Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 05 Dezembro |
São Saba
Aleteia logo
Oração do dia
Meditação do diaquinta 24 Novembro

Cristo reina, desde já, pela igreja...

 

“Cristo morreu e voltou à vida para ser Senhor dos mortos e dos vivos”. A ascensão de Cristo aos céus significa a sua participação, na sua humanidade, no poder e autoridade do próprio Deus. Jesus Cristo é Senhor: Ele possui todo o poder nos céus e na Terra. Está “acima de todo o principado, poder, virtude e soberania”, porque o Pai “tudo submeteu a seus pés”. Cristo é o Senhor do cosmos e da história, nele, a história do homem e até a criação inteira, encontram a sua “recapitulação”, o seu acabamento transcendente.

Como Senhor, Cristo é também a cabeça da Igreja, que é o seu corpo. Elevado ao céu e glorificado, tendo assim cumprido plenamente a sua missão, continua na terra por meio da Igreja. A redenção é a fonte da autoridade que Cristo, em virtude do Espírito Santo, exerce sobre a Igreja. O Reino de Cristo já está misteriosamente presente na Igreja, “gérmen e princípio deste mesmo Reino na Terra”.

Depois da ascensão, o desígnio de Deus entrou na sua consumação. Estamos já na “última hora”. Já chegou, pois, a nós, a plenitude dos tempos, a renovação do mundo já está irrevogavelmente adquirida e, de certo modo, encontra-se já realmente antecipada neste tempo: com efeito, ainda aqui na Terra, a Igreja está aureolada de uma verdadeira, embora imperfeita, santidade. O Reino de Cristo manifesta já a sua presença pelos sinais miraculosos que acompanham o seu anúncio pela Igreja.

Já presente na sua Igreja, o Reino de Cristo, contudo, ainda não está acabado “em poder e glória” pela vinda do Rei à terra. Este Reino ainda é atacado pelos poderes do mal, embora estes já tenham sido radicalmente vencidos pela Páscoa de Cristo. Até que tudo Lhe tenha sido submetido, “enquanto não se estabelecem os novos céus e a nova terra, em que habita a justiça, a Igreja peregrina, nos seus sacramentos e nas suas instituições, que pertencem à presente ordem temporal, leva a imagem passageira deste mundo e vive no meio das criaturas que gemem e sofrem as dores do parto, esperando a manifestação dos filhos de Deus”. Por este motivo, os cristãos rezam, sobretudo na Eucaristia, para que se apresse o regresso de Cristo, dizendo-lhe: “Vem, Senhor”.

 

Catecismo da Igreja Católica 

  • 668-671

Exposição da fé e doutrina da Igreja Católica promulgada por São João Paulo II em 1992 e cuja versão oficial em latim foi publicada em 15 de agosto de 1997.

.

 

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais