Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Aleteia
Festividade do dia

quinta-feira 11 outubro
São João XXIII

Papa (†1963)

POPE JOHN XXIII
Compartilhar
Santo do dia

Angelo Giuseppe Roncalli nasceu no pequeno povoado de Sotto il monte, pertencente à diocese de Bergamo, Itália. Era o dia 25 de novembro de 1881, quando o quarto de treze filhos – e o primeiro menino da família – veio ao mundo. Seus pais, Giovanni Battista Roncalli e Marianna Mazzola eram dois pobres camponeses que trabalhavam como meeiros para uma família abastada da localidade, mas cultivavam uma fé genuína, procurando educar seus filhos no cristianismo simples dos camponeses daquelas terras da Itália setentrional. Em 1887 o pequeno ngelo começou a frequentar a escola e, ao mesmo tempo, ia ao catecismo: em pouco tempo recebeu a Primeira comunhão e a Confirmação. Durante seus estudos, demonstrou capacidades acima da média, por esse motivo aos poucos foi sendo encaminhado para escolas melhores. Mas, o afastamento de casa e o contato com alunos de classes sociais elevadas foram causa de não poucos sofrimentos para o jovem ngelo. Em 1892 ele consegue entrar no seminário e três anos depois recebe o hábito eclesiástico dos seminaristas. Em 1904 obteve a ordenação presbiteral. Após a ordenação foi capelão militar, diretor espiritual, até que começou com seus primeiros encargos a serviço da cúria romana. Em 1925 é ordenado bispo e torna-se visitador apostólico na Bulgária. O contato com a realidade desse país o fez conhecer a realidade do cristianismo oriental e as misérias de uma população que atravessava uma crise social. Nos anos 30 foi enviado para a Turquia: nesse ambiente tão diversificado mostrou-se de uma competência ímpar, buscando sempre o diálogo com as várias realidades locais. Seus serviços humildes, mas preciosos, levaram o Papa Pio XII a colocá-lo como Núncio Apostólico em Paris; também aí demonstrou uma grande habilidade política e uma sensibilidade fora do comum: visitou as colônias francesas, lidou com os padres operários e com a difícil situação política da França do imediato pós-guerra. Em 1953 foi criado Cardeal pelo Papa Pio XII e logo em seguida foi nomeado Patriarca de Veneza. Após a morte do papa Pio XII, no dia 28 de outubro de 1958, o Cardeal ngelo Roncalli era eleito Papa. Escolheu o nome de João e em seu discurso afirmou que a missão do papado deveria ser sobretudo pastoral. Seu estilo simples e simpático, logo lhe valeu o título de “Papa bom” ou “Papa da bondade”. De fato, visitou os encarcerados, paróquias da periferia, hospitais: por onde passava, conquistava os corações. O fato de ter tido contato com o mundo diplomático e com as realidades mais variadas ao longo de seus trabalhos em terras estrangeiras, foi corroborando nele a convicção da necessidade de uma mudança dentro da Igreja, a necessidade da convocação de um Concílio. De fato, sem que alguém pudesse supor, Papa João XXIII, depois de ter meditado e rezado, anunciou no dia 25 de janeiro de 1959 a convocação de um Concílio: o Concílio Vaticano II. A finalidade do Concílio seria a de “pôr em dia” a Igreja, a fim de que esta pudesse dar novas respostas aos novos problemas e aos desafios da sociedade contemporânea. Em sua visão, não bastava apenas condenar os erros, mas era necessário buscar também o diálogo e explicitar os conteúdos da fé aos homens e mulheres de uma maneira mais atraente. Além do Concílio, Papa João XXIII teve uma importância grande no campo da política: sua intervenção na crise dos mísseis de Cuba foi considerada fundamental para a manutenção da Paz no mundo. Em 1962 descobriu-se que estava gravemente doente: um tumor no estômago que o levaria à morte em 1963. Cinquenta anos depois, o “Papa bondoso” que tanto havia feito pela Igreja e pelo mundo, era canonizado na Praça de São Pedro pelo Papa Francisco.

Descubra outros santos clicando aqui

Oração para esta manhã

Adoremos o Senhor, porque ele é nosso Deus.
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém
Hino
Já surge a luz dourada,
a treva dissipando,
que as almas do abismo
aos poucos vai levando.

Dissipa-se a cegueira
que a todos envolvia;
alegres caminhemos
na luz de um novo dia.

Que a luz nos traga paz,
pureza ao coração:
longe a palavra falsa,
o pensamento vão.

Decorra calmo o dia:
a mão, a língua, o olhar.
Não deixe nosso corpo
na culpa se manchar.

Do alto, nossos atos
Deus vê, constantemente;
solícito nos segue
da aurora ao sol poente.

A glória seja ao Pai,
ao Filho seu também;
ao Espírito igualmente,
agora e sempre. Amém.

Cântico Is 40,10-17

Eis que venho em breve, para retribuir a cada um segundo as suas obras (Ap 22,12).

Olhai e vede: o nosso Deus vem com poder,
dominará todas as coisas com seu braço.
Eis que o preço da vitória vem com ele,
e o precedem os troféus que conquistou.

