Aleteia
Sexta-feira 23 Outubro |
São Paulo Tong Viet Buong
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

Bem-aventurado Elias del Socorro (Mateus Elias Nieves del Castillo)

Sacerdote e mártir (†1928)

CHURCH

Public Domain

Santo do dia



Mateus nasceu no dia 21 de setembro de 1882 e sua infância foi muito pobre seus pais eram agricultores da região de Guanajuato, México; aliás, a pobreza da família e sua saúde muito frágil não ajudavam muito para um projeto que ele cultivava desde menino com muito ardor: ser padre. Apesar das dificuldades, sua vocação era forte, de modo que, após muito empenho e sacrifícios, sua família pôde assistir sua ordenação presbiteral em 1916, junto aos Padres Agostinianos. Tinha ele naquela ocasião 34 anos, uma idade elevada para – segundo a mentalidade da época – se tornar padre. Mas para Mateus, a vida não fora fácil: a superação dos problemas foi feita com muita ajuda da fé vivida em família. Padre Elias – esse foi o nome escolhido durante sua profissão religiosa – foi posteriormente enviado para trabalhar na pastoral de uma região muito pobre. Isso, para ele não foi um problema, logo arregaçou as mangas e se colocou a trabalhar. Em pouco tempo os paroquianos aprenderam a amar e estimar Padre Elias. Porém, no dia 7 de março de 1928, um grupo de revoltosos chegou na região. Era uma época difícil para o México: as autoridades civis, em virtude de tantos problemas de natureza política e econômica, haviam emanado leis contrárias às práticas de religião. Em geral, a vida religiosa continuava como antes, mas com o apoio dessas leis, qualquer motivo podia dar margem à uma explosão de violência. Com a chegada desses revoltosos, Padre Elias, por prudência, decidiu se retirar da cidadezinha e se esconder até que o grupo partisse. Naturalmente não abandonou seus paroquianos: toda vez que havia alguma necessidade ele abandonava seu esconderijo para atender os fiéis. No entanto, as coisas iriam se precipitar: no dia 7 de março, chegou um destacamento de soldados à procura de ladrões de gado. Tendo terminado o dia, os soldados decidiram que o melhor lugar para dormir seria a igreja. Tentaram arrombar as portas, mas o povo se rebelou. Houve uma série de disparos e o pedido de reforços. Por ódio a essa ação do povo, começaram a vasculhar todo o território em busca do padre. No dia 9, Padre Elias que havia se disfarçado de agricultor foi descoberto e imediatamente aprisionado. Na manhã do dia 10 de março Padre Elias ouviu o comandante do destacamento dizer: “Mostre-nos se você sabe morrer como sabe dizer a missa”. Padre Elias respondeu: “É justo. Morrer pela religião é um sacrifício agradável a Deus”. Pediu meia hora para se preparar. Depois disso, falou: “Estou pronto”. Quando os soldados aprontaram os fuzis, Padre Elias disse com decisão: “E agora, se ajoelhem: quero dar a vocês a bênção em sinal de meu perdão”. Todos os soldados se ajoelharam, menos o comandante que disse: “Eu não quero bênçãos, me basta a carabina!”. E, enquanto o Padre estava com a mão levantada para abençoar, ele disparou contra o coração de Padre Elias, que teve tempo de gritar: “Viva Cristo Rei!”. Imediatamente a voz sobre seu martírio correu entre o povo: no dia do sepultamento de seu corpo, havia centenas e centenas de pessoas. A terra que se molhara com seu sangue foi conservada como relíquia. Sua beatificação ocorreu no dia 12 de outubro de 1997.

Descubra outros santos clicando aqui
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
nuvens sinais
Reportagem local
Estão sendo fotografados "sinais do céu"?
Extremistas queimam igrejas no Chile
Francisco Vêneto
Por que queimam igrejas: Dom Henrique e Pe. J...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Ver mais