Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 19 Abril |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Vivendo um relacionamento de casal à distância: missão (im)possível?

HOMEM E MULHER CONVERSANDO PELO SMARTPHONE

© insta_photos I Shutterstock

Edifa - publicado em 27/10/20

Por motivos profissionais ou de estudos, alguns casais vivem sua história de amor à distância. Um desafio difícil, mas não impossível de superar

Hoje em dia, cada vez mais os casais (inclusive os casados) são forçados a viver seu relacionamento à distância. Seja por motivos profissionais, acadêmicos ou outros, muitas vezes é difícil administrar este tipo de situação. Como construir assim a vida de um casal?

Escrever um ao outro, reencontrar um ao outro em oração, vivenciar plenamente os momentos que o casal passam juntos 

Primeiro conselho: escreva um para o outro. Frequentemente, transmitimos mais coisas por escrito do que falando. O homem principalmente, porque raramente ele brilha na arte da escuta e das confidências. Meu pai, que foi prisioneiro na Alemanha, escrevia uma carta para sua jovem esposa todos os dias com um lápis insignificante e pedaços de papel que ele resgatava aqui e ali. Sua querida esposa não os leu até a Libertação! A guerra acabou e a Internet torna as coisas muito mais fáceis para o relacionamento à distância, graças a Deus!

Segundo conselho: reúnam-se a cada dia num encontro invisível através da oração. Quer nos vejamos ou não, estamos perto ou longe, no meio de uma lua-de-mel ou enredados nas primeiras decepções ou desentendimentos, estamos juntos nas mãos de Deus. O Coração de Cristo é o caminho mais curto de um coração para o outro. A Eucaristia é em particular o lugar privilegiado onde a comunidade conjugal se renova, se aprofunda, se purifica, se fortalece: Jesus Cristo amou a Igreja e deu-se por ela, convidando os esposos crentes a entrar nesta graça do dom que é o segredo da aliança.

Terceiro conselho: obviamente, aproveite ao máximo as ocasiões em que puderem ficar juntos, mas sintam esse momento sem estresse, sem a ansiedade de recuperar o tempo perdido por causa do relacionamento à distância. Ao contrário, sejam o mais natural possível, busquem o prazer da simplicidade, a alegria de compartilhar ocupações triviais como fazer compras, mudar de casa, idas e vindas, encontros. Embora, é claro, isso não impeça algumas fantasias ou aventuras memoráveis.

Não se esqueça de cantar, de rir e de respirar!

Para os cônjuges motivados, unidos na vontade de seguir os caminhos do Senhor, é também uma oportunidade de viver uma oferenda. Eu poderia dizer um sacrifício. Mas na linguagem comum esta palavra enfatiza a privação quando deveria ser enfatizada a dedicação, o dom que se faz um ao outro e o dom que juntos fazem ao Senhor. Esta oferenda tem um significado e valor para o lar e para a sua fecundidade espiritual. E não se esqueçam de cantar, de rir e de respirar!




Leia também:
Aplicativos permitem confraternizações à distância




Leia também:
Relacionamento: ser um sem sufocar um ao outro

Alain Bandelier

Tags:
AmorCasamentoRelacionamento
Top 10
Ver mais