Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Cadastre-se e receba Aleteia diretamente em seu email. É de graça.
Receber

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia
Festividade do dia

quinta-feira 11 julho
Bem-aventurado Valério Trajano Frentiu

Bispo e mártir (†1952)

Freedom Studio | Shutterstock
Compartilhar

Valério nasceu aos 25 de abril de 1875 na Romênia. Seu pai era um presbítero greco-católico – na Igreja greco-católica é permitido padres casados – e sua mãe se chamava Rosália. Recebeu o batismo, a crisma e a eucaristia, como é o costume entre os cristãos orientais, no mesmo dia 23 de maio, quando tinha pouco menos de um mês de vida. Foi educado com esmero pela família e, em 1894 ingressou no seminário central de Budapest para cursar os estudos teológicos. Em 1898 foi ordenado sacerdote e continuou seus estudos até obter o grau de doutor em teologia no ano de 1902. Desempenhou vários encargos eclesiásticos até que, com apenas 37 anos, foi nomeado bispo de Lugoj, na Romênia, recebendo a ordenação episcopal no dia 14 de janeiro de 1913. Sempre amável com os fiéis, era, pelo contrário, muito severo para consigo mesmo. Em seu governo pastoral, cuidou muito do seminário, procurando os melhores professores para o ensino dos futuros presbíteros e cultivou uma particular devoção por Nossa Senhora, chegando a erigir dois santuários em honra à Virgem Maria. Mas nem tudo foi fácil. Logo após o período da Segunda Guerra Mundial, a Igreja greco-católica da Romênia, unida à Roma, começou a receber uma dura perseguição por parte das autoridades. O regime comunista queria desmantelar toda organização considerada perniciosa ao sistema, e a Igreja greco-católica aparecia como um dos primeiros nomes da lista. Monsenhor Valério manteve a fé, guiando a resistência pacífica dos fiéis, confrontando-se publicamente com as autoridades, exigindo a liberdade religiosa. Suas reclamações irritaram tanto, que no dia 28 de outubro de 1948, ele foi preso sumariamente. Também outros bispos foram capturados nesse mesmo dia, representando um duro golpe para essa Igreja. Após dois anos de prisão, ficou doente no cárcere, mas não recebeu tratamento médico. Seus irmãos bispos, porém, procuravam cuidar dele da melhor maneira possível. Resistiu ainda por quase dois anos, quando, na manhã do dia 11 de julho de 1952, entregava sua alma a Deus, enquanto outros bispos estavam ajoelhados ao lado de sua cama, em oração por ele. Sua beatificação como mártir ocorreu no dia 2 de junho de 2019, sob o pontificado do Papa Francisco.

Descubra outros santos clicando aqui

Entrai diante dele cantando jubilosos!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém
Hino
Já o dia nasceu novamente.
Supliquemos, orando, ao Senhor
que nos guarde do mal neste dia
e por atos vivamos o amor.

Ponha freios à língua e a modere,
da discórdia evitando a paixão;
que nos vele o olhar e o defenda
da vaidade e de toda a ilusão.

Sejam puros os seres no íntimo,
dominando os instintos do mal.
Evitemos do orgulho o veneno,
moderando o impulso carnal.

Para que, no final deste dia,
quando a noite, em seu curso, voltar,
abstinentes e puros, possamos
sua glória e louvores cantar.

Glória ao Pai, ao seu Unigênito
e ao Espírito Santo também.
Suba aos Três o louvor do universo
hoje e sempre, nos séculos. Amém.

Salmo 80(81)

Cuidai, irmãos, que não se ache em algum de vós um coração transviado pela incredulidade (Hb 3,12).

Exultai no Senhor, nossa força,
e ao Deus de Jacó aclamai!
Cantai salmos, tocai tamborim,
harpa e lira suaves tocai!
Na lua nova soai a trombeta,
na lua cheia, na festa solene!

Porque isto é costume em Jacó,
um preceito do Deus de Israel;
uma lei que foi dada a José,
quando o povo saiu do Egito.

Eis que ouço uma voz que não conheço:
'Aliviei as tuas costas de seu fardo,
cestos pesados eu tirei de tuas mãos.
Na angústia a mim clamaste, e te salvei,
de uma nuvem trovejante te falei,
e junto às águas de Meriba te provei.

