Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 20 Maio |
Bem-aventurado Luís Talamoni
Aleteia logo
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

Santos Domingos Ibáñez de Erquicia e Francisco Shoyemon

Mártires dominicanos (†1633)

JESUS

Public Domain

A história da evangelização do Japão começa com a chegada de São Francisco Xavier no ano de 1549, a partir dessa data, outros missionários entraram no Japão e começaram a obter numerosas conversões. Em 1600 o Xogum Tokugawa Yeyasu começou uma dinastia ligada ao seu nome a partir daí, movimentações de caráter político levaram ao fechamento, em 1640, das fronteiras do Japão para todo o mundo ocidental. Em pouco tempo, a comunidade cristã que, segundo algumas estimativas, contava com cerca de 300 mil cristãos por volta de 1600, começou a definhar e a quase desaparecer no território japonês em virtude as encarniçadas perseguições que o regime do xogunato levou adiante. É, portanto, no contexto de perseguição que se colocam os Santos Domingos e Francisco. Domingos nasceu em Régil, uma aldeia pertencente à diocese de San Sebastián, na região do norte da Espanha. Nasceu no início de fevereiro do ano 1589. Com apenas 15 anos entrou na Ordem Dominicana, fazendo sua profissão no ano de 1605. Em 1611 sabe-se que foi enviado para as Filipinas, onde foi incorporado à Província dominicana do Rosário. Trabalhou primeiro em algumas regiões das Filipinas e professor no Colégio Santo Tomás de Manila. Em 1623 partiu para o Japão em missão com o coirmão Lucas do Espírito Santo e outros missionários. Já havia perseguição aos cristãos no Japão, de modo que, por dez anos, Domingos trabalhou anunciando o evangelho, catequizando e administrando os sacramentos de maneira clandestina. Em seus trabalhos chegou até Tóquio, onde viveu durante dois anos. Em 1629 rumou para Nagasaki, mas com o aprofundamento da perseguição, em 1632 se retirou e se escondeu nas grutas e montanhas das cercanias. As autoridades, ao saber de sua presença na região, começaram a caçá-lo, até que um cristão apóstata, revelou seu paradeiro. Preso, foi convidado a abjurar a fé cristã. Diante de sua negativa, começou a ser submetido a torturas: frequentemente ficava pendurado de cabeça para baixo com a cabeça imersa numa fossa cheia de excrementos. Numa dessas sessões, ficou pendurado por cerca de 30 horas, vindo a falecer no dia 14 de agosto de 1633. Seu corpo foi queimado e suas cinzas jogadas ao mar, para evitar qualquer culto em torno de sua pessoa. Francisco Shoeymon era cooperador dominicano. Nasceu no Japão em lugar e data ignorados. Foi durante muitos anos companheiro de Frei Domingos, desempenhando o papel de catequista. Na ocasião da prisão de Frei Domingos, Francisco foi também preso e submetido igualmente às mesmas torturas. Faleceu um dia depois de Frei Domingos. Foram canonizados no dia 18 de outubro de 1987 no pontificado de São João Paulo II.

Descubra outros santos clicando aqui
PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais