Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 25 Fevereiro |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

A minha nora não me suporta, o que fazer?

TALK

Shutterstock | fizkes

Edifa - publicado em 11/11/20

Você sente hostilidade por parte de sua nora? Aqui estão algumas dicas para ajudar seu relacionamento com ela prosperar

“A minha nora não me suporta, mas tomo muito cuidado para não atrapalhar a relação dela com o marido. Ela tende a colocar todos contra mim. Ela nunca me deixa ficar com a minha neta”, lamentava uma mulher.

No clássico conflito sogra/nora, há uma tendência de buscar erros por parte da primeira, que muitas vezes é considerada invasiva e dominante. Mas há casos em que a realidade é mais complexa. Embora seja louvável que a sogra reflita sinceramente sobre seu comportamento e o repense, se necessário, é desejável que sua nora faça o mesmo.

O que está escondendo esta hostilidade da nora que não te suporta?

Se não for esse o caso, o que uma sogra pode fazer para evitar a culpa quando os sentimentos hostis em relação à esposa de seu filho aumentam? Talvez você possa tentar entender as razões dessa animosidade, especialmente se for dirigida exclusivamente a ela. Podemos apenas traçar hipóteses explicativas.

Será que esta nora experimenta um sentimento de ciúme ao sentir a mãe do marido muito presente nas palavras dele (que elogia, por exemplo, que ela cozinha muito bem)? Você tem a impressão de que ela mostra preferência por outros genros e noras, a quem dedica detalhes mais generosos?

Nesse sentido, talvez ela também possa sentir-se de outro ambiente social ou temer uma influência sobre os filhos ou ter algum tipo de ressentimento ou animosidade se não se sentir aceita na formação do casal.

Também não se deve esquecer que um casal que se ama, mas está em conflito, pode ser tentado a procurar um bode expiatório para não ter que se culpar pela causa das tensões. Desvendar o motivo exato da hostilidade de sua nora permitirá que você encontre o comportamento mais adequado.

Uma discrição cheia de doçura

É importante que o sogro entenda o sofrimento de sua esposa e priorize suas palavras. Ele não deve falar coisas como: “você está exagerando”. Talvez você possa fazer sua nora entender que recusar-se a confiar seu filho à avó priva você de momentos deliciosos e enriquecedores e que isso gera sofrimento.

Ao se deparar com uma nora que não te suporta e parece te odiar, é importante ter uma discrição carregada de doçura: “Bem-aventurados os mansos”… pois eles desconcertam os agressivos e os injustos. Se ela a desestabiliza, significa que você dá a ela um certo poder sobre você; é hora de recuperá-lo.


bebe grands parents

Leia também:
“Avós-babás”: devemos limitar os favores que fazemos aos nossos filhos?


São Joaquim e Santa Ana, os pais de Nossa Senhora

Leia também:
Belíssima oração a São Joaquim e Sant’Ana pelos avós e idosos

Denis Sonet

Tags:
EspiritualidadeFamíliaFilhos
Top 10
Ver mais