Ouve, meu povo, porque vou te advertir!
Israel, ah! se quisesses me escutar:
Em teu meio não exista um deus estranho
nem adores a um deus desconhecido!
Porque eu sou o teu Deus e teu Senhor,
que da terra do Egito te arranquei.
Abre bem a tua boca e eu te sacio!

Mas meu povo não ouviu a minha voz,
Israel não quis saber de obedecer-me.
Deixei, então, que eles seguissem seus caprichos,
abandonei-os ao seu duro coração.

Quem me dera que meu povo me escutasse!
Que Israel andasse sempre em meus caminhos!
Seus inimigos, sem demora, humilharia
e voltaria minha mão contra o opressor.

Os que odeiam o Senhor, o adulariam,
seria este seu destino para sempre;
eu lhe daria de comer a flor do trigo,
e com o mel que sai da rocha o fartaria'.

Glória ao Pai...

Leitura breve Rm 14,17-19
O Reino de Deus não é comida nem bebida, mas é justiça e paz e alegria no Espírito Santo. É servindo a Cristo, dessa maneira, que seremos agradáveis a Deus e teremos a aprovação dos homens. Portanto, busquemos tenazmente tudo o que contribui para a paz e a edificação de uns pelos outros.

Penso em vós no meu leito, de noite, nas vigílias, suspiro por vós.
Para mim fostes sempre um socorro!

BENEDICTUS
Houve um homem venerável por sua vida que foi “Bento” pela graça e pelo nome.

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos,

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam.

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo,

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino,
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos,

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar a quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz.

Glória ao Pai...

Preces
Bendigamos a Deus, nosso Pai, que protege os seus filhos e filhas e não despreza as suas súplicas; e peçamos-lhe humildemente:

R. Iluminai, Senhor, nossos caminhos!

Nós vos damos graças, Senhor, porque nos iluminastes por meio de vosso Filho Jesus Cristo;
– concedei-nos a sua luz ao longo de todo este dia. R.

Que a vossa Sabedoria hoje nos conduza,
– para que andemos sempre pelos caminhos de uma vida nova. R.

Ajudai-nos a suportar com paciência as dificuldades por amor de vós,
– a fim de vos servirmos cada vez melhor na generosidade de coração. R.

Dirigi e santificai nossos pensamentos, palavras e ações deste dia,
– e dai-nos um espírito dócil às vossas inspirações. R.

(Intenções livres)
Pai nosso ...

Oração
Ó Deus, que fizestes o abade São Bento preclaro mestre na escola do vosso serviço, concedei que, nada preferindo ao vosso amor, corramos de coração dilatado no caminho dos vossos mandamentos. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Nada antepor ao amor de Cristo

Quando empreendas alguma boa obra, a primeira coisa que deverás fazer é pedir constantemente a Deus que seja ele que a conduza a seu termo, e assim nunca o contristaremos com nossas más ações, a ele, que se dignou em contar-nos entre o número de seus filhos; já que em todo tempo devemos nos submeter a ele no uso dos bens que ele coloca à nossa disposição, não aconteça que algum dia, como um pai irado com seus filhos, nos deserde, ou, como um amo temível, irritado por nossa maldade, nos entregue ao castigo eterno, como a servidores maus que se recusaram a segui-lo até a glória. Portanto, despertemos já de uma vez, obedientes à chamada que nos faz a Escritura: “Já é hora de despertar do sono”. E, tendo abertos nossos olhos à luz divina, escutemos bem atentos a advertência que nos faz a cada dia a voz de Deus: “Se escutais hoje a sua voz, não endureçais o coração”. Deus te diz: “Se amas a vida verdadeira e eterna, guarda tua língua do mal, teus lábios da falsidade; afasta-te do mal, faz o bem, busca a paz e corre atrás dela. Se assim fareis, meus olhos estarão sobre vós e meus ouvidos atentos à vossas orações; e, antes que me invoqueis, vos direi: ‘Aqui estou’”. O que há de mais doce para nós do que esta voz do Senhor que nos convida? Vede como o Senhor, com seu amor paternal, nos mostra o caminho da vida.

São Bento Abade
Iniciador da vida monástica no Ocidente (480-5477).

Alegrem-se no Senhor todos os seus santos!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Ó Deus, autor da luz
da aurora matutina,
mostrai-nos vossa glória,
que o dia já declina.

A tarde traz o ocaso,
o sol já vai morrendo,
e deixa o mundo às trevas,
às leis obedecendo.

Aos servos que vos louvam,
cansados do labor,
as trevas não envolvam,
pedimos, ó Senhor.

Assim, durante a noite,
guardados pela graça,
na luz da vossa luz,
a treva se desfaça.

Ouvi-nos, Pai bondoso,
e vós, Jesus, também.
A vós e ao Santo Espírito
louvor eterno. Amém.

Cântico Ap 11,17-18; 12,10b-12a

Graças vos damos, Senhor Deus onipotente,
a Vós que sois, a Vós que éreis e sereis,
porque assumistes o poder que vos pertence,
e enfim tomastes posse como rei!

As nações se enfureceram revoltadas,
mas chegou a vossa ira contra elas
e o tempo de julgar vivos e mortos,
e de dar a recompensa aos vossos servos,
aos profetas e aos que temem vosso nome,
aos santos, aos pequenos e aos grandes.

Chegou agora a salvação e o poder
a realeza do Senhor e nosso Deus,
e o domínio de seu Cristo, seu Ungido.
Pois foi expulso o delator que acusava
nossos irmãos, dia e noite, junto a Deus.

Mas o venceram pelo sangue do Cordeiro†
e o testemunho que eles deram da Palavra,
pois desprezaram sua vida até à morte.
Por isso, ó céus, cantai alegres e exultai
e vós todos os que neles habitais!

Glória ao Pai...

Leitura 1Pd 1,22-23
Pela obediência à verdade, purificastes as vossas almas, para praticar um amor fraterno sem fingimento. Amai-vos, pois, uns aos outros, de coração e com ardor. Nascestes de novo, não de uma semente corruptível, mas incorruptível, mediante a palavra de Deus, viva e permanente.

O Senhor é o meu Pastor: Não me falta coisa alguma.
Pelos prados me conduz.

MAGNIFICAT
Sobre este desce a bênção do Senhor e a recompensa de seu Deus e Salvador,
porque esta é a geração dos que o procuram.

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome!
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam;

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

Glória ao Pai...

Preces
Elevemos os corações cheios de gratidão a nosso Senhor e Salvador, que abençoa o seu povo com toda sorte de bênçãos espirituais; e peçamos com fé:

R. Abençoai, Senhor, o vosso povo!

Deus de misericórdia, protegei o Santo Padre, o Papa N., e o nosso Bispo N.,
– e fortalecei-os para que guiem fielmente a vossa Igreja. R.

Protegei, Senhor, o nosso país,
– e afastai para longe dele todos os males. R.

Multiplicai, como rebentos de oliveira ao redor de vossa mesa, os filhos que querem se
consagrar ao serviço do vosso reino,
– a fim de vos seguirem mais de perto na castidade, pobreza e obediência. R.

Conservai o propósito de vossas filhas que vos consagraram sua virgindade,
– para que sigam a vós, Cordeiro divino, aonde quer que vades. R.

(Intenções livres)

Que os nossos irmãos e irmãs falecidos descansem na vossa eterna paz,
– e confirmai a sua união conosco por meio da comunhão de bens espirituais. R.

Pai nosso...

ANTÍFONA MARIANA
Salve, Regina, mater misericordiae
Vita, dulcedo, et spes nostra, salve.
Ad te clamamus, exsules, filii evae.
Ad te suspiramus, gementes et flentes
in hac lacrimarum valle.

Eia ergo, Advocata nostra,
illos tuos misericordes oculos
ad nos converte.
Et Iesum, benedictum fructum ventris tui,
nobis post hoc exsilium ostende.
O clemens, O pia, O dulcis Virgo Maria.

Ora pro nobis sancta Dei Genetrix.
Ut digni efficiamur promissionibus Christi. Amen.
(Tradução)
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

SEJAM SANTOS!
Na escola da santidade.

Evangelho segundo São Mateus 19,27-29.

Naquele tempo, disse Pedro a Jesus: «Nós deixámos tudo para Te seguir. Que recompensa teremos?».
Jesus respondeu: «Em verdade vos digo: No mundo renovado, quando o Filho do homem vier sentar-Se no seu trono de glória, também vós que Me seguistes vos sentareis em doze tronos para julgar as doze tribos de Israel.
E todo aquele que tiver deixado casas, irmãos, irmãs, pai, mãe, filhos ou terras, por causa do meu nome, receberá cem vezes mais e terá como herança a vida eterna».

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.