Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Terça-feira 27 Julho |
São Galactório
home iconEspiritualidade
line break icon

Primeira comunhão: como saber se o seu filho está realmente preparado

FIRST COMMUNION

Marko Vombergar-ALETEIA

Edifa - publicado em 30/04/20

O confinamento força o adiamento de todas as primeiras comunhões. Embora a situação seja triste, você deve tentar ver o lado positivo: este tempo adicional permitirá que você verifique se o seu filho está realmente preparado para este grande dia

As razões que justificam as crianças para fazer a primeira comunhão nem sempre são muito … católicas! Paul e Victoire são gêmeos. Victoire quer “fazer como os adultos” e já está cansada de seguir em frente com os braços cruzados diante do padre para abençoá-la. Quanto a Paul, ele só pensa numa coisa: os presentes que ele poderia receber!

Então, o que fazemos? Esperar … que a criança cresça e amadureça até o ponto “perfeito”? Esperar … que a criança conheça o catecismo de cor? Esperar … que a criança tenha a mesma idade que as outras? Esta é a experiência, às vezes dolorosa, de alguns pais que acabam deixando a primeira comunhão de seu filho para outra ocasião – no ano seguinte. Especialmente porque às vezes são os padres que pedem.

Mas, e se essas dúvidas adultas não fossem nada mais do que uma falta de fé e esperança numa criança que tem um olhar … de criança, uma fé … de criança e uma vida … de criança? É realmente necessário esperar até que você possa expressar seu desejo de uma maneira muito razoável para permitir que você se aproxime da mesa eucarística? O desafio não é menor, porque a primeira comunhão pode ser um encontro autêntico com Jesus e o começo de uma vida interior.

Uma verdadeira atração para Jesus-Eucaristia

Como você sabe se uma criança está pronta para receber a Comunhão? (Embora, a pergunta seria: estamos sempre preparados para receber a Cristo?). Na opinião de Florence, mãe de dois filhos: “Acho que a primeira coisa a ter em conta é o seu desejo. É como um chamamento que não pode necessariamente ser colocado em palavras. Acho que, no caso dos meus filhos, há uma atração verdadeira para Jesus-Eucaristia, numa grande permeabilidade ao mistério de Deus “. Então ela acrescenta, com um sorriso brilhante: “Aquilo que nos ultrapassa infinitamente!”. Esse desejo pode ser expresso de diferentes maneiras, tendo em mente que algumas crianças sentem vergonha de dizer o que percebem por dentro. “Meu filho me explicou que queria conhecer Jesus melhor e sentir a missa ‘inteira’, esse foi o semáforo verde para permitir que ele recebesse a Santa Comunhão”, compartilha Armelle.

Mas o que acontece com aqueles que aparentemente não têm umas motivações tão fortes? “Não é tão ruim”, diz a mãe de Victoire e de Paul. “Frequentemente, uma criança que não parece disposta a fazer a comunhão acaba estando na preparação do sacramento. Ela permitirá ser evangelizada pelos outros e, é claro, pelo ensino da catequese”. São João Paulo II enfatizou: “[Jesus Cristo sempre demonstrou] um carinho extraordinário pelas crianças. Ele dirá aos Apóstolos: ‘Deixai as crianças virem a mim. Não as impeçais, pois delas é o Reino de Deus’ (Mc 10,14) ”. Também devemos lembrar que, se eles estão a caminho deste grande sacramento, é porque num momento ou outro houve uma centelha, um desejo, uma sede …

O critério essencial: a fé na Presença real

No entanto, existem outros critérios de discernimento. É essencial que a criança saiba distinguir entre o bem e o mal – é também a razão pela qual a confissão antes da primeira comunhão é necessária – e expresse o desejo de corresponder melhor ao que Jesus pede. “Eu percebi que o meu filho era mais útil e fazia mais esforços em casa, quando eu estava preparando a sua comunhão na catequese”, diz Florence. “E quando orávamos juntos, era mais exigente, mais interior”. O fato de a criança estar familiarizada com a missa de domingo também é uma condição necessária. “Acredito que meus quatro filhos estavam prontos para receber a Comunhão a partir do momento em que tomaram consciência da morte de Jesus na cruz por amor à nós e de sua ressurreição como uma grande mensagem de esperança. Talvez eles não o entendessem completamente por causa da sua idade … mas eles o integraram dentro deles nesse momento ”, lembra Armelle.

Em suma, o critério essencial continua a ser a fé na Presença real: “Quando a criança distingue entre o Pão comum e Pão eucarístico e sabe que há uma mudança real entre antes e depois da consagração – mesmo que visivelmente nada aconteça -, então a criança pode tomar a comunhão”, lembra o padre Rémi.

Portanto, a chave, o elemento fundamental, não está numa questão de conhecimento, mas de fé, uma fé infantil que às vezes supera a do adulto! É muito difícil admitir, é melhor apresentar as coisas de uma maneira diferente, como as crianças não conseguem entender isso, acreditar. Por favor, não subestimemos … a graça de Deus!

Marie Lucas

Tags:
EucaristiaSacramentos
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Reportagem local
A arrepiante oração de uma mulher no corredor da morte por ser ca...
2
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Charbel disse?
3
Aleteia Brasil
Sorrisão e joelhos: 2 pais brasileiros e seus bebês que emocionar...
4
CROSS;
Reportagem local
O que significa o sinal da cruz feito sobre a testa, os lábios e ...
5
JENNIFER CHRISTIE
Jeff Christie
Minha mulher engravidou de um estuprador – e eu acolhi o bebê nas...
6
CONFESSION, PRIEST, WOMAN
Julio De la Vega Hazas
Por que não posso me confessar diretamente com Deus?
7
Anna Gębalska-Berekets
O que falar (e o que não falar) a um ente querido com câncer
Ver mais