se entrega a nós sob o signo do pão.

É como se estivéssemos dizendo: “Ah, sim, amém! Cremos e aderimos a Cristo de todo o coração”. E nos tornamos amém no Filho, que vive e reina com o Pai na unidade do Espírito Santo, pelos séculos dos séculos. Amém.

Jacques Gauthier

Tags:
JesusLiturgiaOração
Top 10
Ver mais