Aleteia
Quarta-feira 21 Outubro |
São Bertoldo de Parma
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

São Miguel de Sínada

Bispo (†826)

PERSON

Public Domain

Nasceu em Sínada (hoje Qifut-Kasaba), uma metrópole da Frígia Salutus (atual Turquia), por volta de 750. Seus pais eram ricos e sem filhos. Elevando súplicas a São Miguel, pediram um filho e ao serem atendidos, deram-lhe o nome do arcanjo quando ele nasceu.

Depois de ter completado os estudos em sua terra natal, o jovem foi para Constantinopla e tornou-se amigo de Teofilatto, então secretário especial do patriarca Tarásio (784 – 806). Ambos abraçaram a vida religiosa no mosteiro que, o futuro patriarca, Nicéforo I, havia fundado à margem asiática do Estreito de Bósforo. Tarásio chamou-os, nomeou-os skevofilacti (= guardiões dos vasos sagrados) e ordenou-lhes sacerdotes.

Pouco depois, Miguel foi eleito metropolita de Sínada, sua terra natal. Participou do Segundo Concílio de Nicéia (787), nas duas últimas sessões e assinou a profissão de fé.

Por sua reputação de bom negociador, foi enviado pelo imperador Nicéforo I a Bagdá para negociar a paz com Harun-al-Rasid (806). Miguel conseguiu obtê-la honrosamente, mas não durou muito, porque o imperador não honrou com seus compromissos. Michele I Rhangabé (811-813), desejando harmonizar com o Ocidente, recebeu gentilmente um embaixador de Carlos Magno, e respondeu enviando uma missão oficial liderada por Miguel (811). Miguel deu ao papa Leão III uma carta do patriarca Nicéforo, que anunciava sua nomeação, pedindo desculpas pelo atraso. Os embaixadores gregos foram bem recebidos por Carlos Magno, que assinou um tratado com eles (812). Passando por Roma, Miguel fez amizade com um monge errante, proveniente de Creta, chamado Gregório, levou-o consigo ao retornar e o estabeleceu no mosteiro do Cabo Akritas, onde os fiéis o adoravam como santo. O imperador Michele Rhangabé, vencido pelos búlgaros, foi deposto e substituído por Leão V, o armênio (813-820), que desencadeou a perseguição contra o culto de imagens. De fato, na grande conferência de oficiais e eclesiásticos que ele convocou, em dezembro de 814, declarou que não permitiria a adoração de imagens.

Miguel tornou-se um dos mais ferrenhos defensores da ortodoxia contra a heresia iconoclasta, estava entre aqueles corajosos oradores que defendiam a doutrina ortodoxa e por isto foi atingido pelas medidas repressivas. Logo após da deposição e exílio do patriarca Nicéforo (março de 815), Miguel foi aprisionado na Fortaleza de Eudóxia e em seguida conheceu muitas outras prisões. A morte de Leão V (25 de dezembro de 820) o libertou, mas ele não pôde retornar à sua diocese.

Faleceu no dia 23 de maio de 826, provavelmente na costa da Ásia, em frente a Constantinopla, pois seu amigo São Teodoro Studita, que, então, morava na península de São Trifão, testemunhou seus últimos momentos, que foram dispendidos fazendo a seus monges uma verdadeira catequese.

Atualmente é celebrado como santo pelas Igrejas Ortodoxas e Católica Romana, sendo considerado o protetor contra as pestes das colheitas. São Miguel é representado por São Atanásio no famoso Ícone da Mãe de Deus “Economissa”.

Descubra outros santos clicando aqui
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
CARLO ACUTIS
John Burger
Como foram os últimos dias de vida de Carlo A...
violência contra padres no Brasil
Francisco Vêneto
Outubro de cruz para padres no Brasil: um per...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
SAINT JOSEPH SLEEPS
Philip Kosloski
Durma em paz com esta breve oração a São José
Pe. Gilmar
Reportagem local
Padre é encontrado após três dias desaparecid...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais