Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 21 Abril |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Você não está mais suportando ficar em casa? Tente isto

ZNUDZONY CHŁOPIEC

Shutterstock

Edifa - publicado em 16/04/20

As caras feias, o mau humor do cônjuge, o mal-estar de um dos filhos, a impossibilidade de sair e abraçar parentes e amigos... A lista de ocasiões para ficar triste e até mesmo infeliz durante a quarentena poderia se prolongar ao infinito. Mas um exercício simples pode o ajudar a ver o copo meio cheio.

Nada pode ir bem se você considerar apenas as “dificuldades” da sua vida durante o confinamento. E se você explorar o outro lado, aquele onde estão escritas todas as pequenas alegrias que lhe são dadas?

Você pode tomar consciência de todas essas coisas boas que você tem e aproveitar, em vez de gastar seu tempo lamentando o que não tem. Sem dúvida, você ficará surpreso ao descobrir que essa lista também será bem longa!

As inúmeras fontes de alegria e ocasiões para agradecer

Foi o que aconteceu com Maria e João, que fizeram esse exercício. Eles ficaram surpresos com o resultado. Logo eles perceberam que era impossível ser exaustivo na lista das coisas a agradecer porque todos os dias, quase todos os momentos, dos mais triviais aos mais importantes, podiam ser fontes de alegria, pequenas ou grandes.

Divirta-se com os amigos por meio de uma vídeo chamada, admire o nascer do sol pela janela, aprecie os momentos de atenção do seu cônjuge, dance enquanto ouve a música dos vizinhos na varanda, etc. Tudo isso simplesmente dilata o coração!

A segunda surpresa – e não menos importante – foi descobrir que, ao reconhecer explicitamente todos esses pequenos prazeres (o sorriso, a alegria de viver, as partilhas com os outros), eles ficavam naturalmente inclinados a agradecer.

Obrigado pela beleza da natureza, obrigado por esta delicadeza, este sorriso neste contexto difícil, etc. Ao conectar todas as coisas com a gratidão, eles conseguiram ancorar uma nova visão do mundo em geral, e da vida em particular.

Mas colocar este novo hábito em prática nem sempre é fácil. Portanto, é preciso uma boa dose de decisão e mente aberta para mudar a maneira como você faz as coisas e se atrever a expressar esses agradecimentos!

Atitudes de reconhecimento e gratidão serão muito agradáveis para os outros e estarão em comunhão com a proposição de São Paulo de render graças em todas circunstâncias (1 Ts 5, 18).

Marie-Noël Florant

Tags:
CovidFamília
Top 10
Ver mais