Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 24 Julho |
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

Bem-aventurada Maria Rosa de Jesus

Religiosa Franciscana (†1972)

LIGHT

Public Domain

Morreu relativamente jovem, com apenas 55 anos. Embora tivesse uma vida marcada pela doença, sua marca era o sorriso indelével em seu rosto, sinal de sua paz interior conquistada após uma vida dedicada à espiritualidade. Nasceu no dia 10 de novembro de 1917 num lugarejo pertencente à Modena, na Itália. Recebeu o nome de Bruna Pellesi: era a última de um total de 9 filhos. Tem uma vida normal marcada apenas pela necessidade de se desdobrar numa maternidade imprevista: quando Bruna tem 18 anos, deve lidar com a morte prematura de duas cunhadas. Logo ela se vê na necessidade de ajudar a educar os sobrinhos ainda pequenos, fazendo o papel de mãe de seis crianças. Poucos anos se passam, quando ela descobre ter uma vocação à vida religiosa: primeiro entra na Congregação das Terciárias Franciscanas de Santo Onofre, em Rimini. Tem apenas 22 anos. Depois do noviciado e dos primeiros votos, recebe o nome religiosos de Irmã Maria Rosa. É o período da II Guerra mundial e Irmã Maria Rosa trabalha com todas suas forças na pastoral e no atendimento dos pobres. Em 1945 descobre ser portadora de tuberculose, vai viver um período num sanatório na expectativa de uma recuperação. A doença se revela crônica e logo Irmã Maria Rosa se vê numa situação de uma clausura forçada. A monotonia e o tédio dos dias, meses, anos vão transformando seu caráter. Se no princípio essa situação levou a jovem freira à depressão e tristeza, com a oração e a paciência foi “cantando as misericórdias de Deus”. Logo a paz interior, dom do Senhor, começa a reverberar nela e naqueles com quem ela mantém contato quotidiano. Apesar disso, seus sofrimentos são grandes: em certo momento, por um período chegam a retirar cinco vezes por dia o líquido que se acumulava em sua pleura. Chega a pesar apenas 43 quilos! Sente que a morte se aproxima e, mesmo assim, chega a dizer: “Sou feliz porque morro no amor, sou feliz, porque amo a todos!”. Praticamente foram suas últimas palavras, quando morreu no dia 1 de dezembro de 1972. Reconhecendo nela as virtudes suscitadas pelo bom Deus, foi declarada bem-aventurada pela Igreja no dia 29 de abril de 2007.

Descubra outros santos clicando aqui
Top 10
1
Reportagem local
A arrepiante oração de uma mulher no corredor da morte por ser ca...
2
CROSS;
Reportagem local
O que significa o sinal da cruz feito sobre a testa, os lábios e ...
3
Aleteia Brasil
Sorrisão e joelhos: 2 pais brasileiros e seus bebês que emocionar...
4
Papa Francisco
Reportagem local
Papa: como não culpar Deus diante da morte de um ente querido
5
Atriz Claudia Rodrigues
Reportagem local
Assessora pede orações por atriz Claudia Rodrigues: “está m...
6
PADRE PIO
Philip Kosloski
A oração que Padre Pio fazia todos os dias ao Anjo da Guarda
7
Orfa Astorga
Até que idade é saudável morar na casa dos pais?
Ver mais