Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 20 Outubro |
São Cornélio
Aleteia logo
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

São Cláudio de la Colombiere

Sacerdote, religioso (†1682)

CLAUDE

Public Domain

São Cláudio de la Colombiere

Apesar de ter inicialmente certa aversão pela vida religiosa, Cláudio acaba entrando, aos 17 anos, na Companhia de Jesus. Na Companhia, durante seu noviciado, se revela um aluno estudioso e brilhante. Termina seus estudos em filosofia e, por cinco anos, exercerá a função de professor. Ao completar 25 anos, é mandado para Paris, a fim de estudar a teologia. Além dos estudos, torna-se preceptor dos filhos do ministro das finanças do rei da França. Aos 28 anos é ordenado sacerdote, e, em 1675, é destinado a ser Superior da afastada comunidade dos jesuítas de Paray-le-Monyal. Talvez os superiores o quisessem submeter a uma provação, pois após uma carreira meteórica em Paris, a capital da França, fora mandado para uma pequena comunidade de sua própria família religiosa… Perante os olhos humanos talvez nunca se saiba o real motivo pelo qual padre Cláudio tenha sido “rebaixado”, no entanto, a verdade é que a Providência havia já traçado seu plano: é nessa localidade que ele conhecerá a irmã religiosa Margarida Maria Alacoque – que será proclamada santa pela Igreja. Irmã Margarida sofria com a incompreensão de suas coirmãs por causa de suas visões de Jesus e de seu Sagrado Coração. Numa dessas visões, Jesus prometera a santa Margarida que lhe enviaria um “servo fiel e amigo perfeito”; logo depois, ao ouvir a primeira pregação de padre Cláudio na igreja, Margarida não tem dúvidas: ele era o enviado que Jesus lhe prometera. Com efeito, poucos meses após sua chegada, ao conhecer a vida e a espiritualidade de Irmã Margarida, padre Cláudio de la Colombiere se torna o primeiro apóstolo da devoção do Sagrado Coração de Jesus. Depois de um tempo à frente da casa religiosa, os superiores de padre Cláudio determinam que ele deve ir para a missão na Inglaterra. Prontamente ele obedece e após um período de dura missão nas terras anglo-saxônicas – padre Cláudio chegaria até mesmo a ser preso, sob a acusação de organizar um complô “papista” – ele retorna para a França. Sua saúde, ressentida pelo péssimo tratamento recebido na prisão, estava por um fio. Os Superiores decidem enviá-lo para Paray-le-Monial, na esperança que o bom clima da região o ajudasse na recuperação. Infelizmente sua saúde se deteriora a tal ponto que ele morrerá aí, no dia 15 de fevereiro de 1682, com apenas 41 anos de idade. Em 1994 são João Paulo II o proclamará como santo, “mestre de iluminadora espiritualidade”.

Descubra outros santos clicando aqui
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
2
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
3
COMMUNION
Philip Kosloski
Oração ao seu anjo da guarda antes de receber a comunhão
4
Carlo Acutis
Gelsomino Del Guercio
“Ele fechou os olhos sorrindo”: foi assim que Carlo Acutis morreu
5
Aleteia Brasil
O segredo da cidade bósnia onde jamais houve um divórcio
6
AVENIDO BROTHERS
Agnès Pinard Legry
Três irmãos são ordenados padres no mesmo dia
7
morning
Philip Kosloski
Uma oração da manhã fácil de memorizar
Ver mais