Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Terça-feira 26 Outubro |
Santo Amando 
Aleteia logo
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

São Francisco Marto

Pastorinho (+1919)

Deuxième station : les disciples découvrent le tombeau vide "C’est alors qu’entra l’autre disciple, lui qui était arrivé le premier au tombeau. Il vit, et il crut." (Jn 20, 8)

Francisco Jacinto Marto nasceu em Aljustrel no dia 11 de junho de 1908. Era o penúltimo dos onze filhos de Emanuel Pedro Marto e Olímpia de Jesus. Com sua irmã Jacinta e a prima Lúcia, foi o terceiro protagonista das aparições de Nossa Senhora em Fátima, no ano 1917. Em suas memórias, Lúcia fala de Francisco como uma criança vivaz, sem ser, porém, caprichosa. Ela diz que ele tinha um caráter pacífico, era comum que ele, diante de alguma discussão, não levasse adiante seu ponto de vista. Era de poucas palavras, mesmo em suas orações. Quando ia à escola, chegando em Fátima, ele gostava de ficar na igreja e dizia: “Para mim não vale a pena aprender a ler, daqui a pouco vou para o céu”. Francisco nutria uma especial devoção à eucaristia e se dedicava à oração incessante: rezava pelas almas do purgatório, nas intenções do papa, pelas necessidades do mundo e para honrar Nossa Senhora. No final de 1918, Francisco e Jacinta foram atacados por uma broncopneumonia, provavelmente a “gripe espanhola”, a pandemia que deixou tantos mortos pelo mundo do início do século XX. Francisco sabia que morreria em breve, pois a Virgem Maria havia dito que Jacinta e Francisco iriam logo para o céu. Durante a doença Francisco deu sinais de abnegação e paciência. Quando Lúcia, a prima, lhe perguntou se sofria muito, ele dizia: “Bastante, mas não importa, sofro para consolar o Senhor… daqui a pouco vou para o céu!”. No dia 2 de abril seu estado de saúde estava tão grave que o pároco foi chamado para confessá-lo. Ele tinha medo de morrer sem experimentar a Primeira Comunhão: o pároco logo pôs remédio a isso concedendo-lhe a comunhão em seu leito de morte. No dia seguinte, à noite, disse à mãe: “Olha mãe, que luz bonita ali perto da porta… Agora não a vejo mais…”. Seu rosto se iluminou com um sorriso angelical e, sem agonia, sem um gemido sequer, expirou. No dia 13 de maio de 2017 papa Francisco canonizou Francisco e sua irmã Marta, dois dos três pastorinhos de Fátima.

Descubra outros santos clicando aqui
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
SANDRA SABATTINI
Francisco Vêneto
Primeira noiva em processo de canonização na história foi beatifi...
2
Papa Emérito Bento XVI
Francisco Vêneto
Bento XVI: “Espero me unir logo” aos amigos que já estão na etern...
3
Papa Francisco São José Menino Jesus
Ricardo Sanches
A oração a São José que o Papa Francisco reza todos os dias há 40...
4
Transplante de rins
Francisco Vêneto
Transplante de rim de porco em humanos: a Igreja tem alguma objeç...
5
São João Paulo II
Reportagem local
A última frase de São João Paulo II antes de partir desta vida
6
Casal brasileiro com 8 filhos espera gêmeos
Francisco Vêneto
Jovem casal brasileiro com 8 filhos espera gêmeos: “cada um vale ...
7
Pe. Jonas Magno de Oliveira e sua mãe
Francisco Vêneto
Mãe de padre brasileiro se torna freira na mesma família religios...
Ver mais