Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 11 Abril |
Santo Estanislau de Cracóvia
home iconEstilo de vida
line break icon

Instruções para se livrar do sentimento de vergonha

CONFIDENCE

Shutterstock

Edifa - publicado em 07/01/21

Não falamos sobre nossa vergonha e às vezes temos vergonha de nos sentirmos envergonhados. Essa emoção pode nos isolar e nos empurrar para fecharmos sobre nós mesmos. No entanto, é possível se livrar dela

Sem dúvida, já vivemos múltiplas situações em que tivemos vergonha, uma emoção que nos incomoda, nos faz corar, baixar os olhos e querer desaparecer debaixo da terra. Adão e Eva, depois de desobedecer e comer o fruto da Árvore do Bem e do Mal, tiveram vergonha de se verem nus. Mas, quando esse sentimento aparece e por quê? E como me livrar disso?

A vergonha afeta nossa identidade

O neuropsiquiatra e especialista em comportamento humano Boris Cyrulnik, em seu livro Morrendo de vergonha: O medo do olhar do outro, qualifica a vergonha como “veneno da alma”. E diz mais: “Como podemos evitar nos fechar nela como numa toca? Como evitar ser submetido às múltiplas reações emocionais que isso gera em todos nós? E como recuperar a liberdade e o orgulho sem cair na armadilha da ausência de vergonha, que também é indiferença para com o outro e pode levar a algo pior?”

Os psicólogos nos dizem que a vergonha acontece quando mostramos aos outros que não somos capazes de nos ajustar às normas do grupo ao qual pertencemos em qualquer um dos quatro tópicos a seguir: conformidade, comportamentos úteis, sexualidade e competição por status (ou seja, ser bom ou inclusive o melhor, especialmente no campo profissional).

A vergonha afeta nossa identidade, nossa consciência de nós mesmos na frente de nós mesmos e na frente dos outros. E isso mancha. “Tenho vergonha de ter sido tão egoísta nessa situação. Achava que eu era mais generoso. Tenho vergonha de saber o que os outros vão pensar do meu comportamento”. “Esse sentimento nasce sempre no segredo do meu teatro íntimo, onde coloco em cena o que não posso dizer por medo do que o outro diga a respeito”, explica Boris Cyrulnik.

A confissão, caminho da reparação

A vergonha também pode ser causada por humilhação, ou seja, uma perda de status voluntariamente causada por outra pessoa. Deixada sem regulamentação, essa vergonha pode levar a transbordamentos violentos que procuram “reparar” a ofensa ao amor próprio. No entanto, admitir ser “falho” e expressar nossa vergonha em relação a um ato que poderia nos excluir do grupo também pode ter um impacto positivo. “Pecado confessado, meio perdoado”, diz o provérbio. Porque para confessar nosso pecado temos que enfrentar nossa vergonha e, portanto, reconhecê-lo.

A vergonha que sentimos já é a condenação do próprio ato e sua confissão já nos coloca no caminho da reparação. Podemos imaginar que Jesus Cristo, no episódio da mulher adúltera, percebe sua vergonha e sente compaixão por ela. Ele não a restaura devolvendo sua dignidade perdida: “Vá e não peques mais”?


POPE FRANCIS

Leia também:
Papa Francisco: não devemos ter medo de sentir vergonha

Marie-Noël Florant

Tags:
DepressãoFelicidadeVirtudes
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Ver mais