Aleteia
Sexta-feira 23 Outubro |
São Paulo Tong Viet Buong
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

Bem-aventurado Frederico Ozanam

Pai de Família (†1853)

SUN

Public Domain

Frederico Ozanam nasceu aos 23 de abril de 1813, na cidade de Milão, no norte da Itália. Era filho de Jean-Antoine, um médico de grande fama, procurado por pacientes de alta condição social. Apesar de sua grande fama, ele não deixava de atender os doentes pobres, com o mesmo cuidado que dedicava aos pacientes ricos. Sua mãe, Marie Ozanam, era também muito dedicada aos pobres e enfermos. Desde pequenino, Frederico segue o exemplo de abnegação e dedicação caridosa ao próximo, oferecido por seus pais. Depois de uma juventude transcorrida em Lião (França), em 1831 Frederico vai para Paris: deseja estudar na Sorbonne, uma das mais conceituadas universidades do país. Uma vez na universidade, ele se torna um frequentador dos ambientes intelectuais, começando a colaborar com artigos em jornais e revistas. Nesses ambientes ele se destaca, defendendo sempre os princípios católicos. De fato, certo dia, “depois de sair vencedor de um debate com um estudante socialista sobre o compromisso social dos católicos, anuncia a um amigo a intenção de realizar finalmente um projeto, que há tempo lhe era muito querido: uma ‘Conferência de caridade’, uma associação de beneficência para a assistência dos pobres, ‘a fim de pôr em prática o nosso catolicismo’”. É assim que em maio de 1833, nascem as Conferências de São Vicente de Paulo. Certamente nenhum de seus jovens fundadores – todos na casa dos vinte anos – poderia imaginar os desdobramentos que essa sociedade iria conquistar. Após se formar em Direito no ano de 1836 e em Letras em 1839, Ozanam se torna professor na Sorbonne. Em 1841 se casará com Amélie Soulacroix e juntos terão uma filha. Vive nos meios intelectuais e políticos como um católico ativo: procura ajudar os pobres e defende com veemência uma política solidária. Em 1846 começa a sofrer de uma grave infecção renal que, aos poucos, vai minando sua vida. NO ano de sua morte, em 1853, percebendo que seu fim estava próximo, Frederico chega a dirigir-se a Deus com estas palavras: “Senhor, quero o que tu queres, quero como o queres e por todo o tempo que o quiseres, quero-o porque tu o queres”. Na noite de 8 de setembro de 1853, em Marselha, Frederico entregava seu espírito. Frederico tornou-se um modelo de apóstolo leigo, erudito, empenhado e dedicado ao serviço dos mais pobres, que a Igreja apresentaria a todos os fiéis, mas sobretudo aos jovens, durante uma Missa presidida por São João Paulo II, no dia 22 de Agosto, em Paris, na qual foi beatificado Frederico Ozanam. Na origem da beatificação, estava o caso da cura milagrosa de uma criança brasileira, de apenas dezoito meses, afetada de uma grave forma de difteria, que nos primeiros dias de Fevereiro de 1926, em Nova Friburgo (RJ), obteve a graça por intercessão do Servo de Deus Frederico Ozanam. Esta cura foi reconhecida pela Junta médica da Congregação para as Causas dos Santos a 22 de Junho de 1995, e confirmada de modo unânime pelos Consultores teólogos, na reunião de 24 de Novembro do mesmo ano.

Descubra outros santos clicando aqui
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
nuvens sinais
Reportagem local
Estão sendo fotografados "sinais do céu"?
Extremistas queimam igrejas no Chile
Francisco Vêneto
Por que queimam igrejas: Dom Henrique e Pe. J...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Ver mais