Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 19 Abril |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Até quando os pais são responsáveis ​​pela educação da fé dos filhos?

MÃOS DE ADULTO E CRIANÇA SEGUNRADO TERÇO

Shutterstock

Edifa - publicado em 20/11/20

Os pais são os primeiros educadores da fé dos seus filhos. Mas até quando eles deveriam assumir esse papel?

O papel dos pais na educação da fé de seus filhos é fundamental e insubstituível. Devem fazer isso até a morte ou até os filhos crescerem? Algumas explicações são oferecidas pelo abade Vincent Baumann, fundador da KT Sens em Paris, uma associação que visa a formação catequista de estudantes e jovens profissionais.

Por quanto tempo somos responsáveis ​​pela alma de um filho?

Na educação (também na da fé) para promover a autonomia autêntica do filho, a intervenção dos pais deve diminuir à medida que o filho cresce. Isso não implica o desaparecimento da responsabilidade parental, mas sim a sua evolução. Até a sua morte, os pais devem se esforçar para continuar a ser um modelo para seus filhos, embora com crescente discrição, até que aceitem que não são mais do que um recurso de conselho para os filhos.

Podemos continuar a intervir em sua vida espiritual depois que ele atingir a maioridade?

Os jovens maduros antes dos 18 anos são cada vez mais raros. No final, o filho fará o uso que quiser do patrimônio recebido dos pais. Essa é a consequência de sua liberdade.

Educação da fé: mas o que fazer se ele se afastar da fé?

Os pais fariam bem em adotar a posição do pai na parábola do filho pródigo, permanecendo prontos para receber o filho incondicionalmente. Não se trata de excluir a correção, que o Evangelho também recomenda, mas de lembrar que esta é apenas uma das modalidades da misericórdia.

Os pais não devem ter medo de permitir que os filhos distanciem-se de alguma perspectiva quando seu trabalho como educadores terminar. Embora continue a existir a sua responsabilidade para com eles, são apenas co-educadores aos quais os seus descendentes foram confiados por um Pai que não para de zelar por eles e que tem tudo na sua mão divina.


TEENAGERS

Leia também:
O que fazer quando as escolhas dos filhos não correspondem às nossas?


MENINO EM CONFISSÃO AO LADO DO PADRE

Leia também:
As razões para iniciar seus filhos à confissão desde cedo

Entrevista realizada pela Elisabeth Caillemer

Tags:
CatecismoEducaçãoFilhos
Top 10
Ver mais