Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 20 Maio |
Bem-aventurado Luís Talamoni
Aleteia logo
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

Beatos Tomás Koteda Kiuni e dez companheiros

Mártires (†1619)

HAPPY

Public Domain

Tomás nasceu em Hirado, na província de Nagasaki, Japão, e pertencia a uma tradicional família cristã, nobre e rica. Foi educado numa escola de jovens de alta classe, que os jesuítas estabeleceram na cidade, e era um cristão dedicado.
Em 1614, quando começou no Japão uma perseguição aos cristãos, por ordem do governador Gonzuku, Tomás se viu obrigado mudar-se para a capital da província, Nagasaki, onde dedicou-se à oração e penitência, passando noites inteiras em frente ao tabernáculo.
Em 1617, foi preso juntamente com um grupo de nove cristãos como suspeito de ter recebido missionários ou encontrado missionários em sua casa, como cristão e como alguém que não havia denunciado a presença de missionários, contrariamente ao que prescreviam as leis da época. Além do grupo perder a liberdade, suas propriedades foram confiscadas e lhes foi prometida liberdade, vida e prosperidade se negassem a fé cristã.
Durante dois anos o grupo permaneceu na prisão, de onde escreveu ao provincial dos jesuítas uma bela carta na qual asseguravam que seriam fiéis a Cristo até o fim. Muitos deles pertenciam à Irmandade do Rosário.
A detenção de dois anos de Tomás não foi suficiente para alcançar a apostasia desejada. E isto o levou à pena de morte. Tomás lamentou não ter sido atormentado como os outros mártires, mas apenas ser condenado à pena de morte. No dia se sua execução, arrumou-se, vestiu suas melhores roupas e foi conduzido ao Monte dos Mártires, onde se deu a decapitação, juntamente com nove companheiros da mesma família, em 27 de novembro de 1619.
Os companheiros foram os Beatos Antonius Kimura, Mikael Takeshita, Leo Nakanishi, Bartolomeus Sheki, Johannes Ivananga, Mattias Nakano, Romanus Matevoka, Mattias Kosaka, Johannes Motajana e Alexius Nakamura .
Tomás foi beatificado em 7 de julho de 1867 pelo Papa Pio IX (1846-78) como um dos 205 Mártires Beatos do Japão (nº 15 da lista). O grupo é oficialmente chamado: “Alfonso Navarrete e seus 204 companheiros, mártires no Japão entre 1617 e 1632”.
Os mártires individualmente têm seus próprios dias memoriais, principalmente em suas datas de morte, mas para o grupo como um todo, foi escolhido o dia 10 de setembro, a data do grande massacre em Nagasaki, em 1622, quando 22 foram queimados vivos e 30 foram decapitados.
O dia do beato Tomás Koteda Kiuni foi estabelecido pelo dia de sua morte.

Descubra outros santos clicando aqui
PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais