Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Aleteia
Festividade do dia

quarta-feira 19 setembro
Santo Afonso de Orozco

Sacerdote agostiniano (†1591)

KADISHA,ST ANTHONY
Antoine Mekary | Aleteia
The Church of Saint Anthony the Great Qozhaya
The Church of the Monastery is located in a cave. It is the product of the joint endeavor of man and nature. Its facade is beautiful in its simplicity. Its pink stones are joined with lead instead of mortar. In the upper part, a series of arches is supported by twelve pink pillars, which rest upon copper sills. On the top, there are three bell towers. It is to be noted that the central one, out of which three arches have been sculpted, is monolithic (constructed from a single piece of rock).
Compartilhar
Santo do dia

Afonso nasceu no dia 17 de outubro de 1500 em Orozco, cidade espanhola da região de Biscaia. Possuidor de grande inteligência, chegou a cursar teologia na famosa Universidade de Salamanca, onde obteve seu diploma. Amante da meditação de da oração, Afonso ingressa no mosteiro agostiniano de Salamanca, buscando se aproximar, por meio dessa forma de vida, ainda mais ao transcendente. Após ter tido uma visão de Santo Agostinho, ele começou a pregar o evangelho com grande capacidade de oratório e convicção. Aos poucos foi conhecendo o apreço da população e da nobreza: o rei Felipe II o escolheu como pregador da corte e seu conselheiro espiritual. Sendo homem de letras, Afonso escreveu três livros, um deles – a exemplo de seu padroeiro, Santo Agostinho – contendo sua autobiografia. Dotado de dons extraordinários, ele chegava a prever o futuro: os cronistas dizem, por exemplo, que previu o sucesso de uma batalha naval; e para um bispo que partia para a missão na América do Sul, Santo Afonso lhe teria predito perseguições e sofrimentos; de fato, o pobre bispo seria preso em Quito e conheceria grandes privações, confirmando assim a previsão do santo. Santo Afonso, no entanto, se prodigalizou em ajudar os pobres e infelizes e a frear a prepotência dos poderosos. Padre Afonso morreu no dia 19 de setembro de 1591 com fama de santidade em vida.

Descubra outros santos clicando aqui

Oração para esta manhã

Aclamai o Senhor, ó terra inteira, servi ao Senhor com alegria!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém
Hino
Criador das alturas celestes,
vós fixastes caminhos de luz
para a lua, rainha da noite,
para o sol, que de dia reluz.

Vai-se a treva, fugindo da aurora,
e do dia se espalha o clarão.
Nova força também nos desperta
e nos une num só coração.

O nascer deste dia convida
a cantarmos os vossos louvores.
Do céu jorra uma paz envolvente,
harmonia de luz e de cores.

Ao clarão desta luz que renasce,
fuja a treva e se apague a ilusão.
A discórdia não trema nos lábios,
a maldade não turve a razão.

Quando o sol vai tecendo este dia,
brilhe a fé com igual claridade,
cresça a espera nos bens prometidos
e nos una uma só caridade.

Escutai-nos, ó Pai piedoso,
e vós, Filho, do Pai esplendor,
que reinais, como Espírito Santo,
na manhã sem ocaso do amor.
Salmo 145(146)

Louvamos o Senhor em nossa vida, isto é, em nosso proceder (Arnóbio).

Bendize, minh'alma, ao Senhor!
Bendirei ao Senhor toda a vida,
cantarei ao meu Deus sem cessar!

Não ponhais vossa fé nos que mandam,
não há homem que possa salvar.
Ao faltar-lhe o respiro ele volta
para a terra de onde saiu;
nesse dia seus planos perecem.

É feliz todo homem que busca
seu auxílio no Deus de Jacó,
e que põe no Senhor a esperança.
O Senhor fez o céu e a terra,
fez o mar e o que neles existe.

O Senhor é fiel para sempre,
faz justiça aos que são oprimidos;
ele dá alimento aos famintos,
é o Senhor quem liberta os cativos.

O Senhor abre os olhos aos cegos,
o Senhor faz erguer-se o caído,
o Senhor ama aquele que é justo.

É o Senhor quem protege o estrangeiro,
quem ampara a viúva e o órfão,
mas confunde os caminhos dos maus.

O Senhor reinará para sempre!
Ó Sião, o teu Deus reinará
para sempre e por todos os séculos!

Glória ao Pai...

Leitura breve Dt 4,39-40a
Reconhece, hoje, e grava-o em teu coração, que o Senhor é o Deus lá em cima do céu e cá embaixo na terra, e que não há outro além dele. Guarda suas leis e seus mandamentos que hoje te prescrevo.

Bendirei o Senhor Deus, bendirei em todo o tempo.
Seu louvor em minha boca, seu louvor eternamente.

BENEDICTUS
Sirvamos ao Senhor em santidade,
enquanto perdurarem nossos dias.

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos,

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam.

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo,

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino,
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos,

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar a quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz.

Glória ao Pai...

Preces
Jesus Cristo, esplendor do Pai, nos ilumina com a sua palavra. Cheios de amor o invoquemos:

R. Rei da eterna glória, ouvi-nos!

Sois bendito, Senhor, autor e consumador da nossa fé,
– porque nos chamastes das trevas para a vossa luz admirável. R.

Vós, que abristes os olhos aos cegos e fizestes os surdos ouvirem,
– aumentai a nossa fé. R.

Fazei-nos, Senhor, permanecer firmes no vosso amor,
– e que nunca nos separemos uns dos outros. R.

Dai-nos força para resistir à tentação, paciência na tribulação,
– e sentimentos de gratidão na prosperidade. R.

(Intenções livres)

Pai nosso ...

Oração
Lembrai-vos, Senhor, de vossa santa aliança, consagrada pelo Sangue do Cordeiro, para que vosso povo obtenha o perdão dos pecados e avance continuamente no caminho da salvação. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Meditação do dia

MEDITAÇÃO DO DIA

Discernir os sinais dos tempos...

Como nos disse o Papa em seu discurso inaugural: “só quem reconhece a Deus, conhece a realidade e pode responder a ela de modo adequado e realmente humano”. A sociedade que coordena suas atividades só mediante múltiplas informações, acredita que pode agir de fato como se Deus não existisse. Mas a eficácia dos procedimentos conseguida mediante a informação, ainda que com as tecnologias mais desenvolvidas, não consegue satisfazer o desejo de dignidade inscrito no mais profundo da vocação humana. Por isso, não basta supor que a mera diversidade de pontos de vista, de opções e, finalmente, de informações, que costuma receber o nome de pluri ou multiculturalidade, resolverá a ausência de um significado unitário para tudo o que existe. A pessoa humana é, em sua própria essência, o lugar da natureza para onde converge a variedade dos significados em uma única vocação de sentido. As pessoas não se assustam com a diversidade. O que de fato as assusta é não conseguirem reunir o conjunto de todos esses significados da realidade em uma compreensão unitária que lhes permita exercer sua liberdade com discernimento e responsabilidade. A pessoa sempre procura a verdade de seu ser, visto que é esta verdade que ilumina a realidade de tal modo que possa nela se desenvolver com liberdade e alegria, com prazer e esperança.

Documento de Aparecida
CELAM, 2007.

Oração para esta tarde

Agora eu sei, Senhor, que tu me amas
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Devagar, vai o sol se escondendo,
deixa os montes, o campo e o mar,
mas renova o presságio da luz,
que amanhã vai de novo brilhar.

Os mortais se admiram do modo
pelo qual, generoso Senhor,
destes leis ao transcurso do tempo,
alternância de sombra e fulgor.

Quando reina nos céus o silêncio
e declina o vigor para a lida,
sob o peso das trevas a noite
nosso corpo ao descanso convida.

De esperança e de fé penetrados,
saciar-nos possamos, Senhor,
de alegria na glória do Verbo
que é do Pai o eterno esplendor.

Este é o sol que jamais tem ocaso
e também o nascer desconhece.
Canta a terra, em seu brilho envolvida,
nele o céu em fulgor resplandece.

Dai-nos, Pai, gozar sempre da luz
que este mundo ilumina e mantém,
e cantar-vos, e ao Filho, e ao Espírito,
canto novo nos séculos. Amém.
Cântico Cf. Cl 1,12-20

Cristo, o Primogênito de toda a criatura e o Primogênito dentre os mortos

Demos graças a Deus Pai onipotente,
que nos chama a partilhar, na sua luz,
da herança a seus santos reservada!

