Aleteia
Segunda-feira 19 Outubro |
Santos Mártires Canadenses
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

Bem-aventurada Ana Maria Javouhey

Fundadora (†1851)

Public Domain

Ana nasceu numa família numerosa: era a quinta filha de dez irmãos. Nasceu no dia 10 de novembro de 1779, na França. Em 1789 fez sua Primeira Comunhão e testemunhou o que viria logo a seguir: a Revolução Francesa e a queda da Bastilha. Logo seguiram os horrores da perseguição, sendo a Igreja uma das primeiras vítimas. Ana, sob o acompanhamento espiritual do Abade Ballanche, vive um apostolado por meio de uma vida religiosa clandestina: dedica-se ao ensino dos jovens e a visitar os doentes. Com grande desejo de se dedicar totalmente a Deus, ela entra nas Irmãs da Caridade, no ano 1800, em Besançon. Mas ela se sente que Deus a chama para outra coisa. Por esse motivo, em 1803 vai para a Suíça, para viver durante um período num convento trapista. Em 1804 volta para a França, e com outras 3 irmãs conseguem uma audiência com o Papa Pio VII, que voltava de Paris, após ter coroado Napoleão como imperador. O Papa abençoa suas intenções e, em 1806 toma forma uma pequena escola denominada “Associação de São José” regida pela comunidade de irmãs. Em 1807 elas pronunciam seus votos e Ana toma o nome de Ana Maria. A pequena Associação tomará o nome de Irmãs de São José de Cluny e várias atividades aos poucos irão surgindo. É assim que várias comunidades vão nascendo pela França, graças ao trabalho duro e à dedicação de Irmã Ana Maria, superiora da Comunidade. Também a presença das Irmãs se fará sentir em vários países, na África e nas Américas. Após tantos trabalhos, Irmã Ana Maria morreu em Paris, no dia 15 de julho de 1851: tinha percorrido mais de 45 mil quilômetros, atravessando mares e terra num trabalho de missão extraordinário. A história narra que ela se dedicou particularmente à promoção do cristianismo entre os negros e povos da África: deu ordens, por exemplo, de ajudar na formação dos três primeiros padres negros oriundos do Senegal. Teve também a grande intuição de valorizar as igrejas locais. O Papa Pio XI chegou a dar o título de “primeira mulher missionária” para Irmã Ana Maria. Foi beatificada no dia 15 de outubro de 1950 pelo Papa Pio XII.

Descubra outros santos clicando aqui
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Char...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
FATIMA
Philip Kosloski
Fotos raras dos 3 pastorinhos de Fátima
POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE
Reportagem local
As 3 orações que o Papa pediu para rezarmos e...
Pe. Gilmar
Reportagem local
Brasil: padre desaparece e manda mensagem com...
Ver mais