Aleteia
Sexta-feira 23 Outubro |
São Moderano
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

Santo Afonso Rodríguez

Jesuíta († 1617)

FIRE

Public Domain

Alfonso Rodriguez nasceu em Segóvia, Espanha, no dia 25 de julho de 1532. Seus pais, Diego Rodríguez e Maria Gómez, eram de uma família de comerciantes de lã e tecelões de tecidos. Desde pequeno, dizia que queria ser sacerdote até entrar na Companhia de Jesus, na Espanha.

Aos 23 anos, no entanto, após a morte prematura de seu pai, Alfonso foi forçado a voltar para sua família para administrar os pequenos negócios que a família herdou de seu pai. O jovem Alfonso não se interessou muito pelos negócios e não se saiu muito bem, mas acabou se casando com Maria Suarez, com quem teve três filhos e perdeu dois.

Alguns anos depois, Alfonso também perdeu drasticamente a esposa ficando viúvo aos 32 anos de idade. Diante de tantas perdas e sofrimento resolveu dar todos os seus bens a seu irmão e mudou-se para Valência, para voltar à Companhia de Jesus.

Os padres jesuítas o receberam e alguns anos depois o enviaram para o Colégio de Monte Sion, em Palma de Maiorca, onde Alfonso permaneceu pelo resto da vida. Em Palma de Maiorca, trabalhou como porteiro durante mais de trinta anos, encontrando nesta profissão a paz da alma e o caminho que o levou às alturas da santidade.

Alfonso Rodriguez vigiava o Colégio e os que apareciam à porta dos jesuítas em busca de ajuda, conselhos ou oração. Apesar de tudo, ele sempre tinha palavras de encorajamento e estímulo para a conversão do coração e do amor fraterno.

Era um homem simples e humilde, extraordinariamente prestativo, muito rígido consigo mesmo e caridoso com os outros, encontrou em seu escritório diário a ocasião oportuna para exercer um apostolado contínuo e eficaz. Os numerosos carismas com os quais o Senhor o dotara contribuíram para tornar seu apostolado mais eficaz, antes de tudo o de visões e depois de previsão e milagres.

Além de porteiro, Deus também lhe concedeu uma intensa experiência mística que o ajudou a realizar, com muita eficiência, a tarefa de pai espiritual dos noviços que se dirigiam ele com crescente frequência para serem iluminados nos caminhos de Deus. Entre os noviços, havia também Peter Claver, o santo apóstolo das Índias, que apreciava muito Alfonso Rodriguez por sua santidade e a quem ele próprio profetizou sua missão futura. Alfonso teve uma grande devoção à Santíssima Virgem e sempre rezava o Rosário. Graças à intercessão da Mãe de Deus, de fato, ocorreram eventos extraordinários. Escreveu vários ensinamentos ascéticos e místicos, incluindo as famosas “Memórias”, escritas em obediência a seus superiores. O santo guardião jesuíta tinha uma reverência particular pelo seu anjo da guarda e todos os dias, de manhã e à noite, tanto ao levantar-se da cama como ao ir para a cama, ele sempre se recomendava à proteção celestial que, às vezes, experimentava, mesmo de maneira sensível.

Faleceu no dia 31 de outubro de 1617, em Palma de Maiorca, aos 85 anos.

Foi declarado venerável em 1626.

Em 1633, O Conselho Geral de Mallorca escolheu-o como um dos padroeiros da cidade e da ilha.

Em 1760, Clemente XIII decretou que “as virtudes do venerável Afonso se tinham provado que eram de grau heroico”, mas a supressão da Companhia de Jesus na Espanha, em 1773, atrasou a sua beatificação até 1825, ocorrendo no dia 15 de Janeiro, pelo papa Leão XII.

Foi canonizado a 15 de Janeiro de 1888 pelo papa Leão XIII.

Ele é também o santo padroeiro dos porteiros e arrumadores.

Descubra outros santos clicando aqui
Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
nuvens sinais
Reportagem local
Estão sendo fotografados "sinais do céu"?
Extremistas queimam igrejas no Chile
Francisco Vêneto
Por que queimam igrejas: Dom Henrique e Pe. J...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Ver mais