Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia
Festividade do dia

Quinta-feira, 14 de junho de 2018
Bem-aventurada Francisca de Paula de Jesus (Nhá Chica)

Leiga (†1895)

© Beata Francisca de Paula de Jesus-Nhá Chica
Compartilhar

Nascida em 1808, filha de escrava e pai desconhecido, provavelmente o dono da fazenda em que a mãe trabalhava. Em seu batismo lhe dão o nome de um santo particularmente venerado: São Francisco de Paula. Sendo filha de uma escrava e de pai desconhecido, Nhá Chica cresceu sem sobrenome. Com a libertação dos escravos, ela, a mãe e um irmão nascido de outra união, se transferem para a cidade. Com a chegada de sua adolescência, a mãe falece. Órfã e analfabeta, Nhá Chica se valeu da educação religiosa que a mãe lhe havia dado, juntamente com a recomendação de viver uma vida retirada para melhor se dedicar à oração e à caridade. Apesar de várias propostas de casamento, Nhá Chica permanecerá firme no propósito de viver em oração. É assim, por exemplo, que ela começa a organizar encontros de oração em sua própria casa; as pessoas a procuram não só para rezar, mas também para dizer seus problemas e angústias. Nhá Chica a todos ouve e diz que apresentará os pedidos à Nossa Senhora. Muitas pessoas têm seus pedidos atendidos. Quando interrogada, Nhá Chica responde com simplicidade: “Eu lhe suplico, e Nossa Senhora me responde…”. Sua fama com o tempo se alastra: até personagens da corte imperial a procuram para pedir conselhos. Para todos que a procuram, Nhá Chica transmite uma mensagem de Nossa Senhora. Quando indagada sobre essa honra de ser porta-voz da Virgem Maria, para fugir de qualquer orgulho ou soberba, Nhá Chica respondia com frequência: “Respeito aquilo que diz Nossa Senhora e nada mais. Além da oração, Nhá Chica se dedica à caridade, organizando a cada semana um almoço para os pobres e dando a quem comida a todo aquele que batia a sua porta pedindo ajuda. Em 1862, seu irmão, que havia feito fortuna trabalhando, morre sem deixar filhos; antes de morrer, deixou toda sua herança para Nhá Chica. Vendo nesse fato a Divina Providência, Nhá Chica não pensou duas vezes: usando da imensa fortuna, organizou suas atividades de caridade e, atendendo a um pedido de Nossa Senhora, manda construir uma igreja dedicada à Imaculada Conceição de Maria. Ao final de sua vida teria distribuído quase que todos os bens entre os pobres, deixando o que sobrara para a paróquia. No dia 14 de junho de 1895 Nhá Chica falece e é enterrada na igreja que ela havia mandado construir para a memória e honra da Imaculada Conceição de Maria. Seu processo de canonização iniciou-se apenas cem anos após sua morte e, no dia 4 de maio de 2013, Nhá Chica foi beatificada em Baependi numa celebração presidida pelo cardeal ngelo Amato, prefeito da Congregação para a Causa dos Santos.

Descubra outros santos clicando aqui

Oração para esta manhã

Entrai diante dele cantando jubilosos.
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém
Hino
Já o dia nasceu novamente.
Supliquemos, orando, ao Senhor
que nos guarde do mal neste dia
e por atos vivamos o amor.

Ponha freios à língua e a modere,
da discórdia evitando a paixão;
que nos vele o olhar e o defenda
da vaidade e de toda a ilusão.

Sejam puros os seres no íntimo,
dominando os instintos do mal.
Evitemos do orgulho o veneno,
moderando o impulso carnal.

Para que, no final deste dia,
quando a noite, em seu curso, voltar,
abstinentes e puros, possamos
sua glória e louvores cantar.

Glória ao Pai, ao seu Unigênito
e ao Espírito Santo também.
Suba aos Três o louvor do universo
hoje e sempre, nos séculos. Amém.
Cântico Is 12,1-6

Se alguém tem sede, venha a mim, e beba (Jo 7,37).

Dou-vos graças, ó Senhor, porque, estando irritado,
acalmou-se a vossa ira e enfim me consolastes.
Eis o Deus, meu Salvador, eu confio e nada temo;
o Senhor é minha força, meu louvor e salvação.

Com alegria bebereis no manancial da salvação,
e direis naquele dia: 'Dai louvores ao Senhor,
invocai seu santo nome, anunciai suas maravilhas,
entre os povos proclamai que seu nome é o mais sublime.

Louvai cantando ao nosso Deus, que fez prodígios e portentos,
publicai em toda a terra suas grandes maravilhas!
Exultai cantando alegres, habitantes de Sião,
porque é grande em vosso meio o Deus Santo de Israel!'

Glória ao Pai...

Leitura breve Rm 14,17-19
O Reino de Deus não é comida nem bebida, mas é justiça e paz e alegria no Espírito Santo. É servindo a Cristo, dessa maneira, que seremos agradáveis a Deus e teremos a aprovação dos homens. Portanto, busquemos tenazmente tudo o que contribui para a paz e a edificação de uns pelos outros.

Penso em vós no meu leito, de noite, nas vigílias, suspiro por vós.
Para mim fostes sempre um socorro!

BENEDICTUS
Anunciai ao vosso povo a salvação
e perdoai-nos, ó Senhor, nossos pecados!

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos,

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam.

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo,

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino,
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos,

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar a quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz.

Glória ao Pai...

Preces
Bendigamos a Deus, nosso Pai, que protege os seus filhos e filhas e não despreza as suas súplicas; e peçamos-lhe humildemente:

R. Iluminai, ó Senhor, nossos caminhos!

Nós vos damos graças, Senhor, porque nos iluminastes por meio de vosso Filho Jesus Cristo;
– concedei-nos a sua luz ao longo de todo este dia. R.

Que a vossa Sabedoria hoje nos conduza,
– para que andemos sempre pelos caminhos de uma vida nova. R.

Ajudai-nos a suportar com paciência as dificuldades por amor de vós,
– a fim de vos servirmos cada vez melhor na generosidade de coração. R.

Dirigi e santificai nossos pensamentos, palavras e ações deste dia,
– e dai-nos um espírito dócil às vossas inspirações. R.

(Intenções livres)

Pai nosso ...

Oração
Senhor, luz verdadeira e fonte da luz, concedei-nos perseverar na meditação de vossa Palavra e viver iluminados pelo esplendor de vossa verdade. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Meditação do dia

Grátis recebestes, grátis dai

Depois, realizados já definitivamente em si, pela sua morte e ressurreição, os mistérios da nossa salvação e da renovação do universo, o Senhor, com todo o poder que adquiriu no céu e na terra, antes de subir ao Céu fundou a sua Igreja como sacramento de salvação e enviou os seus Apóstolos a todo o mundo tal qual ele também tinha sido enviado pelo Pai, dando-lhes este mandato: “Ide, pois, fazei discípulos de todas as nações, batizando-as em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, ensinando-as a cumprir tudo quanto vos prescrevi” (Mt. 28, 19-20). “Ide por todo o mundo, proclamai a Boa Nova a toda a criatura. Quem acreditar e for batizado, será salvo; mas quem não acreditar, será condenado” (Mc. 16,15 ss.). Daí vem à Igreja o dever de propagar a fé e a salvação de Cristo, tanto em virtude do expresso mandamento que dos Apóstolos herdou a Ordem dos Bispos ajudada pelos presbíteros em união com o sucessor de Pedro e sumo pastor da Igreja, como em virtude da vida comunicada aos seus membros por Cristo, [...] A missão da Igreja realiza-se pois, mediante a atividade pela qual, obedecendo ao mandamento de Cristo e movida pela graça e pela caridade do Espírito Santo, ela se torna atual e plenamente presente a todos os homens ou povos para os conduzir à fé, liberdade e paz de Cristo, não só pelo exemplo de vida e pela pregação mas também pelos sacramentos e pelos restantes meios da graça, de tal forma que lhes fique bem aberto caminho livre e seguro para participarem plenamente no mistério de Cristo.

Decreto Ad Gentes, sobre a atividade missionária da Igreja
Concílio Ecumênico Vaticano II (1963-1965).

Oração para esta tarde

A vós Senhor elevamos nossa súplicas e preces
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Ó Deus, autor da luz
da aurora matutina,
mostrai-nos vossa glória,
que o dia já declina.

A tarde traz o ocaso,
o sol já vai morrendo,
e deixa o mundo às trevas,
às leis obedecendo.

Aos servos que vos louvam,
cansados do labor,
as trevas não envolvam,
pedimos, ó Senhor.

Assim, durante a noite,
guardados pela graça,
na luz da vossa luz,
a treva se desfaça.

Ouvi-nos, Pai bondoso,
e vós, Jesus, também.
A vós e ao Santo Espírito
louvor eterno. Amém.
Salmo 71(72)

Abriram seus cofres e ofereceram-lhe presentes: ouro, incenso e mira (Mt 2,11).

Libertará o indigente que suplica,
e o pobre ao qual ninguém quer ajudar.
Terá pena do indigente e do infeliz,
e a vida dos humildes salvará.

Há de livrá-los da violência e opressão,
pois vale muito o sangue deles a seus olhos!
Que ele viva e tenha o ouro de Sabá!
Hão de rezar também por ele sem cessar,
bendizê-lo e honrá-lo cada dia.

Haverá grande fartura sobre a terra,
até mesmo no mais alto das montanhas;
as colheitas florirão como no Líbano,
tão abundantes como a erva pelos campos!

Seja bendito o seu nome para sempre!
E que dure como o sol sua memória!
Todos os povos serão nele abençoados,
todas as gentes cantarão o seu louvor!

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque só ele realiza maravilhas!
Bendito seja o seu nome glorioso!
Bendito seja eternamente! Amém, amém!

Glória ao Pai...

Leitura 1Pd 1,22-23
Pela obediência à verdade, purificastes as vossas almas, para praticar um amor fraterno sem fingimento. Amai-vos, pois, uns aos outros, de coração e com ardor. Nascestes de novo, não de uma semente corruptível, mas incorruptível, mediante a palavra de Deus, viva e permanente.

O Senhor é o meu Pastor: Não me falta coisa alguma.
Pelos prados me conduz.

MAGNIFICAT
Senhor saciou com os seus bens
os famintos e sedentos de justiça.

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome!
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam;

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

Glória ao Pai...

Preces
Elevemos os corações cheios de gratidão a nosso Senhor e Salvador, que abençoa o seu povo com toda sorte de bênçãos espirituais; e peçamos com fé:

R. Abençoai, Senhor, o vosso povo!

Deus de misericórdia, protegei o Santo Padre, o Papa N., e o nosso Bispo N.,
– e fortalecei-os para que guiem fielmente a vossa Igreja. R.

Protegei, Senhor, o nosso país,
– e afastai para longe dele todos os males. R.

Multiplicai, como rebentos de oliveira ao redor de vossa mesa, os filhos que querem se consagrar ao serviço do vosso reino,
– a fim de vos seguirem mais de perto na castidade, pobreza e obediência. R.

Conservai o propósito de vossas filhas que vos consagraram sua virgindade,
– para que sigam a vós, Cordeiro divino, aonde quer que vades. R.

(Intenções livres)

Que os nossos irmãos e irmãs falecidos descansem na vossa eterna paz,
– e confirmai a sua união conosco por meio da comunhão de bens espirituais. R.

Pai nosso...

ANTÍFONA MARIANA

Salve, Regina, mater misericordiae
Vita, dulcedo, et spes nostra, salve.
Ad te clamamus, exsules, filii evae.
Ad te suspiramus, gementes et flentes
in hac lacrimarum valle.

Eia ergo, Advocata nostra,
illos tuos misericordes oculos
ad nos converte.
Et Iesum, benedictum fructum ventris tui,
nobis post hoc exsilium ostende.
O clemens, O pia, O dulcis Virgo Maria.

Ora pro nobis sancta Dei Genetrix.
Ut digni efficiamur promissionibus Christi. Amen.
(Tradução)

Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos os degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

SEJAM SANTOS!
Na escola da santidade.

Evangelho do dia

Evangelho - Mt 5,20-26
Vai primeiro reconciliar-te com o teu irmão.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 5,20-26
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
20Se a vossa justiça não for maior
que a justiça dos mestres da Lei e dos fariseus,
vós não entrareis no Reino dos Céus.
21Vósouvistes o que foi dito aos antigos:
'Não matarás!
Quem matar será condenado pelo tribunal'.
22Eu, porém, vos digo:
todo aquele que se encoleriza com seu irmão
será réu em juízo;
quem disser ao seu irmão: 'patife!'
será condenado pelo tribunal;
quem chamar o irmão de 'tolo'
será condenado ao fogo do inferno.
23Portanto, quando tu estiveres levando
a tua oferta para o altar, e ali te lembrares
que teu irmão tem alguma coisa contra ti,
24deixa a tua oferta ali diante do altar,
e vai primeiro reconciliar-te com o teu irmão.
Só então vai apresentar a tua oferta.
25Procura reconciliar-te com teu adversário,
enquanto caminha contigo para o tribunal.
Senão o adversário te entregará ao juiz,
o juiz te entregará ao oficial de justiça,
e tu serás jogado na prisão.
26Em verdade eu te digo: dali não sairás,
enquanto não pagares o último centavo.