Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 20 Outubro |
São Cornélio
Aleteia logo
home iconEstilo de vida
line break icon

Retornar ao trabalho após uma longa pausa: como preparar os filhos?

MOTHER TEEN

Alena Ozerova I Shutterstock

Edifa - publicado em 19/01/21

Não é fácil para as crianças verem a mãe voltar ao trabalho depois de anos de convivência. Três palavras mágicas podem ajudá-las a lidar com essa situação

Embora voltar ao trabalho depois de uma longa pausa possa parecer emocionante, as crianças nem sempre pensam o mesmo. Martin, de 10 anos, sofre por não ver sua mãe tanto quanto gostaria desde que ela começou seu negócio de vestidos de noiva. “Minha mãe não quer mais que eu volte para casa para almoçar”, diz ele. “Ela diz que não tem tempo e isso me deixa triste”. Soledad, de 26 anos, lembra muito bem quando sua mãe decidiu voltar a trabalhar: “Eu tinha oito ou nove anos. Naquele momento, senti que tinha me abandonado”. Essas crianças têm uma coisa em comum: não estavam suficientemente preparadas para a ausência da sua mãe.

Amparo, mãe de três filhos, admite: “Eu deveria ter previsto issoantes. Achei que eles tinham idade suficiente para lidar com isso sem problemas, mas me enganei”. Quando, há cinco anos, decidiu voltar a trabalhar como professora de francês, os filhos não reagiram muito bem, especialmente a mais pequena! “Nesse momento ela estava na quinta série e estava muito preocupada. Ela descobriu que tinha que se virar pela tarde. Não foi fácil para ela nem para mim. Ela se sentiu abandonada. E eu me senti como se fosse uma mãe ruim”. Bernadette Lemoine, psicóloga e psicoterapeuta, é especialista em casos de ansiedade por causa da separação e aconselha aos pais e aos professores. Segundo ela, existem três palavras mágicas que as mães precisam ter em mente: antecipar, tranquilizar e ouvir.

Continua estando disponível para seu filho

“É tarde demais para contar aos seus filhos com apenas três semanas de antecedência”, diz. “É preciso antecipar logo, para dar-lhes tempo para se acostumarem com a idéia. As mães podem não perceber, mas é uma mudança real na vida de uma criança”.

Em segundo lugar, e não menos importante, os pais devem tranquilizar seus filhos a todo custo. “Eles precisam sentir o amor da mãe acima de tudo. Ela poderia dizer, por exemplo: Só porque não estou mais em casa, não significa que não te amo. Estarei sempre disponível para você, não importa o que aconteça. É bom você saber que eu continuo te amando, mesmo quando não estou com você”.

O terceiro ponto essencial é estar disponível para seus filhos, para ouvi-los. “Quando voltei a trabalhar após um descanso de 16 anos, senti o estresse”, diz Emma. Trabalhei todos os dias até às 11 da noite e às vezes nos fins de semana. Não conseguia conciliar trabalho e vida familiar. ”Para Bernadette Lemoine, esse tipo de situação deve ser evitado a todo custo”: “Ter um tempo para estar juntos é importante para você e sua família. Mesmo que você trabalhe, deve ter em mente que é responsável por educar seus filhos até a idade adulta”.


BEAUTIFUL WOMAN WORKING

Leia também:
Retornar ao trabalho depois dos 40 anos, missão impossível? 


WORK

Leia também:
Conciliar um trabalho exigente à maternidade, uma equação impossível?

Anne-Laure d’Artigues

Tags:
FamíliaMulherTrabalho
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
2
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
3
AVENIDO BROTHERS
Agnès Pinard Legry
Três irmãos são ordenados padres no mesmo dia
4
COMMUNION
Philip Kosloski
Oração ao seu anjo da guarda antes de receber a comunhão
5
MARRIAGE
Matrimonio cristiano
Beijar a aliança todos os dias: uma indulgência especial aos casa...
6
Aleteia Brasil
O segredo da cidade bósnia onde jamais houve um divórcio
7
Carlo Acutis
Gelsomino Del Guercio
“Ele fechou os olhos sorrindo”: foi assim que Carlo Acutis morreu
Ver mais