Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 30 Outubro |
Santo Angelo de Acri

Confissão: com que frequência devemos nos confessar?

CONFESSION

Cathopic-Angelica Mendoza

Edifa - publicado em 30/09/20

Você tem que se confessar antes de receber a comunhão? Todas as semanas? Ou só depois de cometer um pecado mortal ou venial?

Nenhum texto da Igreja exige confissão todas as semanas e nenhum texto a proíbe também. Uma cultura jansenista por muito tempo intimidou os fiéis, afastando-os da Santa Missa sob o pretexto de que eram indignos dela. As almas fervorosas sofreram esta severidade e pediram o “privilégio” de receber a comunhão todos os domingos e inclusive durante a semana, coisa que não era usual, mas podia ser concedida.

Santa Teresa de Lisieux tirou proveito disso. Finalmente, o santo Papa Pio X não apenas permitiu mas incentivou a comunhão frequente. Hoje em dia, existe o risco inverso, de tomar a comunhão com muita facilidade. Assim, pode tornar-se um gesto algo mecânico, sem a preparação suficiente, talvez até sem a conversão necessária. No entanto, é necessário confessar-se todas as semanas?

Quando recebemos a comunhão, realmente recebemos esse Deus que nos recebe?

Deus colocou seu corpo em nossas mãos! Jamais estaremos à altura desse amor puro, desse Dom perfeito, isso é claro. Jamais seremos “dignos” de receber Cristo e citamos com razão a oração do centurião, que a liturgia coloca em nossos lábios um pouco antes da comunhão. No entanto, um mínimo de lealdade é exigido de nós.

Caso contrário, poderíamos fingir que O recebemos ao mesmo tempo que O rejeitamos nos fatos, no pensamento, na ação ou por omissão, contradizendo seriamente o Evangelho. É por isso que somos motivados a receber o perdão sacramental o mais rápido possível depois de um pecado mortal, em todo o caso antes da próxima comunhão, e também somos motivados para confessar os pecados veniais. Com isso em mente, somente podemos aconselhar praticar regularmente o sacramento da reconciliação.

Confissão que cura

Pode-se responder: “Deus recebe a todos, a Igreja não deve excluir ninguém”. Em última análise, essa posição não é falsa. Mas não se sustenta sem um complemento muito importante: “Estou realmente recebendo esse Deus que me recebe? Eu sei bem que sou um pobre pecador. Também sei bem que uma palavra dEle é suficiente para curar minha alma.

Mas estou decidido a seguir a Cristo ou, ao contrário, decidido a continuar dando as costas à ele? Nesse caso, nem Ele nem Sua Igreja me excluem; eu mesmo declaro a minha autoexclusão e, embora tome a comunhão, essa comunhão é um sacrilégio”. É esta terrível contradição que habita no coração de Judas na noite da Quinta-Feira Santa. Efetivamente, parece que tomou a comunhão, pelo menos com o Pão eucarístico, no início da ceia (Jo 13,17-30).

Missa e confissão

Também se poderia dizer: “Nós não vamos a uma janta ou um almoço para ver os outros comerem”. Mas você não pode reduzir a missa a um bufê. A Eucaristia, antes de ser algo para comer, é algo para viver, um acontecimento: “Anunciamos a tua morte e proclamamos a vossa ressurreição. Vem Senhor Jesus!”.

Padre Alain Bandelier

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
ConfissãoDoutrinaSacramentos
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais