Aleteia
Terça-feira 29 Setembro |
Beato João de Montmirail

Não vá dormir sem dizer essas palavras a Deus e aos seus próximos

BEDTIME

Rido | Shutterstock

Edifa | Mon Apr 20 2020

Mesmo o pior de nossos dias não é completamente perdido. Se prestarmos atenção, podemos descobrir ao fim de cada dia pelo menos um motivo para nos alegrar, uma ocasião para agradecer

Aconteça o que acontecer na sua vida, nunca termine um dia sem dizer ao menos um “obrigado” ao Senhor e aos seus próximos. Mas não um “obrigado” sem sentido, lançado ao vento, não fazer só por fazer. É preciso dizer um verdadeiro “obrigado” por algo específico. Um agradecimento do fundo do seu coração.

Não é difícil descobrir motivos para agradecer

Ensinar uma criança a agradecer ao Senhor é convidá-la a perceber tudo o que é positivo e bom durante o seu dia, tudo o que foi dado a ela e também o que ela deu a outros. Devemos ensinar as crianças a ver e nomear seus pecados para então pedir perdão. Mas nunca podemos esquecer esse outro “exame de consciência”, tão importante quanto o primeiro, que consiste em examinar o que foi positivo.

Dizer “obrigado” é um ato de humildade. Dar graças significa reconhecer todo o amor recebido durante o dia. Agradecer ao Senhor é reconhecer que sem ele nada pode ser realizado. A Virgem Maria não hesita em louvar ao Senhor pelas grandes coisas que ele realiza nela e através dela: “O Senhor fez por mim maravilhas, santo é o seu nome!”

Quanto mais dizemos “obrigado”, mais motivos encontramos para dizê-lo. Faça essa experiência: uma noite, quando você se sentir realmente desanimado, sobrecarregado pelas dificuldades, sem nenhum desejo de louvar ao Senhor, tente encontrar apenas uma pequena razão para agradecer.

Certamente, depois desse “obrigado”, outro aparecerá, e depois outro, e outro. É como quando você começa a olhar para as estrelas, numa noite em que o céu carregado de nuvens parece desesperadamente obscuro. Quando você procura com cuidado, acaba encontrando uma pequena estrela, depois duas, três, dez… e aí o céu não parece mais tão escuro.

Rezar pelos seus próximos significa também agradecer por eles

Agradecer ao Senhor pelos nossos próximos e por tudo que eles fazem de bom, nos liberta da amargura e da inveja. É bom que as orações em família incluam momentos de louvor, onde um louva a Deus pela vida do outro. Se é importante que a criança aprenda a ver o que fez de bom durante o dia, é igualmente importante que ela esteja atenta ao que é belo e bom em seu irmão, irmã ou pais.

E por que não aproveitar a oportunidade para dizer “obrigado”? Obrigado à mamãe que me ajudou a fazer meu dever de casa; obrigado pelo papai que lavou a louça; obrigada ao meu irmão que colocou a mesa; obrigada à esposa ou esposo que deu banho nas crianças.

Agradecer é concentrar o seu olhar na Ressurreição

Quando crianças ou adultos são confrontados com o sofrimento – deles ou de um ente querido – pode parecer sem sentido louvar ao Senhor. Só é possível louvar ou agradecer quando compreendemos que dizer “obrigado” não significa negar o sofrimento ou fugir dele. É oferta-lo, como fez Jesus na cruz, como um sacrifício de louvor.

Deus em Jesus crucificado quis experimentar toda a angústia dos homens que lutam contra o mal. Não somos capazes de louvar em verdade até que aprendamos a atravessar as trevas e descubramos que o Senhor já passou por lá antes de nós.

O louvor cristão é profundamente realista. Ele não se contenta com as aparências, mas se atenta à realidade invisível do Reino já presente. Imagine que em pleno verão, você se encontra preso em um ambiente hermeticamente fechado.

Você pensa que neste momento está de noite, mas se você prestar atenção ao pequeno raio de luz que entra sob a porta, você pode pressentir que do lado de fora brilha um sol maravilhoso. Assim também acontece com os nossos “obrigados”, que voltam o nosso olhar para tudo aquilo que anuncia a Luz eterna!

Christine Ponsard

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
FamíliaFelicidadeFilhosgratidaoRelacionamentoVirtudes
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
ROSARY
Redação da Aleteia
Exorcista alerta sobre os perigos de "falar" ...
Aleteia Brasil
Com afastamento do pe. Robson, o Santuário de...
Redação da Aleteia
Papa Francisco: "Não usem o nome de Deus para...
HOLY COMMUNION
Redação da Aleteia
A Santa Missa não pode ser trocada por oraçõe...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Gaudium Press
Sabia que a aliança de casamento pode ter a f...
Ver mais