Como o pastor, ele apascenta o seu rebanho.
Ele toma os cordeirinhos em seus braços,
leva ao colo as ovelhas que amamentam,
e reúne as dispersas com sua mão.

Quem, no côncavo da mão, mediu o mar?
Quem mediu o firmamento com seu palmo?
Quem mediu com o alqueire o pó da terra?
Quem pesou, pondo ao gancho, as montanhas,
e as colinas, colocando-as na balança? (R.)

Quem instruíra o espírito do Senhor?
Que conselheiro o teria orientado?
Com quem aprendeu ele a bem julgar,
e os caminhos da justiça a discernir?
Quem as veredas da prudência lhe ensinou
ou os caminhos da ciência lhe mostrou?

Eis as nações: qual gota d'água na vasilha,
um grão de areia na balança diante dele;
e as ilhas pesam menos do que o pó
perante ele, o Senhor onipotente.

Não bastaria toda a lenha que há no Líbano
para queimar seus animais em holocausto.
As nações todas são um nada diante dele,
a seus olhos elas são quais se não fossem.

Glória ao Pai...

Leitura breve 1Pd 4,10-11
Como bons administradores da multiforme graça de Deus, cada um coloque à disposição dos outros o dom que recebeu. Se alguém tem o dom de falar, proceda como com palavras de Deus. Se alguém tem o dom do serviço, exerça-o como capacidade proporcionada por Deus, a fim de que, em todas as coisas, Deus seja glorificado, em virtude de Jesus Cristo.

Clamo de todo o coração: Atendei-me, ó Senhor!
Quero cumprir vossa vontade.

BENEDICTUS
Sirvamos ao Senhor na justiça e santidade,
e de nossos inimigos haverá de nos salvar.

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos,

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam.

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo,

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino,
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos,

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar a quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz.

Glória ao Pai...

Preces
Demos graças a Deus Pai, que no seu amor conduz e alimenta o seu povo; e digamos com alegria:

R. Glória a vós, Senhor, para sempre!

Pai clementíssimo, nós vos louvamos por vosso amor para conosco,
– porque nos criastes de modo admirável, e de modo ainda mais admirável nos renovastes. R.

No começo deste dia, infundi em nossos corações o desejo de vos servir,
– para que sempre vos glorifiquemos em todos os nossos pensamentos e ações. R.

Purificai os nossos corações de todo mau desejo,
– e fazei que estejamos sempre atentos à vossa vontade. R.

Dai-nos um coração aberto às dificuldades de nossos irmãos e irmãs,
– para que jamais lhes falte o nosso amor fraterno. R.

(Intenções livres)

Pai nosso ...

Oração
Deus eterno e todo-poderoso, sobre os povos que vivem na sombra da morte fazei brilhar o Sol da justiça, que nos visitou nascendo das alturas, Jesus Cristo nosso Senhor. Que convosco vive e reina, na unidade do Espírito Santo.

Meditação do dia

Pois quem pede, recebe; quem procura, encontra...

Conforme o desígnio providente de Deus, tudo o que existe está dotado de um meio apto para chegar ao seu fim, segundo sua natureza. Também os homens receberam o meio adequado à sua condição humana para obter o que esperam de Deus. Esta condição exige que o homem se sirva da petição para obter do outro o que espera, sobretudo se àquele a quem se dirige é superior a ele. [...] Rezando a Deus, não faz falta nos inquietarmos para manifestar nossos desejos e necessidades, já que Deus os conhece todos. Por isso diz o salmista: “Diante de vós, Senhor meu, estão todos os meus desejos”. E no evangelho lemos: “Vosso Pai já sabe do que necessitais”. Tampouco fazem falta palavra humanas para inclinar a vontade divina àquilo que num primeiro momento não queria, já que está dito no livro dos Números: “Deus não mente como o homem, nem se retrata como os filhos de Adão”.

Santo Tomás de Aquino
Teólogo e doutor da Igreja (1225-1274).

Oração para esta tarde


Solenidade de
Nossa Senhora da Conceição Aparecida
Primeiras vésperas

Vinde adoremos a Cristo Jesus, Filho bendito da Virgem Maria!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Maria, Mãe dos mortais,
as nossas preces acolhes;
escuta, pois, nossos ais,
e sempre, sempre nos olhes.

Vem socorrer, se do crime
o laço vil nos envolve.
Com tua mão que redime
a nossa culpa dissolve.

Vem socorrer, se do mundo
o brilho vão nos seduz,
a abandonar num segundo
a estrada que ao céu conduz.

Vem socorrer, quando a alma
e o corpo a doença prostrar.
Vejamos com doce calma
a eternidade chegar.

Tenham teus filhos,na morte,
tua assistência materna.
E seja assim nossa sorte,
o prêmio da Vida eterna.

Jesus, ao Pai seja glória.
Seja ao Espírito também.
E a vós, ó Rei da vitória,
Filho da Virgem. Amém.
Salmo 112(113)

Louvai, louvai, ó servos do Senhor,
louvai, louvai o nome do Senhor!
Bendito seja o nome do Senhor,
agora e por toda a eternidade!
Do nascer do sol até o seu ocaso,
louvado seja o nome do Senhor!

O Senhor está acima das nações,
sua glória vai além dos altos céus.
Quem pode comparar-se ao nosso Deus,
ao Senhor, que no alto céu temo seu trono
e se inclina para olhar o céu e a terra?

Levanta da poeira o indigente
e do lixo ele retira o pobrezinho,
para fazê-lo assentar-se com os nobres,
assentar-se com os nobres do seu povo.
Faz a estéril, mãe feliz em sua casa,
vivendo rodeada de seus filhos.

Glória ao Pai...

Leitura Gl 4,4-5
Quando se completou o tempo previsto, Deus enviou o seu Filho, nascido de uma mulher, nascido sujeito à Lei, a fim de resgatar os que eram sujeitos à Lei e para que todos recebêssemos a filiação adotiva.

Maria, alegra-te, ó cheia de graça; o Senhor é contigo.
És bendita entre todas as mulheres da terra e bendito é o fruto que nasceu do teu ventre!

MAGNIFICAT
Sou morena, tão bela e formosa, filhas de Jerusalém!
Por isso o Rei me amou e fez-me entrar em sua morada.

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome!
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam;

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

Glória ao Pai...

Preces
Proclamemos a grandeza de Deus Pai todo-poderoso! Ele quis que Maria, Mãe de seu Filho, fosse celebrada por todas as gerações. Peçamos humildemente:

R. Nossa Senhora Aparecida, rogai a Deus por nós!

Deus, autor de tantas maravilhas, que fizestes a Imaculada Virgem Maria participar em corpo e alma da glória celeste de Cristo,
– conduzi para a mesma glória os corações dos vossos filhos e filhas. R.

Vós, que nos destes Maria por Mãe,
– concedei, por sua intercessão, saúde aos doentes, consolo aos tristes, perdão aos pecadores. R.

Vós, que fizestes de Maria a cheia de graça,
– concedei a todos a abundância da vossa graça. R.

Fazei, Senhor, que a vossa Igreja seja, na caridade, um só coração e uma só alma,
– e que todos os fiéis perseverem unânimes na oração com Maria, Mãe de Jesus. R.

(Intenções livres)

Vós, que coroastes Maria como rainha do céu,
– fazei que nossos irmãos e irmãs falecidos se alegrem eternamente no vosso reino, na companhia dos santos. R.

Pai nosso...

ANTÍFONA MARIANA
Sub tuum praesidium confúgimus
sancta Dei Genetrix.
nostras deprecationes ne despicias in necessitatibus,
sed a periculis cunctis libera nos semper,
Virgo gloriosa et benedicta

(Tradução:)
À vossa proteção recorremos,
Santa Mãe de Deus;
não desprezeis as nossas súplicas em nossas necessidades;
mas livrai-nos sempre de todos os perigos,
ó, Virgem gloriosa e bendita.

ORAÇÃO A SÃO MIGUEL ARCANJO

Sancte Michael Archangele
Sancte Michael Archangele, defende nos in prælio; contra nequitiam et insidias diaboli esto præsidium. Imperet illi Deus, supplices deprecamur: tuque, Princeps militiæ cælestis, Satanam aliosque spiritus malignos, qui ad perditionem animarum pervagantur in mundo, divina virtute in infernum detrude. Amen.

(Tradução:)
São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate. Sede o nosso refúgio contra as maldades e ciladas do demônio. Que Deus manifeste sobre ele o seu poder, esta é a nossa humilde súplica. E vós, Príncipe da Milícia Celeste, com o poder que Deus vos conferiu, precipitai no inferno a Satanás e aos outros espíritos malignos, que andam pelo mundo para perder as almas. Amém.

SEJAM SANTOS!
Na escola da santidade.

Evangelho do dia

Evangelho - Lc 11,5-13
Pedi e recebereis.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 11,5-13
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
5E Jesus acrescentou:
'Se um de vós tiver um amigo
e for procurá-lo à meia-noite e lhe disser:
'Amigo, empresta-me três pães,
6porque um amigo meu chegou de viagem
e nada tenho para lhe oferecer',
7e se o outro responder lá de dentro:
'Não me incomoda! Já tranquei a porta,
e meus filhos e eu já estamos deitados;
não me posso levantar para te dar os pães';
8eu vos declaro:
mesmo que o outro não se levante
para dá-los porque é seu amigo,
vai levantar-se ao menos por causa da impertinência dele
e lhe dará quanto for necessário.
9Portanto, eu vos digo:
pedi e recebereis; procurai e encontrareis;
batei e vos será aberto.
10Pois quem pede, recebe; quem procura, encontra;
e, para quem bate, se abrirá.
11Será que algum de vós que é pai,
se o filho pedir um peixe, lhe dará uma cobra?
12Ou ainda, se pedir um ovo, lhe dará um escorpião?
13Ora, se vós que sois maus,
sabeis dar coisas boas aos vossos filhos,
quanto mais o Pai do Céu dará o Espírito Santo
aos que o pedirem! '
Palavra da Salvação.