Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 19 Junho |
São Romualdo
home iconEstilo de vida
line break icon

9 segredos para aprender a perdoar na família

FORGIVE

Antonio Guillem | Shutterstock

Edifa - publicado em 19/02/21

O perdão é uma das chaves para a salvação das famílias. Por isso, é importante aprender as línguas e os caminhos da reconciliação para poder não só perdoar, mas também pedir perdão

Se perdoar não é o passo mais evidente e nem o mais fácil. Agora, amar a si mesmo é um mandamento, e não há amor sem perdão. Pensamos nisso quando se trata de amor a Deus e aos irmãos, mas muitas vezes nos esquecemos quando se trata de nós mesmos. Muitas vezes, ruminamos sobre arrependimentos e remorsos, nos culpamo por não ter cumprido, por ter quebrado a nossa palavra ou por ter cometido um erro ou mesmo uma falha que acarretou graves consequências! Se o nosso passado nos impede de viver em paz, de ser plenamente nós mesmos, este é um sinal que devemos perdoar. Para o nosso bem e o daqueles que vivem conosco.

Não confunda perdoar com esquecer

O processo de perdão não consiste em negar a ferida, em mantê-la soterrada tanto quanto possível. Muito pelo contrário: o caminho do perdão é antes de tudo um caminho de verdade e, portanto, de esclarecimento. Para perdoar, você tem que começar percebendo que foi ofendido, vendo e nomeando a ofensa, seja você o autor ou a vítima.

Não “instrumentalize” o perdão

O perdão pode ser usado como uma forma de esmagar o outro, de manipulá-lo, de torná-lo um devedor duplo: “Você não só é culpado de ter me ofendido, mas além disso me deve gratidão, pois, em minha grande bondade, eu te perdoo”. Este pseudo-perdão, em oposição a uma atitude genuinamente misericordiosa, é completamente distorcido porque é ditado, não por amor, mas por orgulho ou maldade.

Purifique suas intenções

Como distinguir o pseudo-perdão do perdão genuíno? Vários critérios de discernimento são possíveis. Por exemplo, você deve se perguntar as perguntas certas: “Estou pronto para pedir perdão?”; “O meu perdão visa fazer o outro crescer – especialmente em sua autoestima?”; “Estou bem em perdoá-lo antes mesmo que ele me peça perdão?”; “Sou capaz de perdoá-lo sem dizer nada que gere humilhação?”; “Estou preparado para esperar o tempo que for preciso – sabendo que esse tempo talvez nunca chegue – para mostrar que perdoei?”.

Não duvide do perdão

O que é perigoso não é perdoar, mas não perdoar! Tenhamos cuidado apenas com as aparências, pois nada é mais parecido com o perdão (bondade ou santidade) do que seu oposto. Quanto à falta de pudor que representaria esta abordagem, repitamos que o perdão (pedido e concedido) pode manifestar-se de mil maneiras, para além das palavras.

Perdoe em palavras e atitudes

Para pedir perdão ou concedê-lo, às vezes nem é preciso dizer nada, mas fica muito melhor falamos! Abrir os lábios para dizer “Me desculpe” ou “Eu te perdoo” é um sinal de abertura do coração. Claro, o perdão pode se mostrar de outras maneiras, através de um beijo, por exemplo. O amor – quando é o amor que inspira o perdão – sabe encontrar as formas que permitem a expressão de si mesmo, respeitando o pudor e a sensibilidade do outro. Um sorriso, um gesto de carinho, uma palavra gentil podem ser sinais muito claros de perdão trocado, mesmo que nem sempre substituam as palavras.

O perdão leva tempo (ensine as crianças a ter paciência)

Esse processo pode levar muito tempo, por isso é preciso que os pais aprendam a acompanhar os filhos nesse caminho, sem pressa ou desânimo. Personalidades “secundárias” têm muito mais dificuldade para virar a página do que personalidades “primárias”. É preciso respeitar o ritmo de cada um, sabendo que o principal não é que eles perdoem rapidamente, mas verdadeiramente. As personalidades “primárias” terão mais dificuldade em perceber a gravidade da ofensa que se inflige, e precisarão ser ajudados para olhar para o passado e avaliar o real impacto dos traumas causados ou sofridos. Por fim, não devemos nos alegrar simplesmente por eles aparentemente terem esquecido de tudo. Esquecer não é perdoar.

Perdoar tem seus tempos e contratempos

“É tarde demais” é uma mentira de Satanás. É ele quem tenta nos convencer de que nossas tragédias são desesperadoras, nossas escolhas inexoráveis ​​e que alguns perdões são impossíveis de dar ou de receber. E muitas vezes caímos em suas mentiras, porque o amor incondicional de Deus parece bom demais para ser verdade. Não acreditamos realmente que “para Deus tudo é possível”.

Rogue o Espírito Santo

O perdão ajuda a memória a se curar, estabelecendo-a em paz. A memória da ofensa sofrida torna-se um caminho de vida e bênção aquele que foi, em outro momento, um caminho de morte e maldição. O perdão é, realmente, ressurreição – uma passagem da morte para a vida. Esta passagem, o Jesus ressuscitado, permite-nos fazê-lo. Aquele que nos pediu perdão “setenta vezes sete vezes” (Mt 18,22), isto é, sem fim! Portanto, não tenhamos medo de pedir ao Espírito Santo que traga de volta à nossa memória todas as ofensas que devemos perdoar.


FORGIVE

Leia também:
Descubra a linguagem do perdão e seus benefícios




Leia também:
Papa: quando escorregar, quando cair, peça perdão

Luc Adrian

Tags:
AmorFamíliaPerdão
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
BABY GIRL
Mathilde de Robien
12 nomes de meninas cujo significado é ligado a Deus
2
Lucía Chamat
A curiosa foto de “Jesus” que está comovendo a Colômb...
3
Reportagem local
Poderoso filme de 1 minuto sobre casamento rende prêmio a cineast...
4
POPE FRANCIS - PENTECOST MASS - SUNDAY
Comunidade Shalom
Depois da Comunhão, o que (e por quem) é mais aconselhável rezar?
5
Reportagem local
A oração que o Papa Francisco pediu para rezarmos “continua...
6
Timor-Leste
Ray Cavanaugh
A dolorosa trajetória recente do país mais católico do mundo depo...
7
Reportagem local
A oração que o Papa Francisco reza todas as noites
Ver mais