Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 17 Janeiro |
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

São Basílio Magno

Bispo (†379)

Public Domain

Nascido em Cesareia da Capadócia (atual Turquia), em meados de 330, Basílio pertencia a uma família marcada pela santidade: seu avô havia morrido mártir na perseguição de Diocleciano, e sua avó, santa Macrina, fora discípula de são Gregório taumaturgo. Também seus pais, Basílio e Emélia, foram declarados santos; e dos seis filhos que o casal tivera, além de Basílio, foram igualmente declarados santos Gregório, bispo de Nissa; Pedro, bispo de Sebaste e Macrina – que possuía o mesmo nome da avó –, monja que transformara sua propriedade num mosteiro. O pai, Basílio, foi o primeiro professor do filho; posteriormente, o jovem Basílio continuou seus estudos em Cesareia, Constantinopla e, finalmente, em Atenas, a grande capital cultural dos gregos e do mundo pagão. Nessa cidade, Basílio cultivou uma grande amizade com são Gregório Nazianzeno, outro grande santo da história e que é comemorado pela Igreja no mesmo dia de Basílio. Ao voltar para sua casa, Basílio começou a exercitar-se como professor de retórica e começou a sonhar com o sucesso mundano que a vida acadêmica poderia lhe proporcionar. Mas, ouvindo os conselhos de sua irmã, Macrina, começou a perseguir a vida ascética. Após certo percurso de aprofundamento da espiritualidade, Basílio recebeu o batismo e foi procurar os grandes ascetas do Egito, da Palestina e da Mesopotâmia, como forma de conhecer as formas de vida monástica. Voltando para casa, distribuiu seus bens entre os pobres e foi viver como monge. Ao se retirar para o monaquismo, àqueles que começaram a segui-lo, Basílio forneceu uma sólida formação moral e ascética através de regras sobre os deveres e as virtudes dos monges, de modo que até hoje é conhecido como o “legislador do monaquismo oriental”. Basílio viveu por cinco anos na solidão, até que seu bispo, Eusébio, o chamou para que ele o ajudasse na condução da Igreja. No entanto, ao perceber que havia suscitado ciúmes no bispo – de fato, Basílio era muito mais preparado intelectualmente – ele preferiu voltar para a vida solitária. Mas esse período de retorno à vida monástica foi relativamente breve: o amigo são Gregório Nazianzeno intercedeu para que Basílio voltasse para Cesareia; aí desenvolveria um grande trabalho nos mais variados campos, que iam desde a teologia, a liturgia, até a caridade pastoral. Em seguida, acedeu ao episcopado pastoreando proficuamente a cidade de Cesareia. Seu pastoreio foi marcado pela defesa da fé contra a heresia do arianismo e pela defesa da autonomia da Igreja perante o poder civil. Trabalhou incansavelmente até que no dia 1 de janeiro do ano 379, morreu na sua cidade de Cesareia. Seus escritos se tornaram um ponto de referência para a teologia, neles é possível admirar a sua profunda espiritualidade e sua vasta erudição.

Descubra outros santos clicando aqui
Top 10
Aleteia Brasil
Na íntegra: as três partes do Segredo de Fáti...
UNPLANNED
Jaime Septién
Filme contra o aborto arrasa nas bilheterias ...
BABY BAPTISM
Padre Reginaldo Manzotti
Por que é tão importante batizar uma criança?
Deserto de Negev
Francisco Vêneto
Pedra de 1.400 anos com inscrição mariana é e...
KRZYŻYK NA CZOLE
Beatriz Camargo
60 nomes de bebês que carregam mensagens pode...
Reportagem local
Papa Francisco: cuidado com os cristãos que s...
POPE JOHN PAUL II
Philip Kosloski
"Não tenhais medo": a frase mais usada por Sã...
Ver mais