Aleteia
Quarta-feira 28 Outubro |
São Sálvio
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

Santo Inácio Clemente Delgado

Bispo e mártir

Sailko CC

Clemente nasceu no dia 23 de novembro de 1761 na Espanha. Muito jovem ainda, entrou no Ordem Dominicana, fazendo sua profissão religiosa no ano de 1781. Sentindo o chamado missionário, após sua ordenação, partiu para as Filipinas, aí chegando no ano de 1786 e onde se dedicou a evangelização dos pagãos. Em 1788, foi eleito para evangelizar a região de Tonkin – o atual Vietnam – com outros 15 voluntários. Dada a precariedade dos transportes da época, conseguiu chegar na região apenas em 1790. Encontrando um pequeno grupo de padres que aí já estavam, Inácio se dedicou a aprender a nova língua e a levar o evangelho aos moradores da região. Diante de suas habilidades e de sua inteligência, os coirmãos o elegeram Vigário Provincial, e, em 1794, o papa Pio VI o nomeou bispo e coadjutor do Vigário Apostólico, mons. Feliciano Alonso, a quem substituiu em 1799, tornando-se ele próprio, Inácio, o Vigário Apostólico. Por longos anos dedicou-se com toda ênfase à evangelização e, na medida que o cristianismo progredia, começaram as perseguições. No dia 29 de maio de 1838, após tantos anos de sacrifícios no anúncio do evangelho, Inácio foi preso pelas autoridades, hostis ao cristianismo. Um mandarim, ao ver que era um idoso e que, apesar de tudo, estava sereno, seguindo os costumes da cultura local, lhe ofereceu uma faca para que pudesse ele mesmo tirar sua própria vida. Diante disso, Inácio dissera: “Dar a morte a si próprio é um grave pecado; se, no entanto, você quiser tirar minha vida por causa da religião cristã que professo e ensino, ficarei contente”. Enraivecido, o mandarim o entregou às autoridades. Após inúmeras humilhações, foi colocado à exposição pública, confinado numa jaula, onde podia apenas ficar de pé. Aí ficou por longos meses ao relento, até que chegou a sentença: decapitação. No entanto, a pena não pôde ser aplicada, pois na madrugada de 12 de julho, depois de tantos maus tratos, seu corpo não aguentou as torturas e sucumbiu. Apesar de ter morrido, as autoridades mandaram cortar sua cabeça e arrastar seu pobre corpo pelas estradas da cidade. Sua cabeça chegou a ficar três dias exposta, e como forma de escarnecer ainda mais a comunidade cristã, foi atirada num rio; milagrosamente um pescador, ao puxar suas redes, descobriu a cabeça incorrupta do santo no dia 1 de novembro daquele mesmo ano. O mártir foi canonizado por São João Paulo II, com outras 116 testemunhas da fé no dia 19.06.1988.

Descubra outros santos clicando aqui
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Pe. Zezinho
Francisco Vêneto
Duas emissoras brasileiras deturpam fatos em ...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Ver mais