Do império das trevas arrancou-nos
e transportou-nos para o reino de seu Filho,
para o reino de seu Filho bem-amado,
no qual nós encontramos redenção,
dos pecados remissão pelo seu sangue.

Do Deus, o Invisível, é a imagem,
o Primogênito de toda criatura;
porque nele é que tudo foi criado,
o que há nos céus e o que existe sobre a terra,
o visível e também o invisível.

Sejam Tronos e Poderes que há nos céus,
sejam eles Principados, Potestades:
por ele e para ele foram feitos.
Antes de toda criatura ele existe,
e é por ele que subsiste o universo.

Ele é a Cabeça da Igreja, que é seu Corpo,
é o princípio, o Primogênito entre os mortos,
a fim de ter em tudo a primazia.
Pois foi do agrado de Deus Pai que a plenitude
habitasse no seu Cristo inteiramente.

Aprouve-lhe também, por meio dele,
reconciliar consigo mesmo as criaturas,
pacificando pelo sangue de sua cruz
tudo aquilo que por ele foi criado,
o que há nos céus e o que existe sobre a terra.

Glória ao Pai...

Leitura 1Jo 2,3-6
Para saber que o conhecemos, vejamos se guardamos os seus mandamentos. Quem diz: 'Eu conheço a Deus', mas não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e a verdade não está nele. Naquele, porém, que guarda a sua palavra, o amor de Deus é plenamente realizado. O critério para saber se estamos com Jesus é este: quem diz que permanece nele, deve também proceder como ele procedeu.

Protegei-nos, Senhor, como a pupila dos olhos.
Guardai-nos, defendei-nos, sob a vossa proteção.

MAGNIFICAT
Ó Senhor, manifestai o poder de vosso braço,
dispersai os soberbos e elevai os humildes!

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome!
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam;

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

Glória ao Pai...

Preces
Aclamemos ao Eterno Pai, cuja misericórdia para com o seu povo é sem limites; e digamos com alegria de coração:

R. Senhor, alegrem-se todos os que em vós esperam!

Senhor, que enviastes o vosso Filho não para julgar o mundo mas para salvá-lo,
– concedei que a sua morte gloriosa produza em nós muitos frutos. R.

Vós, que constituístes os sacerdotes como ministros de Cristo e dispensadores dos vossos mistérios,
– dai-lhes um coração fiel, ciência e caridade. R.

Àqueles que chamastes para uma vida de castidade perfeita por amor do reino dos céus,
– concedei-lhes a graça de seguirem fiel e generosamente as pegadas de vosso Filho. R.

Vós, que no princípio criastes o homem e a mulher,
– conservai todas as famílias no amor sincero. R.

(Intenções livres)

Vós, que, pelo sacrifício de Cristo, tirastes o pecado do mundo,
– perdoai os pecados de todos os que morreram. R.

Pai nosso...

ANTÍFONA MARIANA
Salve, Regina, mater misericordiae
Vita, dulcedo, et spes nostra, salve.
Ad te clamamus, exsules, filii evae.
Ad te suspiramus, gementes et flentes
in hac lacrimarum valle.

Eia ergo, Advocata nostra,
illos tuos misericordes oculos
ad nos converte.
Et Iesum, benedictum fructum ventris tui,
nobis post hoc exsilium ostende.
O clemens, O pia, O dulcis Virgo Maria.

Ora pro nobis sancta Dei Genetrix.
Ut digni efficiamur promissionibus Christi. Amen.
(Tradução)
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos os degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém
SEJAM SANTOS!
Na escola da santidade.

Evangelho do dia

Evangelho - Lc 7,31-35
Tocamos flauta para vós e não dançastes;
fizemos lamentações e não chorastes!
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 7,31-35
Naquele tempo, disse Jesus:
31Com quem hei de comparar os homens desta geração?
Com quem eles se parecem?
32São como crianças que se sentam nas praças,
e se dirigem aos colegas, dizendo:
'Tocamos flauta para vós e não dançastes;
fizemos lamentações e não chorastes!'
33Pois veio João Batista, que não comia pão nem bebia vinho,
e vós dissestes:
'Ele está com um demônio!'
34Veio o Filho do Homem, que come e bebe, e vós dizeis:
'Ele é um comilão e beberrão,
amigo dos publicanos e dos pecadores!'
35Mas a sabedoria foi justificada
por todos os seus filhos.'
Palavra da Salvação.