Aleteia
Terça-feira 27 Outubro |
São Fulco
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

Santo Arialdo

Diácono e Mártir (†1066)

HAND

WAYHOME Studio / Shutterstock

Arialdo nasceu em Cucciago, Itália, pouco depois do ano 1000, no seio de uma família rica. Foi iniciado por seus pais na vida eclesiástica, sendo primeiro instruído por mestres locais nas artes de Trivium e Quadrivium, e depois foi aperfeiçoar seus estudos no ensino médio, tipo universitário. Não se sabe com certeza que centros de estudo ele frequentou (talvez até Paris). É certo, no entanto, que naquele tempo ele entrou em contato com o movimento da reforma inspirada por Cluny, mais tarde chamado de reforma Gregoriana, devido ao impulso que lhe foi dado por Gregório VII.

Retornando a Milão em idade madura, pouco antes de 1050, foi ordenado diácono pelo arcebispo Guido da Velate (1045-1071), ligado à capela arquiepiscopal e encarregado de ensinar artes liberais na escola para jovens aspirantes à vida eclesiástica, aberto na catedral de Santa Maria.

Em 1057, inicia a pregar contra o clero não confinado e simoníaco. Com sua eloquência, atacava não apenas a simonia, isto é, a venda das coisas sagradas, mas acima de tudo o grave abuso de admitir pessoas casadas a ordens sagradas e permitir-lhes a continuação da vida conjugal. Junto com Anselmo da Baggio, Arialdo liderou a Pataria, movimento que tentou reformar o clero milanês simoníaco. Inflamado pela pregação do diácono Arialdo e outros cânones da catedral, os puritanos dos setores milaneses, pertencentes a todas as camadas sociais, começaram a boicotar as cerimônias celebradas por padres casados ou que viviam com concubinas, enquanto denunciavam as práticas simoníacas.

Arialdo rapidamente chegou a um conflito com Guido da Velate, arcebispo de Milão, que convocou um sínodo provincial em Fontanero onde condenou e excomungou Arialdo.

Enquanto tudo isso acontecia em Milão, Roma se preocupava com o que acontecia naquela região. Para ajudar o arcebispo Guido foram enviados Anselmo da Baggio, o futuro papa Alexandre II e Hildebrando de Soana, futuro papa Gregório VII. A excomunhão de Arialdo foi então suspensa para que continuasse a reforma. Seu trabalho tornou o conflito um pouco menos severo. Mas, acima de tudo, quando Anselmo da Baggio tornou-se papa, o partido de Arialdo experimentou uma espécie de triunfo, e ele pôde abrir uma casa de sacerdotes de vida comum, para a formação do clero. Finalmente Erlembaldo, irmão de Landolfo, retornou de Roma levando o documento de excomunhão para o arcebispo milanês Guido da Velate, muito hostil a Arialdo e aos movimentos de protesto.

Mas, também ele levou outro documento pontifício, dirigido ao clero da diocese milanesa, a quem o pontífice recordou o dever de obediência à Igreja Romana. E esse documento, interpretado como um edital de submissão da Igreja Ambrosiana a Roma, causou crise no movimento Pataria, tornando o Arcebispo Guido da Velate defensor da autonomia da Igreja Milanesa.

Pentecostes 1066. Um alvoroço popular obriga Arialdo a fugir, escondendo-se no campo. No entanto, alguém o denunciou, e em 27 de junho foi assassinado em uma ilha no Lago Maggiore. Seu corpo, jogado na água, seria resgatado em maio de 1067 e colocado em Milão na igreja do mosteiro de São Celso e neste mesmo ano o papa Alexandre II o declarou mártir da Igreja.

Em 1099 foi transferido para a igreja de São Dionísio, e em 1528, no Duomo. Em 1940, seus restos mortais foram encontrados e solenemente recompostos, pelo cardeal Ildefonso Schuster.

Descubra outros santos clicando aqui
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
Pe. Zezinho
Francisco Vêneto
Duas emissoras brasileiras deturpam fatos em ...
Ver mais