Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 06 Dezembro |
São Nicolau
Aleteia logo
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

São Macário de Jerusalém

Bispo (†334)

Antoine Mekary | ALETEIA

Seu nome, na língua grega significa “feliz” ou “bem-aventurado”. É conhecido por ter sido bispo de Jerusalém, a cidade santa. Em sua época, Jerusalém é totalmente diferente daquela cidade que conheceu Jesus. Após a grande catástrofe do ano 70, quando as tropas dos legionários de Tito e Vespasiano devastaram a cidade, os judeus remanescentes encontraram forças para resistir ainda uma última vez contra os romanos. No ano 135 ocorre mais uma revolta, agora na época do imperador Adriano. Essa última luta assinalaria o destino da cidade: desta vez os romanos arrasaram Jerusalém até o chão, construindo sobre suas ruínas uma cidade romana, a Aelia Capitolina. Todos os monumentos e os lugares santos – o Templo, o santo sepulcro etc – foram transformados por essa última e longa ocupação romana em lugares dedicados aos deuses do panteão greco-romano. Nesse ínterim, o cristianismo começa a se desenvolver fora de Jerusalém e após várias perseguições, a comunidade cristã finalmente conhece dias melhores: no início do IV século, Constantino e Licínio, os novos imperadores romanos, concedem aos cristãos total liberdade de culto. Agora é possível construir igrejas e se reunir publicamente. É nesse momento da história que o bispo Macário desempenhará um importante papel. Helena, a mãe do imperador Constantino é enviada para Jerusalém. Encontrando Macário, deliberam por começar os trabalhos de identificação e reconstrução dos lugares santos dos cristãos: é assim que tem início a construção da basílica da Ressurreição, construída exatamente sobre o túmulo de Jesus, bem como os edifícios de todo o complexo de construções que marcava o lugar da crucificação. Esses lugares foram bem descritos no famoso relato da peregrina Etéria. No entanto, nem tudo é alegria: o cristianismo do início do IV século vive uma tremenda divisão. O presbítero Ário insinua que Jesus não é propriamente Deus, mas um semideus. Para construir a unidade dos cristãos, o imperador convoca o Concílio de Niceia. O bispo Macário de Jerusalém tomará parte nesse grande evento realizado no ano 325 e, segundo a tradição, ele daria sua grande contribuição ao ter sido o autor da fórmula do credo “Niceno-constantinopolitano”, que professa a fé “num só Deus, Pai Onipotente” e “um só Senhor, Jesus Cristo… Deus verdadeiro de Deus verdadeiro”.

Descubra outros santos clicando aqui
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Ver mais