Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 26 Janeiro |
Santa Paula Romana
Aleteia logo
Daily Prayer
Meditação do dia25 de janeiro de 2023

O amor de Cristo

O encontro com Jesus na estrada que levava a Damasco transformou radicalmente a vida de Paulo. A partir de então o sentido de sua existência já não era confiar nas próprias forças para observar escrupulosamente a Lei, mas aderir com todo o seu ser ao amor gratuito e imerecido de Deus, a Jesus Cristo crucificado e ressuscitado. Conheceu, assim, a irrupção de uma vida nova, a vida segundo o Espírito, na qual, pelo poder do Senhor ressuscitado, experimentou o perdão, a confiança e o conforto. E, Paulo não pôde guardar para si esta novidade: foi impelido pela graça a proclamar a feliz notícia do amor e da reconciliação que Deus ofereceu plenamente à humanidade, pelo Cristo.
Para o Apóstolo dos Gentios, a reconciliação do homem com Deus, da qual foi feito embaixador, é um dom que vem de Cristo. [...] “O amor de Cristo”: não se trata do nosso amor por Cristo, mas do amor que Cristo tem por nós. Da mesma forma, a reconciliação para a qual somos impelidos não é simplesmente iniciativa nossa: é primeiramente a reconciliação que Deus nos oferece em Cristo. Antes de ser esforço humano de fiéis que procuram superar suas divisões, é um dom gratuito de Deus. Como resultado deste dom, a pessoa perdoada e amada é chamada, por sua vez, a proclamar o Evangelho da reconciliação em palavras e obras, a viver e dar testemunho de uma existência reconciliada.
Nesta perspectiva, podemos hoje perguntar-nos: Como é possível proclamar este evangelho de reconciliação depois de séculos de divisões? O próprio Paulo nos ajuda a encontrar o caminho. Ele sublinha que a reconciliação em Cristo não pode realizar-se sem sacrifício. Jesus deu a sua vida, morrendo por todos. De modo semelhante, os embaixadores da reconciliação, em seu nome, são chamados a dar a vida, a não viver mais para si mesmos, mas para Aquele que morreu e ressuscitou por eles. Como ensina Jesus, só quando perdemos a vida por amor d’Ele é que verdadeiramente a temos ganha. É a revolução que Paulo viveu, mas é também a revolução cristã de sempre: deixar de viver para nós mesmos, buscando os nossos interesses e promoção da nossa imagem, mas reproduzir a imagem de Cristo, vivendo para Ele e de acordo com Ele, com o seu amor e no seu amor.

Papa Francisco
Homilia quarta-feira, 25 de janeiro de 2017
266.° Papa da Igreja Católica (1936 - )

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais