Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 23 Fevereiro |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

“Socorro, meu marido acha que não me ama mais!”

COUPLE

Dean Drobot - Shutterstock

Edifa - publicado em 26/11/20

Todos os casais passam por fases de crise. Como administrar esses períodos ruins? O que fazer para evitar um agravamento da situação e, sobretudo, uma quebra do casal?

Seu cônjuge questiona seu casamento porque os sentimentos dele mudaram e você acha que ele não te ama mais. No entanto, você acha que não existe nenhum problema particular. E se fosse uma crise sentimental? Aqui estão algumas dicas para administrar uma fase assim.

É verdade que o amor dura apenas três anos?

Essa crise é uma transição relativamente comum. Na verdade, a natureza dotou os seres humanos de mecanismos de amor que são acionados automaticamente em períodos de três anos. Esse amor, obviamente, e mais ainda do ponto de vista cristão, deve ser canalizado única e plenamente para o cônjuge. De fato, os sentimentos de amor que tantas vezes nos habitam no início de uma relação permitem renovar-se. Para nossos ancestrais, tal período de 3 anos era relativamente suficiente para trazer uma criança ao mundo e incita-la em sua autonomia. Hoje em dia, o tempo de amadurecimento foi ampliado consideravelmente.

Para fortalecer o amor e fazê-lo se consolidar, o casal deve ter um projeto comum de vida.

Estar apaixonados não é amar

Boris Cyrulnik, neuropsiquiatra e especialista em comportamento humano, diz que um casal dura se tem uma catedral para ser construída. Quais são seus projetos estando juntos? São projetos que apoiam seu cônjuge e promovem um futuro juntos? Talvez você os tenha pessoalmente para o casal, mas você compartilhou com seu cônjuge? Eles se tornarão verdadeiros projetos conjugais quando forem medidos, trabalhados, polidos… durante seus diálogos.

Seu cônjuge diz que não sabe se te quer mais. Certamente ele (ela) está assim expressando o fato de que já não sente, como no início de seu relacionamento, esse ímpeto forte do corpo e do coração. É hora de aumentar a marcha. Estar apaixonado não é amar. O amor, o verdadeiro, aquele que pode chegar até a dar a vida pelo outro, constrói-se a cada dia. Pacientemente. Humildemente. Carinhosamente. Às vezes, com coragem. Vamos corações, vamos sempre juntos!


WEDDING,MASS

Leia também:
Consagre seu casamento ao Sagrado Coração de Jesus com esta oração




Leia também:
Casamento e crise dos 40 anos? Não se assuste

Marie-Noël Florant

Tags:
Casamento
Top 10
Ver mais