Aleteia
Segunda-feira 26 Outubro |
São Fulco
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

Santa Eufrásia do Sagrado Coração de Jesus

Carmelita indiana (†1952)

PERSON

Public Domain



Rosa Eluvathingal nasceu em Aranattukara, na Índia, em 7 de outubro de 1877, em uma rica família católica sírio-malaia, e foi batizada no dia 15 do mesmo mês.

Frequentou a escola elementar local e, com a ajuda materna, logo sentiu o chamado divino, buscando em oração uma união mais íntima com o Senhor. Finalmente, chegou-se à conclusão de que essa união seria facilitada pela vida consagrada e, em 1888, ela se tornou aluna das Carmelitas, perto de Koonammavu, onde por nove anos viveu com a intenção de poder um dia entrar no Mosteiro de Santa Teresa.

Finalmente, em 9 de maio de 1897, Rosa tomou o véu e em 10 de janeiro de 1898 vestiu o hábito religioso, começou o noviciado assumindo o nome de Eufrasia do Sagrado Coração de Jesus. Em 24 de maio de 1900, juntamente com outras irmãs, fez os votos no novo convento de Pllur, nas cercanias de Trichur.

Desde então, o vigário apostólico Monsenhor Giovanni Menacherry, percebeu algo de extraordinário naquela humilde freira e, ao compreender a sua íntima aspiração de união com Deus, quis assumir a sua orientação espiritual. Pediu-lhe que escrevesse para ele tudo o que estava acontecendo em seu coração e, assim mesmo hoje, no arquivo diocesano conservam-se as noventa e quatro cartas de sua correspondência, a única fonte de conhecimento sobre sua vida interior.

Logo após a profissão, a Irmã Eufrásia foi nomeada assistente da mestra de noviças no Mosteiro de Santa Maria a Ollur e em 1904 tornou-se mestra de noviças, cargo que ocupou durante nove anos.

Eleita superiora em 1913, três anos depois foi transferida para Manalur, mas poucos meses depois teve que voltar para Ollur por motivos de saúde e permanecer lá até a morte, vivendo em perfeita união com Deus em oração, jejum e mortificação. Ela servia suas irmãs em todas as suas necessidades e, tanto com suas palavras como com seu exemplo, levou-as a uma união mais íntima com Deus, sua santificação pessoal foi realizada não com eventos extraordinários, mas com uma realização virtuosa de sua vida diária. Desde a sua infância, a sua saúde sempre foi muito frágil e em 29 de agosto de 1952 ela morreu.

Somente a partir de 30 de janeiro de 1990 seus restos mortais descansaram na igreja do convento de Santa Maria, em Ollur. A todos aqueles que tiveram a sorte de conhecê-la, ela deixou a memória de uma reputação indiscutível de santidade. Muitas graças foram atribuídas à sua intercessão celestial. Tudo isto conduziu à abertura do processo de beatificação diocesano em 21 de outubro de 1988, sujeito à aprovação da Conferência Episcopal de Siromalabarese concedida em 1 de Junho anterior.

Os atos sobre a vida e as virtudes da Irmã Eufrásia foram aprovados em 16 de novembro de 1991 pela Congregação para as Causas dos Santos. O mesmo departamento do Vaticano tomou a “Positio super virtutibus” em 20 de abril de 1994 e ela foi declarada “venerável” em 5 de julho de 2002.

O Papa Bento XVI reconheceu um milagre atribuído à sua intercessão em 26 de junho de 2006 e em 3 de dezembro do mesmo ano ela foi beatificada em sua terra de acordo com as novas disposições do mesmo pontífice.

O Papa Francisco a canonizou na Praça de São Pedro, no Vaticano, a 23 de novembro de 2014.

Descubra outros santos clicando aqui
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa Francisco e casais homossexuais: o que e...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Ver mais