Aleteia
Festividade do dia

domingo 5 Julho
Santa Marta (†551)

Mãe de São Simeão, o Estilita

CHILD
Compartilhar

Nascida em Antioquia no início do século VI, Marta casou-se com João, oriundo de Edessa, para obedecer aos pais, embora ela tivesse feito um voto de virgindade, e após ter tido a notícia de uma revelação em que se dizia que dela nasceria um filho chamado Simeão. Após a morte de seu marido ela se dedicou zelosamente à formação cristã de seu filho, Simeão, nascido no ano 520 e que se tornaria famoso por sua vida e atividade nas proximidades de Antioquia. Um autor desconhecido, provavelmente um monge do convento de São Simeão, escreveu um século depois dos acontecimentos, uma Vida de Marta que narra alguns fatos maravilhosos sobre a vida de Santa Marta. A escrita é bastante fantasiosa, narrando fatos sobre as virtudes de Santa Marta emoldurados com diversas aparições de São João Batista e anjos. Ademais, há a descrição de vários milagres. Um anjo teria anunciado a data de sua morte com um ano de antecedência e ela informou seu filho Simeão sobre isso, pedindo para ser enterrada no cemitério dos estrangeiros em Daphne, perto de Antioquia. Efetivamente ela morreu em 5 de julho 551, tendo sua vontade respeitada. Avisado da morte de sua mãe, São Simeão pediu que o corpo de sua mãe fosse enterrado na abside da Igreja da Santíssima Trindade, à direita de sua coluna. Mas, antes que o desejo do filho fosse executado, sua mãe, Marta apareceu-lhe pedindo para construir um sepulcro na parte sul da igreja, onde foi construída uma capela para a qual o corpo foi transferido com grande solenidade e onde muitos milagres ocorreram.

Descubra outros santos clicando aqui

Vinde, povo do Senhor e rebanho que ele guia: vinde todos, adoremos, aleluia.
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo
como era no princípio, agora e sempre.
Amém
Hino
Eis que da noite já foge a sombra
e a luz da aurora refulge, ardente.
Nós, reunidos, a Deus oremos
e invoquemos o Onipotente.

Deus, compassivo, nos salve a todos
e nos afaste de todo o mal.
O Pai bondoso, por sua graça,
nos dê o reino celestial.

Assim nos ouça o Deus Uno e Trino,
Pai, Filho e Espírito Consolador.
Por toda a terra vibram acordes
dum canto novo em seu louvor.

Salmo 117(118)

Ele é a pedra que vós, os construtores, desprezastes, e que se tornou a pedra angular (At 4,11).

Dai graças ao Senhor, porque ele é bom!
“Eterna é a sua misericórdia!”

A casa de Israel agora o diga:
“Eterna é a sua misericórdia!”
A casa de Aarão agora o diga:
“Eterna é a sua misericórdia!”
Os que temem o Senhor agora o digam:
“Eterna é a sua misericórdia!”

Na minha angústia eu clamei pelo Senhor,
e o Senhor me atendeu e libertou!
O Senhor está comigo, nada temo;
o que pode contra mim um ser humano?
O Senhor está comigo, é o meu auxílio,
hei de ver meus inimigos humilhados.

“É melhor buscar refúgio no Senhor,
do que pôr no ser humano a esperança;
é melhor buscar refúgio no Senhor,
do que contar com os poderosos deste mundo!”

Povos pagãos me rodearam todos eles,
mas em nome do Senhor os derrotei;
de todo lado todos eles me cercaram,
mas em nome do Senhor os derrotei;
como um enxame de abelhas me atacaram,
como um fogo de espinhos me queimaram,
mas em nome do Senhor os derrotei.

Empurraram-me, tentando derrubar-me,
mas veio o Senhor em meu socorro.
O Senhor é minha força e o meu canto,
e tornou-se para mim o Salvador.

“Clamores de alegria e de vitória
ressoem pelas tendas dos fiéis.
A mão direita do Senhor fez maravilhas,
a mão direita do Senhor me levantou,
a mão direita do Senhor fez maravilhas!”

Não morrerei, mas, ao contrário, viverei
para cantar as grandes obras do Senhor!
O Senhor severamente me provou,
mas não me abandonou às mãos da morte.

Abri-me vós, abri-me as portas da justiça;
quero entrar para dar graças ao Senhor!
“Sim, esta é a porta do Senhor,
por ela só os justos entrarão!”
Dou-vos graças, ó Senhor, porque me ouvistes
e vos tornastes para mim o Salvador!

“A pedra que os pedreiros rejeitaram,
tornou-se agora a pedra angular.
Pelo Senhor é que foi feito tudo isso:
Que maravilhas ele fez a nossos olhos!
Este é o dia que o Senhor fez para nós,
alegremo-nos e nele exultemos!

Ó Senhor, dai-nos a vossa salvação,
ó Senhor, dai-nos também prosperidade!”
Bendito seja, em nome do Senhor,
aquele que em seus átrios vai entrando!
Desta casa do Senhor vos bendizemos.
Que o Senhor e nosso Deus nos ilumine!

Empunhai ramos nas mãos, formai cortejo,
aproximai-vos do altar, até bem perto!
Vós sois meu Deus, eu vos bendigo e agradeço!
Vós sois meu Deus, eu vos exalto com louvores!
Dai graças ao Senhor, porque ele é bom!
“Eterna é a sua misericórdia!”

Glória ao Pai...

Leitura breve Ez 36,25-27
Derramarei sobre vós uma água pura, e sereis purificados. Eu vos purificarei de todas as impurezas e de todos os ídolos. Eu vos darei um coração novo e porei um espírito novo dentro de vós. Arrancarei do vosso corpo o coração de pedra e vos darei um coração de carne; porei o meu espírito dentro de vós e farei com que sigais a minha lei e cuideis de observar os meus mandamentos.

Nós vos louvamos, dando graças, ó Senhor, dando graças, invocamos vosso nome.
E publicamos os prodígios que fizestes.

BENEDICTUS
Tomai meu jugo sobre vós e aprendei de mim que sou
de coração humilde e manso, e achareis paz e repouso para os vossos corações.

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos,

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam.

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo,

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino,
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos,

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar a quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz.

Glória ao Pai...

Preces
Demos graças a nosso Salvador, que veio a este mundo para ser Deus-conosco; e o aclamemos, dizendo:

R. Cristo, rei da glória, sede nossa luz e alegria!

Senhor Jesus Cristo, luz que vem do alto e primícias da ressurreição futura,
– dai-nos a graça de vos seguirmos, para que, livres das sombras da morte, caminhemos sempre na luz da vida. R.

Mostrai-nos vossa bondade, refletida em todas as criaturas,
– para contemplarmos em todas elas a vossa glória. R.

Não permitais, Senhor, que hoje sejamos vencidos pelo mal,
– mas tornai-nos vencedores do mal pelo bem. R.

Vós, que no Jordão fostes batizado por João Batista e ungido pelo Espírito Santo,
– santificai todas as nossas ações deste dia com a graça do mesmo Espírito. R.

(Intenções livres)

Pai nosso ...

Oração
Ó Deus, que pela humilhação do vosso Filho reerguestes o mundo decaído, enchei os vossos filhos e filhas de santa alegria, e dai aos que libertastes da escravidão do pecado o gozo das alegrias eternas. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Eu vos louvo, Pai, Senhor do céu e da terra
Quando Jesus tomou o cálice, deu graças. Aqui podemos pensar nas palavras de bênção contidas numa ação de graças ao Criador. Também sabemos que Cristo costumava agradecer quando, antes de um milagre, ele elevava os olhos para o céu. Dava graças ao Pai porque sabia que ele o ouvia. Cristo dá graças pela força divina que ele carrega dentro de si e pela qual ele pode apresentar aos olhos dos homens o poder infinito do Criador. Dá graças pela obra de salvação que ele veio realizar, e também por ela, que em si mesma é a glorificação da divindade da Trinitária, porque, por essa obra de salvação, se renova e se embeleza a imagem e semelhança divina da criação que havia sido deformada pelo pecado. Dessa maneira, podemos interpretar a oferta perpétua de Cristo - na cruz, na Eucaristia e na eterna glória do céu - como uma única ação de graças ao Criador, como uma ação de graças pela criação, a salvação e o desenlace final. Cristo se oferece a si mesmo em nome do mundo criado, cujo modelo é ele mesmo e ao qual ele desceu para transformá-lo por dentro e conduzi-lo à perfeição. Ele também convida toda a criação a se juntar a ele na oferta devida de ação de graças ao Criador.
Santa Teresa Benedicta da Cruz
A oração da igreja.
Carmelita descalça e mártir; é co-padroeira da Europa (1891-1942).

Ó Senhor, nosso Deus: como é excelso o vosso nome!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Ó luz, ó Deus Trindade,
ó Unidade e fonte:
na luz do sol que morre,
a vossa em nós desponte.

A vós de madrugada,
de tarde vos cantamos;
a vós na eternidade,
louvar sem fim possamos.

Ao Pai e ao Filho glória,
ao Espírito também,
louvor, honra e vitória
agora e sempre. Amém.

Salmo 109(110),1-5.7

É preciso que ele reine, até que todos os seus inimigos estejam debaixo de seus pés (1Cor 15,25).

Palavra do Senhor ao meu Senhor:
'Assenta-te ao meu lado direito
até que eu ponha os inimigos teus
como escabelo por debaixo de teus pés!'

O Senhor estenderá desde Sião
vosso cetro de poder, pois Ele diz:
'Domina com vigor teus inimigos;

tu és príncipe desde o dia em que nasceste;
na glória e esplendor da santidade,
como o orvalho, antes da aurora, eu te gerei!'

Jurou o Senhor e manterá sua palavra:
'Tu és sacerdote eternamente,
segundo a ordem do rei Melquisedec!'

À vossa destra está o Senhor, Ele vos diz:
'No dia da ira esmagarás os reis da terra!
Beberás água corrente no caminho,
por isso seguirás de fronte erguida!'

Glória ao Pai...

Leitura 2Ts 2,13-14
Quanto a nós, devemos continuamente dar graças a Deus por vossa causa, irmãos amados do Senhor, pois Deus vos escolheu desde o começo, para serdes salvos pelo Espírito que santifica e pela fé na verdade. Deus vos chamou para que, por meio do nosso evangelho, alcanceis a glória de nosso Senhor Jesus Cristo.

É grande o Senhor, e é grande o seu poder.
Seu saber é sem limites.

MAGNIFICAT
O meu jugo é suave e é leve o meu fardo,
assim diz o Senhor.

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome!
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam;

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

Glória ao Pai...

Preces
Louvor e honra a Cristo que vive eternamente para interceder por nós, e que dá a salvação àqueles que, por seu intermédio, se aproximam de Deus. Firmes nesta fé, imploremos:

R. Lembrai-vos, Senhor, do vosso povo!

Sol de justiça, ao cair desta tarde, nós vos pedimos por todos os homens e mulheres,
– para que vivam as alegrias da vossa luz que não se apaga. R.

Conservai a aliança que selastes com o vosso sangue,
– e santificai a vossa Igreja, para que seja imaculada. R.

Senhor, do lugar em que habitais,
– lembrai-vos desta vossa comunidade. R.

Dirigi no caminho da paz e do bom êxito os que se encontram em viagem,
– para que cheguem ao seu destino com saúde e alegria. R.

(Intenções livres)

Recebei, Senhor, as almas dos nossos irmãos e irmãs que morreram,
– e concedei-lhes vosso perdão e a glória eterna. R.

Pai nosso...

ANTÍFONA MARIANA
Salve, Regina, mater misericordiae
Vita, dulcedo, et spes nostra, salve.
Ad te clamamus, exsules, filii evae.
Ad te suspiramus, gementes et flentes
in hac lacrimarum valle.

Eia ergo, Advocata nostra,
illos tuos misericordes oculos
ad nos converte.
Et Iesum, benedictum fructum ventris tui,
nobis post hoc exsilium ostende.
O clemens, O pia, O dulcis Virgo Maria.

Ora pro nobis sancta Dei Genetrix.
Ut digni efficiamur promissionibus Christi. Amen.
(Tradução)
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos, degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

SEJAM SANTOS!
Na escola da santidade.

Evangelho segundo São Mateus 11,25-30.
Naquele tempo, Jesus exclamou: «Eu Te bendigo, ó Pai, Senhor do Céu e da Terra, porque escondeste estas verdades aos sábios e inteligentes e as revelaste aos pequeninos.
Sim, Pai, Eu Te bendigo, porque assim foi do teu agrado.
Tudo Me foi dado por meu Pai. Ninguém conhece o Filho senão o Pai e ninguém conhece o Pai senão o Filho e aquele a quem o Filho o quiser revelar.
Vinde a Mim, todos os que andais cansados e oprimidos, e Eu vos aliviarei.
Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de Mim, que sou manso e humilde de coração, e encontrareis descanso para as vossas almas.
Porque o meu jugo é suave e a minha carga é leve».

Boletim
Receba Aleteia todo dia