Aleteia
Quinta-feira 22 Outubro |
São Moderano
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

Santo André Chong (Tyong) Hwa- Gyŏng

Bispo e Mártir (†1840)

PIANO

Public Domain

Santo do dia

André Chong (ou Tsieng) Hwa-Gyŏng nasceu por volta de 1808, no distrito Cheongsan de Chungcheong, Coréia do Sul.

Já adulto, teve que deixar sua cidade natal para viver sua fé cristã com mais liberdade, mas perdeu praticamente todos os seus bens materiais, inclusive os que garantiam sua subsistência.

Além de catequista, trabalhou para encontrar um refúgio seguro para o monsenhor Laurent Imbert, o terceiro vigário apostólico da Coréia, e encontrou-o na casa de seu amigo André Son Kieng-sie.

Um dia, ele encontrou um homem, Kim Yo-sang, que lhe deu boas notícias: oficiais do governo decidiram acabar com as perseguições aos cristãos e queriam receber o batismo das mãos do bispo Imbert e assim precisavam saber onde ele estava. Ficou muito feliz com a notícia, mas depois de pensar sobre aquilo durante uma a noite inteira, disse que iria avisá-lo sozinho. Forçado, no entanto, a ser seguido pelos guardas, ele consentiu, sob a condição de que ficassem no meio do caminho e não fossem adiante.

Assim, à uma hora da madrugada de 10 e 11 de agosto de 1839, seguido unicamente por Kim Yo-sang, que parou a alguma distância da casa de André Son Kieng-sie, André foi ver o bispo e contou-lhe o que tinha acontecido. Monsenhor Imbert compreendeu que era uma armadilha, mas não escapou: para evitar problemas para o seu povo, entregou-se àqueles que vieram prendê-lo, em 11 de agosto de 1839.

André Chong, libertado a pedido do bispo, foi novamente enganado por espiões que queriam saber onde os missionários Jacques Chastan e Pierre Maubant haviam se escondido, pois há poucos dias haviam fugido para o sul. “Ele tem a metade do que é preciso para fazer um bom e útil cristão neste país: a simplicidade da pomba”, comentou, citando o Evangelho segundo Mateus, o padre Maubant.

O pobre homem, incluindo seu erro, queria se entregar às autoridades, mas os missionários ordenaram que ele se escondesse e não acreditasse mais em ninguém, a menos que ele fosse um de seus ajudantes que escapasse da prisão. No entanto, foi descoberto.

Por duas vezes André já havia sido preso e pouco depois de libertado, porque sua simplicidade de espírito não parecia constituir um grande perigo. A terceira, no entanto, nem sua natureza, nem o serviço involuntário dado ao governo lhe renderam libertação. Embora tenha sido repetidamente submetido à tortura de dobrar os ossos, permaneceu firme na fé.

Depois de cinco meses de prisão, foi executado por estrangulamento em Seul, em 23 de janeiro de 1840. Monsenhor Imbert e Padres Chastan e Maubant, por outro lado, haviam sido decapitados em 21 de setembro de 1839, enquanto isto o filho de André que havia apostatado, também se arrependeu e foi igualmente estrangulado.

A causa de André Chong Hwa-Gyŏng juntou-se à de outros mártires coreanos, cujas mortes devido ao ódio à fé cristã foram ratificadas por decreto tornado público em 9 de maio de 1925. Tal medida abriu o caminho para a beatificação de todos, celebrada em 5 de julho de 1925.

O grupo ao qual eles pertenciam foi reunido a outro, num total de cento e dois beatos.

Estes cento e dois beatos foram canonizados juntos, pelo Papa São João Paulo II, na Praça Youido, em Seul, durante a sua viagem apostólica à Coréia do Sul, Papua Nova Guiné, Ilhas Salomão e Tailândia no dia 6 de maio de 1984.

Descubra outros santos clicando aqui
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
CARLO ACUTIS
John Burger
Como foram os últimos dias de vida de Carlo A...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
nuvens sinais
Reportagem local
Estão sendo fotografados "sinais do céu"?
Papa Francisco São José Menino Jesus
ACI Digital
Papa Francisco reza esta oração a São José há...
violência contra padres no Brasil
Francisco Vêneto
Outubro de cruz para padres no Brasil: um per...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Ver mais