Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 04 Agosto |
São João Maria Vianney
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

Santa Júlia Billiart

Virgem e fundadora (+1816)

ASSISI BASILICA

Trolvag I CC BY-SA 3.0

ASSIS - A 150 quilômetros ao norte de Roma, a cidade medieval abriga a basílica de São Francisco, levantada em 1230, a catedral romana e a igreja barroca de Santa Maria dos Anjos.

Santa Júlia Billiart

Júlia nasceu aos 12 de julho de 1751 na região de Cuvilly (França) e desde muito cedo experimentou a pobreza; para sobreviver, ela – assim como todos os demais membros da família – tinha que trabalhar duro. Quando estava com 22 anos de idade, Júlia foi acometida por uma paralisia nas pernas. Apesar desse estado, e contando com o apoio de seu pároco, ela se dedicava a práticas de piedade e ao ensinamento do catecismo às crianças. Por causa da Revolução Francesa ela teve que fugir, pois era acusada de dar guarida e de esconder padres que não aceitavam as novas normas civis da Revolução. Em sua fuga chegou a Amiens. Aí encontrou o padre Joseph Varin, superior dos Padres da fé, que a convenceu da necessidade de fundar uma organização dedicada à educação cristã de meninas. Então, em pleno início do século XIX, ela começou a vida em comum com algumas companheiras. Em 1804, durante uma novena ao Sagrado Coração de Jesus, Júlia recupera milagrosamente o uso de suas pernas. Em 1805 ela se torna superiora de seu pequeno grupo e aos poucos vai espalhando escolas um em vários lugares da França e da Bélgica. Apesar do sucesso, nem tudo são flores: o bispo de Amiens dá crédito a denúncias caluniosas contra Irmã Júlia; ao final, ele acaba ordenando que ela saia de sua casa, coisa que fará prontamente, toda sua comunidade, no entanto, sabendo de sua inocência, decide segui-la até Namur, na Bélgica, onde se instalarão na casa do bispo local. Uma vez na nova casa, elas mudam o nome de sua Congregação para “Irmãs de Nossa Senhora de Namur”. Apesar de Irmã Júlia se dedicar à instrução, ela mesma nunca teve muitos estudos, o que não lhe impediu de ser mestra sapiente na formação de tantas irmãs professoras. De sua vida há vários relatos de milagres e êxtases; fala-se muito também de sua fervorosa devoção ao Sagrado Coração de Jesus. No dia 8 de abril de 1816 Irmã Júlia fechou os olhos da carne para abri-los para a eternidade. No dia 13 de maio de 1906 o papa são Pio X a Beatificou após o reconhecimento de dois milagres – um deles ocorrido no Brasil. A canonização ocorreu no dia 22 de junho de 1969, sob o pontificado do Bem-aventurado Paulo VI.

Descubra outros santos clicando aqui
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Reportagem local
Gritos levam polícia à casa de dois idosos, que choravam copiosam...
2
Sintomas da depressão
Reportagem local
8 sintomas físicos da depressão: fique atento a si mesmo e ao seu...
3
Philip Kosloski
Mesmo com ouro e glória, Michael Phelps foi ao fundo do poço – ma...
4
MAN
Reportagem local
Oração da noite para serenar o espírito e pacificar a ansiedade
5
Pe. Edward Looney
Padre revela: por que sempre levo água benta comigo ao viajar
6
sacerdotes
Reportagem local
Suicídio de sacerdotes: desabafo de padre brasileiro comove as re...
7
Aleteia Brasil
Sorrisão e joelhos: 2 pais brasileiros e seus bebês que emocionar...
Ver mais