Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quarta-feira 06 Julho |
São Pedro Wang Zuolong
Aleteia logo
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

Santo Huberto

Bispo holandês (†727)

HOLY-TRINITY-CH410437A.jpg

Pascal Deloche / Godong

Huberto pertenceu a uma família de nobres holandeses.
Na juventude foi discípulo de São Lamberto, bispo de Tongres (Bélgica), que então mudou sua residência para Maastricht (Holanda).
São Lamberto o ordenou sacerdote e morreu tragicamente – talvez por vingança – no início do século VIII. Huberto foi chamado para sucedê-lo e recebeu a ordenação episcopal, em Roma, do Papa Sérgio I. Isso ocorreu, no mais tardar, em 701 já que nesse mesmo ano o Papa Sérgio viria a falecer no mês de setembro.
Huberto herdou, então, uma diocese onde a grande maioria dos habitantes viviam em florestas e em parte ainda longe do cristianismo, (com muitas superstições, magias e fetiches) de modo que ele teve que se dedicar acima de tudo à pregação e a verdadeira instrução cristã.
Em dezembro de 717-718, mandou transportar o corpo de seu antecessor Lamberto de Maastricht para Liège, onde havia sido morto e finalmente enterrado.
Em 722, ele também transferiu a sede episcopal para Liège.
Em maio de 737, consagrou uma nova igreja perto de Louvain.
Pouco tempo depois adoeceu e veio a falecer seis dias depois da consagração da Igreja, em Tervuren (cerca de vinte quilômetros de Louvain).
Sepultado na Basílica de São Pedro, em Liège, logo começou a ser venerado como santo na Bélgica e na Holanda, depois também na França e na Alemanha.
Dezesseis anos após sua morte (3 de novembro de 743), seu corpo foi transferido para a frente do altar mor da igreja de São Pedro. Esta transladação foi tão importante que o rei Carlos Magno esteve presente ao evento: mais uma confirmação desta veneração generalizada e do seu “peso” político.
Enquanto isso, lendas sobre a vida de Huberto se espalharam e, com o tempo, irmandades dedicadas ao seu nome iriam nascer: na Alemanha, a Ordem dos Cavaleiros de São Huberto durou até 1918.
Em 825 os restos mortais do santo foram levados para uma abadia beneditina, que levaria o seu nome, e lá permaneceriam até a devastação e incêndios da revolta dos Gueux (“mendigos”), em 1568, e desapareceram quando o mosteiro foi saqueado.
Os caçadores o proclamaram seu patrono, assim como os fundidores, metalúrgicos e peleteiros.

Descubra outros santos clicando aqui
PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais