Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 27 Maio |
São Bruno de Würtzburg
Aleteia logo
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

São Prudêncio de Tarazona

Bispo († V/VI séc.)          

Nossa Senhora

Shutterstock

Por volta do ano de 550, Prudêncio nasceu na região da atual cidade de Vitória, na Armênia, filho de pais católicos de família nobre, que lhe deram uma acurada formação espiritual e cultural.

Aos quinze anos deixou a casa paterna para levar uma vida anacorética sob a orientação do eremita São Saturio (atual padroeiro de Soria), na margem direita do rio Douro, perto da atual cidade de Soria. 

Após sete anos mudou-se para Calahorra para evangelizar os muitos idólatras da cidade e cercanias. O sucesso da sua pregação, as suas virtudes e a fama das curas milagrosas que implorava, valeram-lhe a veneração de toda a região. Acredita-se que as conversões e evangelizações devem ter sido realizadas na região de Camarões, já que os idólatras foram expulsos das cidades e se refugiaram nas aldeias. Devido à fama foi obrigado a fugir para Tarazona, onde viveu durante muitos anos entre os ministros da catedral. 

Depois de algum tempo, foi admitido como clérigo da catedral de Tarazona, assumindo inicialmente a manutenção do templo, tornando-se arquidiácono. Após a morte do bispo da diocese de Tarazona, Prudêncio foi proposto para substituí-lo, obtendo o cargo.

Neste ofício cumpriu com perfeição os deveres de bom pastor. Seu zelo pela consolidação da paz é especialmente notado e, a esse respeito, fala-se de uma briga entre o bispo e o clero de Osma, que ele resolveu. Faleceu três dias depois deste episódio. 

Tendo morrido em Burgo de Osma, fora de sua diocese, e sendo famoso por seus milagres, surgiram disputas entre o clero sobre o local onde deveria ser sepultado. Diz a lenda que o assunto foi resolvido colocando o cadáver no dorso do burrico que ele usou em vida e deixaram-no seguir livremente. O animal, finalmente, parou a seis léguas de Logroño e ali São Prudêncio foi sepultado. O lugar era uma gruta nas encostas do Monte Laturce, no atual município de Clavijo (La Rioja). Construiu-se ali uma igreja dedicada a São Vicente Mártir. Segundo Frei Gaspar Coronel, foi renomeado mosteiro de São Prudêncio de Monte Laturce a partir de 1025.

Estas são as informações relatadas no Ofício em honra de Prudêncio de um antigo Breviário da diocese de Tarazona, publicado em meados do século XVI. 

Outros relatórios mais amplos são menos confiáveis e certamente muito retrabalhados pelos falsificadores dos séculos XVI-XVII. Não temos nenhuma indicação precisa da época da vida de Prudêncio: por alguns foi atribuída ao século IV, e até identificada com o poeta Aurélio Prudêncio: por outros ao século V e por outros ao século XII. É certo apenas que é anterior a 950, data em que ocorreu a transferência das relíquias do mosteiro de Monte Laturce para Santa Maria di Nàjera. Atualmente, apenas a cabeça e alguns ossos ainda estão preservados.

São Prudêncio é venerado como o principal patrono da diocese de Tarazona. 

Clemente XIII concedeu que fosse celebrado com duplo rito menor e missa própria, num decreto de 3 de dezembro de 1763. 

Descubra outros santos clicando aqui
PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais