Aleteia
Segunda-feira 26 Outubro |
São Fulco
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

São Leão IX

Papa (†1054)

POPE LEO IX;

Public Domain

Bruno de Eguisheim-Dagsbourg, no dia 21 de junho de 1002, na Alsácia, França, da família alsaciana dos condes de Egisheim-Dagsburg. Bruno ficou na casa paterna até a idade de cinco anos, quando a mãe o confiou aos cuidados do célebre Bispo de Toul, Bertoldo.

Dotado de belos talentos, Bruno fez rápidos progressos nos estudos, e distinguiu-se com grande vantagem entre os alunos de Direito canônico. Destinado a ser sacerdote, recebeu a ordem do diaconato, e na qualidade de ministro do altar, entrou a serviço do primo imperial Conrado, distinguindo-se sempre pela habilidade de negociação, de administração e  na piedade.

Depois de estudar em Toul, tornou-se cônego de Saint-Ettiénne, em 1023.

Em 1026 foi eleito Bispo de Treves. Nesta posição, desenvolveu um  zelo extraordinário na reforma de conventos e na obra da salvação das almas. Profundo conhecedor da arte musical, compôs   grande número de cânticos religiosos e envidou todos os esforços pela digna celebração do culto divino. Anualmente visitava os túmulos de São Pedro e São Paulo em Roma.

Foi eleito papa aos 12 de fevereiro de 1049 sob o nome de Leão IX, sendo o 153º papa da Igreja católica. Foi principalmente um papa viajante, trabalhando pela paz na Europa e um reformador, tendo-se inscrito na reforma gregoriana. Convocou durante seu pontificado 12 Concílios. Seu primeiro cuidado foi reorganizar a disciplina eclesiástica. Os Sínodos de Latrão, de Pávia, Reims e Mogúncia se dirigiram contra os abusos da simonia, contra a investidura laical e o casamento dos clérigos. Estabeleceu  Cardeais de outras nações além de italianos. À sua intervenção, o rei André, da Hungria, fez as pazes com o imperador Henrique III.

Em 1050 condenou os erros de Berengário.

O ano de 1053 trouxe a divisão da Igreja, em grega e latina, causada pelas maquinações do Patriarca de Constantinopla, Miguel Cerulário, o qual impugnava o uso de pães ázimos na celebração da Santa Missa, a omissão do canto de Aleluia durante a quaresma e outros usos de menor importância da Igreja latina. Leão defendeu as tradições latinas num memorando que chegou às mãos do Patriarca por intermédio do Cardeal Umberto. Miguel Cerulário, mostrando-se inacessível às argumentações do Papa, separou-se da Igreja latina, exemplo que foi seguido pela maior parte das Igrejas Orientais. Os Normandos, sequiosos de conquistas e no afã de estender o poderio sobre toda a Europa, invadiram também a Itália. As províncias de Apulia e Calábria, tinham já caído em seu poder, e os acampamentos estendiam-se até às portas de Benevento, cujos habitantes invocaram o auxílio do Papa. Este, tendo recebido valiosos reforços do imperador, pegou em armas contra os Normandos. Estes venceram e tornaram o papa um prisioneiro. Embora vencedores trataram o ilustre prisioneiro com todo o respeito, dispensando-lhe todas as honras, a que sua alta posição lhe dava jus. De junho de 1053 a março de 1054 foi mantido prisioneiro em Benevento, numa prisão honorável.

Não sobreviveu muito tempo após seu retorno a Roma, onde morreu em 19 de abril de 1054, aos 51 anos.

Seu corpo repousa na basílica de São Pedro.

Descubra outros santos clicando aqui
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa Francisco e casais homossexuais: o que e...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Ver mais