Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 30 Outubro |
Santo Angelo de Acri

Você sabe realmente encorajar os seus filhos?

MOM,SON,PRAISE

Shutterstock

Edifa - publicado em 14/05/20

No dia a dia, uma criança necessita se sentir motivada e segura. E para isso, nada melhor do que encorajá-la, atitude que não deve ser confundida com um simples elogio ou recompensa. Veja a seguir as atitudes a nutrir e a evitar para bem encorajar os seus filhos

Face a dificuldade em educar um filho, os pais precisam de muito encorajamento para manter-se firmes e não abrir mão daquilo que acreditam. Resultados desapontadores, egoísmo, brigas… as ocasiões são numerosas e realmente banais.

Do lado dos filhos, manter a vontade fortalecida quando a motivação está em zero é um desafio cotidiano. Eles também precisam ser encorajados. Sem essa ajuda ao ânimo, dificilmente eles serão fiéis no trabalho, no esporte ou na música.

Muitas vezes, sem o incentivo, a vida não passa de uma possibilidade, uma promessa não realizada. Encorajar deveria então estar entre as prioridades dos pais, como uma postura natural. Contudo, a “atitude positiva” não está no DNA de todo mundo.

É como na velha história do copo metade cheio ou metade vazio, ou do “pode fazer melhor” em todas as circunstâncias.

Encorajar é abandonar o seu referencial de adulto para adotar o referencial da criança

Os pais costumam dar muito mais ênfase àquilo que falta do que a valorizar o percurso já trilhado pelo filho. “Temos a falsa ideia de que, para obter resultados é preciso manter a pressão”, admite Madalena, mãe de quatro filhos.

Enquanto algumas crianças conseguem resistir bem a essa pressão, outras podem não dar o melhor de si diante da insatisfação crônica dos pais. Por que dar o meu melhor se meus pais nunca estão satisfeitos?

O encorajamento não vem da autossatisfação dos pais (“Querido, tenho muito orgulho do seu trabalho, você me deixa muito feliz”), e não depende apenas dos resultados obtidos.

Encorajar é deixar de lado o seu ponto de vista adulto para colocar-se no lugar do seu filho. Incentivar ou encorajar é antes de tudo reconhecer o caminho já percorrido, o progresso alcançado e fazer a criança sentir orgulho de si mesma por ter dado o seu melhor.

A exigente linha tênue do verdadeiro encorajamento

Frequentemente, os pais julgam o desempenho dos filhos pelas suas ambições. Acolher a criança como ela é, ajudando-a a construir sua própria força, a desenvolver uma autoconfiança saudável, uma autoestima justa: esta é a linha tênue e exigente do verdadeiro incentivo.

Isso não tem nada a ver com uma competição ou luta do ego. Pelo contrário, é preciso ter cuidado com a arrogância dos filhos, que pode caracterizar uma fragilidade. A falta de autoconfiança está normalmente escondida por trás de atitudes dominadoras ou agressivas. Não se engane, quando ignoramos as habilidades e os gostos da criança, tendemos a criar filhos com uma visão deturpada de si, uma baixa estima sobre si mesmo. Por outro lado, encorajá-los trará calma, os colocará em movimento e aproximá a criança de si mesma.

Anne Gavini

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
Educação dos FilhosFamíliaFilhos
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais