Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 27 Janeiro |
Santa Angela de Mérici
home iconEspiritualidade
line break icon

Vivendo no Domingo de Ramos em confinamento, é possível

© Catho Rétro

Edifa - publicado em 03/04/20

Este Domingo de Ramos será bem particular, pois as igrejas estarão vazias. Mas isso não quer dizer que os fiéis não serão capazes de agitar seus ramos e fazer da semana que se inicia uma verdadeira Semana Santa

A procissão do Domingo de Ramos inaugura a Semana Santa. Jesus está presente e ativo na liturgia da Igreja. Se a liturgia evoca o passado, essa presença misteriosa de Cristo torna esse passado atual. No Domingo de Ramos, Jesus entra em Jerusalém, a Cidade Santa, onde ele morrerá e ressuscitará.

Todos os cristãos são atores desse drama, representando as multidões que acenam seus ramos para aclamar o Senhor. Neste domingo, Jesus é aclamado como o grande vencedor. Ele entra em Jerusalém para lutar, como em um combate.

Ele luta contra todas as forças do pecado e da morte, e sua paixão é misteriosamente o caminho para a vitória, a armadilha que ele impõe à morte. Ele a esmagará com a sua ressurreição. Os cristãos têm tanta certeza de sua vitória – ele não é o Filho de Deus? – que começam a aclamá-lo antes mesmo do início do combate: “Hosana no alto do céu!

Um olhar que vai além do gesto litúrgico

Esses ramos são o símbolo das boas ações pelas quais nós aclamamos o Senhor de maneira mais simples e duradoura. Eles serão nossa oração mais fervorosa durante esta semana. Mostram o cuidado que teremos em ler os textos da liturgia em nossa casa.

Os ramos também representam um exame mais atento da nossa vida, antes de receber o perdão pelas nossas faltas e tomar novas resoluções para uma vida nova. Eles representam as mortificações que imporemos a nós mesmos durante esta semana, a fim de participarmos da cruz de Cristo. Por último, mas não menos importante, eles representam o progresso que faremos na amizade e no serviço, sem condicionamentos, e para com todos. No dia da Páscoa, sentiremos então uma imensa alegria!

Tags:
CoronavírusLiturgia
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
BABY BAPTISM
Padre Reginaldo Manzotti
Por que é tão importante batizar uma criança?
2
Pe. Robson de Oliveira
Reportagem local
Processo contra pe. Robson está arquivado definitivamente, notici...
3
Larry Peterson
Ela se divorciou duas vezes, teve 8 filhos, virou freira e levou ...
4
READING
Gelsomino Del Guercio
3 regras fundamentais para os leitores da missa
5
FETUS
Francisco Vêneto
Abortos no mundo em 2021 já superam mortes por covid em toda a pa...
6
ROSARY
Reportagem local
Exorcista alerta sobre os perigos de "falar" com os mortos
7
Jérôme Lejeune
Francisco Vêneto
Descobridor da Síndrome de Down está em processo de beatificação
Ver mais